[ editar artigo]

Vender mais e a inadimplência

Vender mais e a inadimplência

A retração econômica dos últimos meses tem afetado, de modo geral, a capacidade de pagamento de consumidores e empresas. Queda nas vendas, desemprego, redução dos salários fizeram com que a inadimplência aumentasse significativamente.

Muitos empresários não percebem o impacto em seus negócios pois não mensuram adequadamente este indicador. A inadimplência existe e deve-se ficar atento aos sinais emitidos pelo mercado.

Mais do que não receber a inadimplência pode ser um sintoma que indica que determinados segmentos não estão bem e merecem ser avaliados mais de perto. Quando vários clientes de um mesmo segmento deixam de pagar é o momento de rever os critérios e até o planejamento do negócio.

Mas se está difícil manter o patamar das vendas, muito em função dos problemas econômicos citados, estender o recebimento faz com que o empresário se adeque ao “bolso” do seu cliente, oferecendo alternativas de prazo e parcelamento.

Até aí nenhum problema, mas isso tem que ser feito levando em conta o planejamento financeiro do negócio aliado à uma política de concessão de crédito. Crédito pressupõe acreditar em algo e para minimizar o risco da inadimplência ele deve observar os critérios e procedimentos estabelecidos. Seguem alguns passos que poderão ser adotados de acordo com o perfil do negócio:

  • Solicitar os documentos pessoais e comprovante de residência, confirmando a assinatura que consta nos mesmos;
  • Solicitar documentos empresariais como contrato social e demonstrações financeiras;
  • Consultar os serviços de informações tais como SPC - Serviço de Proteção ao Crédito, SERASA, etc.;
  • Ter um cadastro atualizado que registre o histórico de compras e pagamentos;
  • Levantar informações sobre o segmento em que o cliente atua; e
  • Estabelecer de forma clara e transparente e dentro da legalidade as penalidades no caso do não pagamento dentro do prazo estabelecido.

Dúvidas?

Deixe seu comentário abaixo!

 

Finanças e Tributos

Comunidade Sebrae
Mauricio Mezalira
Mauricio Mezalira Seguir

Consultor de negócios com especialização em finanças. No SEBRAE desde 1994.

Ler conteúdo completo
Indicados para você