[ editar artigo]

Mundo VUCA: como liderar em um mundo de incertezas

Mundo VUCA: como liderar em um mundo de incertezas

Após ouvir o PODCAST do Guga Stocco (2025, o mundo novo) a pandemia trouxe um futuro cada vez mais incerto, as previsões para os próximos 5 anos rapidamente se tornaram uma realidade.

O “Novo Normal” expôs a fragilidade do mundo e dos negócios. As empresas precisavam se desenvolver rapidamente criando capacidade de adaptação, como por exemplo a adesão ao home office e a tecnologia contribuiu muito para esse momento.

Fazendo um estudo do cenário de algumas empresas que passaram pela pandemia, contextualizo quantas dessas organizações no atual momento viveram o Mundo VUCA 2.0, justamente por conta das mudanças que aconteceram muito rápido.

VUCA é o acrônimo para Volatility, Uncertainty, Complexity, Ambiguity, em tradução livre significa: Volatilidade, Incerteza, Complexidade, Ambiguidade. Essas quatro palavras, de certa forma, podem nos orientar em relação às mudanças que ocorrem no nosso cotidiano.

1 – Volatilidade: é compreendida como a velocidade. A todo momento as empresas que estão no mercado lidam com situação de riscos e, por isso devemos ser ágeis, ainda mais rápido quando a empresa está numa posição não desejada. Isso pode ser resumido na expressão, “sempre vai existir uma luz no fim do túnel.”

2 – Incerteza: muitas das vezes compreender o que está acontecendo no presente é complexo, imagina ir além prever um futuro com segurança. Ter equipes preparada, um planejamento estratégico para situações estáveis e para situações não estáveis, é fundamental para qualquer organização, seja ela de pequeno ou grande porte.

3 – Complexidade: se da ao mundo da criatividade, o famoso “pensar fora da caixa” como diria o Murilo Gun. Obviamente, qualquer projeto deve ter um inicio, meio e fim, e deve estar entrelaçado com os objetivos da organização. Nessa pandemia foi possível acompanhar a evolução de muitas empresas nesse aspecto.

4 – Ambiguidade: a palavra ambiguidade significa incerteza, obscuridade. Toda ação gera uma reação, por isso no mundo VUCA nessa reação nem sempre é clara. Imagina abrir uma empresa, ou fazer um lançamento de um produto, ou uma marca na pandemia, tentar compreender o desconhecido é complexo ainda mais quando tudo começou em março de 2020 em especifico no Brasil, por isso vale a pena investir em estudos e testar as possíveis hipóteses antes de investir em uma única solução. 

Concluindo, como disse Peter Druker...

O maior perigo para as organizações em tempos turbulentos não é a turbulência em si, mas agir com a lógica do passado.

As previsões para os próximos 5 anos, rapidamente se tornaram uma realidade, estamos só no inicio de uma era de mudanças, garantir o lucro do trimestre é um fator relevante, mas quanto ao futuro?

 

Ambientes de Inovação

Comunidade Sebrae
Viviane Marafon Urias
Viviane Marafon Urias Seguir

Graduada em Contabilidade, especialista em Gestão Tributária as oportunidades e os estudos compartilhado tem me tornado cada dia em uma pessoa melhor, meu objetivo é desenvolver e melhorar meus conhecimentos, independente da onde eu estiver inserida.

Ler conteúdo completo
Indicados para você