[ editar artigo]

Incubadora Tecnológica UTFPR Cornélio Procópio – O impacto no desenvolvimento da região - Parte 1

Incubadora Tecnológica UTFPR Cornélio Procópio
– O impacto no desenvolvimento da região - Parte 1

Caros profissionais, aprendizes e parceiros da INOVAÇÃO! Convido-os à aprendermos com as experiências que vamos contar neste post sobre o que acontece de tão bom dentro das incubadoras do Paraná.

Porque contar histórias das incubadoras?

O trabalho desenvolvido nas incubadoras em nosso estado, nos dias de hoje, está muito alinhado à toda a programação de eventos, estudos, projetos e metodologias que ocorrem em todo o ecossistema de inovação no estado. Nos envolvidos, fazem parte, além das incubadoras, startups, parques tecnológicos, hubs, micro e pequenas empresas de inovação e instituições, como o Sebrae e universidades tecnológicas. Todos trabalham de forma colaborativa, unindo esforços para que a inovação ocorra em todas as frentes no estado e assim, seja possível avançar com melhorias em todos os setores para que os avanços aconteçam em todo o estado.

Atualmente, ainda mais necessário que esse movimento ocorra. Por isso, vamos contar muitas histórias aqui na Comunidade Ambientes de Inovação, para inspirar a todos os que gostam da inovação e possam contribuir ainda mais para a retomada da economia em nosso estado, através de inovações significativas e importantes para a sociedade de modo geral. 

Começamos com a Incubadora da UTFPR, instalada em Cornélio Procópio/PR.

Web - www.incubadora.cp.utfpr.edu.br

Público que atende – Comunidade interna da Universidade (UTFPR) e externa (Cidade e região de Cornélio Procópio).

Tempo de atuação - A incubadora começou suas atividades em 2008. A partir de 2015 passou a implantar o modelo de metodologia, chamado CERNE com apoio do Sebrae/PR. Porém, a incubadora recebeu apoio do Sebrae/PR desde o início das suas atividades.

Equipe responsável pela incubadora: Diretor de Relações Empresariais e Comunitárias – Felipe Haddad Manfio, Coordenação -  Juliano Oliveira, Planejamento e Gestão – Rui Rogério Fantinati, Thais Landgraf, Higor Sales Rocha, Guilherme Mosaner e Lucas Sartori.     Foto (Da esquerda): Higor, Juliano, Rui, Thais, Lucas, Guilherme e Felipe.

E qual é o trabalho desenvolvido por esta incubadora e o seu impacto na região?

A Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus de Cornélio Procópio desenvolve ações voltadas ao empreendedorismo desde 2003, por meio do Programa de Empreendedorismo e Inovação – PROEM. O Programa oferece dois habitats para a incubação de empreendimentos: Hotel Tecnológico voltado a pré incubação de projetos e a Incubadora de Inovações da Universidade Tecnológica (IUT).

A IUT é um mecanismo do Programa de Empreendedorismo que acolhe empresas oriundas da comunidade interna e externa da UTFPR, atuando de acordo com as singularidades regionais, e como missão fomentar a cultura empreendedora nas áreas de notório saber da Universidade.

Em setembro de 2015, a UTFPR de Cornélio Procópio celebrou com o SEBRAE/PR um Convênio de cooperação técnica e financeira para desenvolver competências necessárias para a implantação dos processos e práticas chave que compõe a metodologia do CERNE 1.  Naquele momento, a incubadora passou a adotar o modelo Cerne em nível 1, obtendo a certificação no final de 2018.  Essa foi uma grande vitória da incubadora em direção à resultados cada vez melhores, e demonstrou com a certificação que seus resultados são alcançados, graças ao planejamento da equipe e as ações realizadas.

E o Impacto da Incubadora

Os resultados após a implantação do modelo são evidentes, seja para a incubadora, para as empresas apoiadas ou para a comunidade externa da região. Como exemplo, podemos mencionar a padronização dos processos que propiciou o registro de informações sobre os empreendimentos apoiadas, como faturamento e postos de trabalho gerados.

Além disso, os serviços como sensibilização e prospecção foram potencializados por meio do apoio obtido, com mais de 2.000 participantes impactados por ações realizadas e apoiadas pela UIT (Em 2016 – 481, em 2017 – 914 e 2018 – 1176 participantes), além de 2.500 participantes impactados com o apoio do Sebrae por meio do convênio CERNE.

Outro ponto importante refere-se à seleção de novos empreendimentos. A IUT estruturou seu processo de seleção buscando atrair e selecionar propostas com maiores potenciais de sucesso. E nessa etapa, foram criados instrumentos de seleção que proporcionaram aos candidatos informações objetivas sobre o processo, além de qualificação para aprimorar a concepção de empreendimentos com alto potencial de sucesso, em sintonia com o foco de atuação da incubadora. Essa estruturação proporcionou a incubadora a atrair startups e empresas nascentes advindas de outras cidades para Cornélio Procópio. Nos últimos anos, a IUT recepcionou em seu processo de seleção propostas de São Paulo e Londrina evidenciando a atratividade da Incubadora.

Mas, o que é o CERNE?

O Cerne é um modelo de maturidade desenvolvido pela Anprotec, cujo objetivo é criar uma plataforma de soluções de forma a ampliar a capacidade das incubadoras de empresas em gerar, sistematicamente, empreendimentos inovadores bem sucedidos. Com isso, cria-se uma base de referência para que as incubadoras de diferentes setores de atuação e tamanhos possam utilizar elementos básicos para reduzir o nível de variabilidade das empresas graduadas.

Além do conceito, demais informações técnicas sobre o CERNE, é possível encontrar no link .

Não concluímos a história da Incubadora UTFPR de Cornélio Procópio, acompanhe no próximo capítulo (Parte 2), onde relataremos os números resultantes do sucesso deste trabalho tão expressivo para o desenvolvimento sustentável da economia local. Também, apresentaremos outras informações como: a metodologia CERNE aplicada, soluções desenvolvidas, instituições parceiras e o propósito de futuro da Incubadora.  Não perca! 

Aproveite para PARTICIPAR da nossa Comunidade Ambientes de Inovação e conte sempre com as soluções do Sebrae/PR.

Irene Hoffelder Vioti - Consultora, palestrante e escritora nas áreas: Estratégia empresarial, sustentabilidade, inovação e storytelling empresarial.

 

Ambientes de Inovação

Comunidade Sebrae
Irene Hoffelder Vioti
Irene Hoffelder Vioti Seguir

Mestranda em Administração Estratégica de Negócios pela UNAM - Universidad Nacional de Misiones - Argentina. Consultora, palestrante, instrutora e escritora nas áreas: Estratégia empresarial, sustentabilidade, inovação e storytelling empresarial.

Ler conteúdo completo
Indicados para você