[ editar artigo]

Custos Indiretos de Fabricação

Custos Indiretos de Fabricação

Para chegar no preço de venda de um produto todos os custos devem ser considerados. Os custos diretos são muito fáceis de serem incorporados aos produtos com esses não precisamos nos preocupar. Porém, existem outros custos que fazem parte do processo produtivo, mas que não dá para aloca-los diretamente aos produtos, são chamados de custos indiretos de fabricação.

Sem Dinheiro, Pobre, Dinheiro, Não, Crise, Pobreza

Esses custos precisam ser considerados porque senão faltaram informações e possivelmente irá gerar prejuízo para empresa.

Para alocar esses custos ao produto é utilizado o rateio, que de alguma forma divide o custo indireto distribuindo-o a todos os produtos. O problema é que não existe um padrão e muitas vezes acaba sendo considerado arbitrário e não muito confiável, isso porque cada custo indireto precisa de um método de rateio e é aí que se complica.  

Nazaré Confusa: o meme brasileiro que ficou famoso no mundo! - Dicionário  Popular

Existem várias formas de fazer esses rateios, os mais comuns são por absorção que é o que divide os custos igualmente aos produtos e o por atividade que cria centros de custos por atividades que posteriormente atribui os custos aos produtos. Mas algumas empresas preferem gerencialmente jogar esses custos para despesas por causa dessa arbitrariedade dos rateios.

Seja como for esses custos indiretos precisam de uma atenção especial, pois podem ser gargalos na gestão de custos.

 

Se precisar de orientação do Sebrae para formação do preço de venda do seu produto/serviço, segue os canais de contato:
0800 570 0800 ou  41 3330-5700 De segunda a sexta das 8h às 20h 😊

Curta esse post e conte para nos comentários nós o que achou 💙

Se você ainda não faz parte da Comunidade de Finanças, não perca tempo e vem participar com a gente!

Finanças e Tributos

Ler conteúdo completo
Indicados para você