[ editar artigo]

Você empreende por paixão?

Você empreende por paixão?

Você vive, ou sobrevive?

Tudo vai depender da forma que você enxerga e lida com o seu negócio. Para empreender para viver é necessário paixão por aquilo que se faz.

Em meus diversos atendimentos realizados no Sebrae, é muito claro quando um empreendedor é empreendedor por paixão, por amor, por prazer. É possível sentir o entusiasmo, e ver o brilho no olhar! Embora haja muitos que ainda optem por empreender porque não querem mais ser funcionários e sim o próprio patrão, ou aqueles que acham que empreender vai ser mais fácil, menos cansativo e ainda vai dar muito dinheiro, ficar mais tempo com a família ou até, aqueles que simplesmente querem ser donos de algo. E não quer dizer que estes últimos estão errados, empreender pode fazê-los alcançar esses objetivos, mas qual o propósito disso? 

O empreendedor precisa se identificar com a atividade do negócio, pois no início ele vai colocar a mão na massa e mostrar para os seus clientes o que sabe fazer. Assim, é importante saber realmente fazer. E quem gosta do que faz, normalmente, faz bem feito. Se faz bem feito, vende! Essa é a arte de empreender! 

E aquilo que é feito com a alma com certeza é sentido por aquele que aproveita, que consome, que desfruta. 

É claro que para ganhar dinheiro é preciso saber de gestão financeira, e todas as outras áreas presentes em uma empresa, mas, penso eu, que o essencial para que o empreendedor ganhe dinheiro, tenha sucesso e se sinta realizado, é ter paixão pelo que faz, precisa fazer porque ama, por que é prazeroso, precisa sentir que aquilo não é um trabalho, mas sim uma diversão.

Eu sempre digo: quer ter sucesso? Faça o que você ama, porque você sempre irá buscar ser o melhor naquilo que faz!

E não existe nada melhor que acordar feliz todos os dias com o sentimento de realização por passar mais um dia da sua vida, fazendo algo gostoso, algo confortável e que faz você se sentir cada dia mais vivo! E ainda ganhar dinheiro com isso!

Porque quando a gente vê, a vida passou, e o que a gente fez? 

Faça valer a pena! 

                                  Relato de uma empreendedora que ama o que faz, e que quer cada vez mais que as pessoas ao seu redor tenham esse mesmo sentimento de alegria, gratidão, realização, brilho no olho e cada vez mais amor pelo que faz todos os dias.

 

 

 

Finanças e Tributos

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você