[ editar artigo]

Replanejamento estratégico – É preciso reanalisar para acertar na inovação

Replanejamento estratégico – É preciso reanalisar para acertar na inovação

Caros apaixonados por inovação!

Imagino que muitos de nós estamos atordoados com tantas mudanças em todos os aspectos e setores e nos perguntando, até quando veremos essa aceleração, num momento de paralisação! Parece uma frase meio desconecta, certo? Parece que não.

Por isso, neste post pretendemos trazer um alerta ao leitor para religar as antenas da visão tridimensional do seu negócio ou de seus projetos para redirecionar o caminho da inovação que trará o resultado desejado e a contribuição assertiva para a sociedade.

Por que Replanejamento? É rever tudo o que estávamos fazendo antes da paralisação e não descartar nada, mas reavaliar e repensar as ações segundo a nova realidade que se instaurou no mundo todo.  

Vamos ter que investir um tempo para refazer a análise SWOT e percorrer o Toró de Ideias novamente. Quanta novidade estamos recebendo em: lives que assistimos, novos decretos e leis, mudanças no comportamento de consumo da sociedade, grande mudança cultural, e, essa conversa vai longe!

O que estamos fazendo? Retomamos o negócio ou o projeto no mesmo patamar, formato, padrão, etc., que fazíamos antes do isolamento social e parada dos negócios? Será que voltar e seguir fazendo tudo igual é a receita certa para o sucesso? Inovar produzindo qualquer produto que possa estar vendendo bastante neste momento e mesmo que venda muito, devemos achar que é o melhor caminho para a empresa?

Por isso, quero convidá-los a percorrer uma revisão de alguns pontos no planejamento estratégico como um exercício que possa contribuir para que cada empresa encontre as suas respostas neste recomeço dos negócios e claro, da gestão da inovação.

Nenhum de nós sabe ao certo como será, porém não custa nada investir um tempo para rever cada detalhe do planejamento e percorrer com sua equipe, o que mudou e como seguiremos em frente, tomando as melhores decisões estratégicas para inovar assertivamente.  

O Passo a Passo desta revisão

Dentre muitas metodologias aplicadas à construção do planejamento estratégico, vou adotar algumas técnicas aderentes à todas.

A primeira análise que devemos fazer é, como estamos dentro e fora da empresa ou o projeto, perante este novo cenário que se apresenta, a ANÁLISE SWOT ou ANÁLISE FOFA, demonstra que:

Após este exercício de listar as forças e fraquezas, ameaças e oportunidades, faça o exercício de comparar os dois gráficos (a versão realizada antes do isolamento e o de agora) e refazer os devidos cruzamentos das informações listadas para que a análise seja o mais assertiva possível. É muito importante lembrar nessa análise os aspectos geradores de grandes mudanças nesse momento no comportamento social e econômico, legislação, novas tecnologias, novos hábitos de consumo, etc.  

Com este estudo, ficará mais fácil rever o seu POSICIONAMENTO e como quer estar nesta retomada do mercado. É um momento para a inovação oportunista? É uma boa pergunta, mas é preciso estar seguro desta estratégia para também se posicionar no devido mercado em que a empresa quer estar e ser vista.

Sabendo qual é o seu negócio, qual seu diferencial neste momento, quem são e onde estão seus clientes, tudo ficará mais claro para a tomada de decisões estratégicas de redirecionamento do seu negócio ou das suas inovações.

Outro passo, é rever o seu PLANO DE AÇÕES para adequá-lo as novas prioridades do momento. Pensar em NÍVEIS DE PRIORIDADES, considerando as premências da economia e do momento. Reclassificar as prioridades com períodos curtos de 3 meses (prioridade 1), 6 meses (prioridade 2) e 1 ano (prioridade 3); é também uma boa atitude, além de estudar incansavelmente as mudanças que estarão acontecendo nos próximos meses.

A condição FINANCEIRA de todas as empresa, é um dos fatores de fundamental importância para a tomada de decisões e então, tão importante também, deve ser nesta hora, um aconselhamento de um especialista em finanças e contabilidade para não tomar decisões errôneas e acarretar em endividamento indevido. Existem muitas oportunidades de acesso à crédito com juros atraentes, porém é preciso zelo e sabedoria para não errar na decisão.

E a estratégica?

Outro aspecto muito importante é a ATENÇÃO COM A EQUIPE e o que fazer. Segundo David Rogers, autor do livro Transformação Digital – Repensando o seu negócio para a era digital, “O melhor da era digital, são as pessoas, mas é preciso que a atenção primeira seja com elas.” David também, resume no seu livro que “A transformação digital não diz respeito, basicamente, a tecnologia, mas sim a estratégia. Embora ela talvez exija que você atualize sua arquitetura de TI, o mais importante a aprimorar é o seu pensamento estratégico. Reimaginar o seu negócio implica questionar alguns de seus pressupostos centrais básicos. Envolve reconhecer pontos cegos de cuja existência talvez você não tenha consciência. Requer pensar de maneira diferente sobre todos os aspectos da sua estratégia – clientes, competição, dados, inovação e valores.

Ou seja, a importância da empatia nas relações dentro e fora das empresas, as habilidades necessárias para uma vida cada vez mais a distância e as vantagens da transformação digital se destacam neste novo cenário em todos os setores. Segundo entrevista à HSM ManagementO Futuro do Trabalho, a líder Irene Azevedo da Empresa LHH, afirma que “O novo o RH será o suporte da inovação, o setor vai precisar ser o guardião da mudança e da inovação nas organizações, preparando líderes e colaboradores para o novo cenário, em que vai ser necessário se transformar. Práticas e métodos tradicionais entrarão em desuso, e a inovação será um pilar fundamental da cultura organizacional no novo tempo do mercado.”

Depois deste depoimento, não consigo imaginar melhor momento para, rever o planejamento estratégico, ouvir seu público interno, clientes e desenvolver a inovação como sua estratégia de negócio.  Aproveitar o melhor do flow da sua equipe para que a inovação ocorra e aumente a performance do seu negócio.   

CONVITE AO LEITOR

Prezado leitor, podemos abordar mais sobre este tema. Nos conte e contagie mais pessoas apaixonadas pela inovação à se inspirarem com novas ideias. Faça parte da Comunidade Ambientes de Inovação, onde você pode contar as suas histórias das inovações e como foi a sua experiência de replanejamento.

Queremos todos participando, comentando nossos artigos, escrevendo, seguindo e compartilhando com seus contatos.  

Sucesso e conte conosco!


Irene Hoffelder Vioti - Consultora, palestrante e escritora nas áreas: Estratégia empresarial, sustentabilidade, inovação e storytelling empresarial.

Ambientes de Inovação

Comunidade Sebrae
Irene Hoffelder Vioti
Irene Hoffelder Vioti Seguir

Mestranda em Administração Estratégica de Negócios pela UNAM - Universidad Nacional de Misiones - Argentina. Consultora, palestrante, instrutora e escritora nas áreas: Estratégia empresarial, sustentabilidade, inovação e storytelling empresarial.

Ler conteúdo completo
Indicados para você