[ editar artigo]

Por que a educação financeira é importante para as crianças?

Por que a educação financeira é importante para as crianças?

 

A educação financeira deve ter um papel fundamental na vida de todos as pessoas. Mas, engana-se quem pensa que só adultos devem se preocupar com esse tema. No mundo capitalista em que vivemos, é imprescindível que tenhamos acesso a todas as informações possíveis sobre o nosso dinheiro.

Sendo assim, é aconselhável que você apresente a educação financeira para os seus filhos desde pequenos, pois, desta forma, eles crescerão tendo uma base sobre um assunto que é tão importante para o desenvolvimento de uma vida financeira saudável no futuro.

Como introduzir educação financeira para crianças?

A princípio, você pode achar difícil, mas introduzir a educação financeira e estimular uma relação saudável com o dinheiro, para o público infantil, é muito mais fácil do que você pensa. Pensando nisso, confira algumas dicas práticas:

Introduza uma mesada para os seus filhos

Introduzir uma mesada, mesmo que pequena, é uma boa forma de ensinar para as crianças a lógica da troca. De acordo com a idade do seu filho, escolha entre um cofrinho, uma carteira ou até mesmo um cartão pré-pago para que ele possa administrar o próprio dinheiro.

No início, é comum que eles gastem toda a quantia de uma vez, mas é essencial que você não caia na tentação de dar mais dinheiro. O ideia é que essa mesada ajude a criança a sentir as consequências das suas escolhas.

Não compre tudo o que eles pedem

Comprar tudo o que os seus filhos pedem, faz com que eles acreditem e se acostumem com a ideia de que sempre terão tudo o que querem sem precisar se esforçar.

Portanto, a orientação é que você os presenteie somente em datas festivas, enquanto os gastos extras devem ser descontados da mesada.

Faça brincadeiras que envolvam finanças

Alguns jogos e brincadeiras, como uma simples caixa registradora ou até mesmo o jogo Banco Imobiliário, ensinam as crianças sobre o significado e valor do dinheiro.

Portanto, simular situações de compra e venda, através de brincadeiras, pode te auxiliar a desenvolver o espírito do planejamento financeiro nas suas crianças, além de ser de fácil entendimento e divertido.

Leve os seus filhos ao supermercado

Nós sabemos que levar as crianças ao supermercado nem sempre é uma tarefa fácil. Mas, se possível, leve-as com você um mês ou outro, pois desta forma elas terão um exemplo prático do custo de todas as coisas.

O recomendado é que você faça uma lista de comprar com o seu filho, diferenciando bem o que uma necessidade do que é apenas vontade. Quando forem ao supermercado, se ele se interessar por algo que não está na lista, explique que, se ele quiser, terá que abrir mão de outro item. Assim, você estará incentivando-o a fazer escolhas conscientes.

Dê o exemplo

Para conseguir dar o exemplo para os seus filhos, é primordial que você tenha total controle sobre a sua vida financeira. Sendo assim, anote todo o dinheiro que entra e sai da sua casa. Lembre-se de ter em mente qual é o valor líquido e quais são os seus gastos fixos.

Através de planilhas ou aplicativos, tudo isso pode ficar muito mais simples. Mas, se preferir, uma boa e velha agenda também dará conta do recado. O importante é que você saiba exatamente quanto ganha e quanto gasta mensalmente.

Com essa atitude, você já estará criando um ambiente financeiro saudável e seguro para os seus filhos, já que eles crescerão com um exemplo vivo e próximo de como devem se organizar financeiramente.

Finanças e Tributos

Comunidade Sebrae
Thais Souza
Thais Souza Seguir

Estagiária de redação na Foregon

Ler conteúdo completo
Indicados para você