[ editar artigo]

Sua empresa é INOVADORA?

Sua empresa é INOVADORA?

Saber o que torna uma empresa inovadora realmente é um questionamento comum no mundo dos negócios, sendo que geralmente se confunde inovação com tecnologia.

Olhando além da presença da tecnologia, o que torna realmente uma empresa inovadora é trazer algo novo ao mercado, podendo ser alguma solução, produto ou método que não seja conhecido ou utilizado de forma produtiva ou eficiente.

A junção de todos os fatores que fazem com que uma empresa seja considerada inovadora devem trazer muito mais produtividade, competitividade e valor ao negócio.

GIF de Tim And Eric Mind Blown - GIFs de explosão de TimAndEric MindBlown

Saber construir e manter um ambiente empresarial que impulsione a inovação além da manutenção destas características é um desafio constante para uma empresa. Pode ser através da quantidade de novos produtos lançados no ano, no investimento em novas tecnologias para negócios, capacitações ou até um ambiente “descolado” de trabalho, a inovação não é algo simples de se entender e se perceber numa empresa – mas quando bem aplicada, acarreta em ótimos impactos nos indicadores de eficiência e produtividade

Quer saber o que realmente torna uma empresa inovadora? Falei abaixo sobre três pontos principais 👇

Tenha uma força de trabalho engajada

Este primeiro conceito para ser uma empresa inovadora parte do princípio que a própria empresa deve incentivar e disseminar as novas habilidades que surgem no dinamismo do mercado. Seja por meio do desenvolvimento do próprio time ou agregando novos talentos que contribuem de forma positiva na transformação do ambiente empresarial, a quantidade de profissionais engajados e a qualidade destes profissionais que atendem a esta demanda do mercado, é uma ótima forma de se ter um ambiente inovador.

Foco na eficiência

Incentivar a eficiência é uma das chaves para o sucesso, quando se pensa no surgimento da inovação, principalmente pelo incentivo a fazer mais com menos recursos. Esta característica promove a redução da taxa de desperdício e manutenção dos bons indicadores do negócio, fazendo com que a inovação seja parte da estratégia da empresa, com planos de ação bem desenhados, para que ocorra de forma gradual e constante.

Promover uma mudança gradual nos indicadores de produtividade pode ser uma ótima forma de fazer a gestão da inovação. E por sua vez, entender os dados do negócio e gerar novos fluxos de receita e crescimento são ótimas formas de melhorar a eficiência e a produtividade.

Foco no cliente

O cliente é a razão e foco principal da empresa e a inovação tem que partir das suas necessidades. Com este objetivo principal, fica fácil não se apegar em escolhas erradas, que não representem benefícios reais e não agreguem valor ao cliente. Entender o mercado e se preocupar com um bom plano de negócios é importante para manter a eficiência e ter espaço para inovar.

Outro ponto importante para manter o foco no cliente é entender também que uma empresa inovadora deve se cercar das melhores soluções e dos melhores fornecedores para atender os objetivos de seus clientes, neste caso, prever a demanda e proporcionar experiências exclusivas aos clientes, podem ser ótimas formas de se alcançar inovação nas empresas.

Fonte: Castgroup

Dou dicas todas as semanas para a sua empresa, aqui mesmo na comunidade, se quiser receber as notificações não deixe de me seguir.

Dúvidas, só deixar seu comentário abaixo 👇

Empresas Inovadoras

Comunidade Sebrae
Mariana Carvalho
Mariana Carvalho Seguir

Consultora do SEBRAE/PR | Especialista em Gestão Financeira | Especialista em Gestão Empresarial | Especialista em Controladoria | Head da Comunidade Sebrae de Finanças e Tributos | Mentora de Educação Financeira

Ler conteúdo completo
Indicados para você