[ editar artigo]

Como separar as despesas pessoais das profissionais?

Como separar as despesas pessoais das profissionais?

Não há como negar que começar o próprio negócio pode ocasionar muitas dúvidas e erros sobre investimentos para o crescimento da empresa, e até mesmo em separar questões financeiras pessoais das profissionais.

Embora seja comum, é um grande erro e pode impactar significativamente no sucesso do seu empreendimento. 

Certamente vai necessitar obter melhor controle das finanças, evitar controlar dívidas e pagar despesas em dia. 

E, se você chegou até aqui, certamente deseja separar suas despesas pessoais das profissionais o quanto antes.

Pensando nisso, listamos quatro dicas neste post para que você possa obter um melhor planejamento financeiro na sua rotina pessoal e profissional. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo e confira! 

1. Tenha contas bancárias separadas

Um dos principais espaços para separar despesas pessoais de profissionais, é ter contas bancárias separadas.

Se você tem uma empresa de mangueira de incêndio, por exemplo, é possível criar uma conta bancária empresarial para obter o melhor controle das finanças. 

Já parou para pensar em como isso pode estabelecer mais facilidade para declarar o Imposto de Renda do seu negócio? Isso acontece porque no momento de comprovar o faturamento da empresa, os valores estão relacionados somente ao profissional.

Além do mais, o empreendedor tem conhecimento de qual foi o seu lucro e influência nas tomadas de decisões mais assertivas.

2. Mantenha o controle do fluxo de caixa

Controlar o fluxo de caixa do seu negócio é, basicamente, obrigatório. Afinal, para quem deseja ter sucesso no empreendimento, todo cuidado com as finanças é essencial.

Uma empresa deve realizar o controle das contratações de serviços, pagamentos recebidos ou pendentes, além do pagamento dos funcionários e despesas fixas.

Por isso, ao realizar o controle do fluxo de caixa, o empreendedor possui uma gestão eficiente, haja vista que tem a situação da saúde financeira do seu negócio e análise assertiva sobre redução de custos. 

3. Determinar um valor para o seu salário contribui para separar despesas 

Ao manter o controle de suas finanças, é possível definir o seu salário. Ou seja, ao analisar o lucro do seu rendimento em determinado mês, defina qual será o seu salário mensal.

Isso contribui para evitar misturar despesas pessoais com as profissionais, assim, você não utiliza parte das finanças do seu empreendimento para suprir necessidade pessoal, evitando impactos significativos que podem levar à falência.

Sendo assim, não afeta o capital de giro da organização, além de aumentar a possibilidade de realizar novos investimentos para ocasionar o crescimento do seu negócio.

4. Faça um diagnóstico financeiro 

Outra dica importante é realizar o diagnóstico financeiro para compreender os lucros e orçamentos do seu negócio.

Como já mencionado, criar contas bancárias para sua empresa, controlar o fluxo de caixa e definir um valor para o salário mensal, é primordial, para separar as despesas com eficiência.

Contudo, o diagnóstico é importante para equilibrar os investimentos da empresa e analisar os gastos pessoais. 

Logo, antes de colocar as dicas anteriores em prática, faça um diagnóstico das finanças pessoais e profissionais para obter mais assertividade e eficiência com controle de caixa, definição de salário e organização financeira da empresa. 

Portanto, os resultados passam a ser positivos ao separar despesas pessoais das profissionais.

Coloque as dicas em prática e garanta o sucesso do seu negócio!

Finanças e Tributos

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você