[ editar artigo]

3 Características do Líder do Futuro

3 Características do Líder do Futuro

A liderança atual deve estar um passo à frente para preparar os colaboradores e entregar aquilo de que o negócio precisa.

Como as necessidades do consumidor estão sempre mudando, as transformações organizacionais também precisam ser rápidas. Além do mais, existe outro dilema: o líder do futuro enfrentará problemas que ainda não existem!

A seguir, apresento três atributos essenciais que precisam compor seu processo enquanto líder. Partiu?

Pato Donald Partiu GIF - Partiu Vem Vamos GIFs

1. Senso crítico para as tomadas de decisões

Faz tempo que a liderança deixou de ser centralizadora para assumir uma posição horizontal, de modo a dividir a tomada de decisão com os demais. Dessa maneira, ela consegue ajudar os colaboradores a terem as competências necessárias para a transformação digital, além de obter insights no compartilhamento de ideias.

Isso permite ainda mais contato com novas formas de resolver determinado problema, uma vez que existem pontos de vista distintos. Sendo assim, o líder precisa acompanhar as mudanças do mercado e, ao mesmo tempo, estimular a equipe para encontrar respostas inovadoras por diferentes modelos mentais.

 

2. Resolução de conflitos positivos e negativos

A era digital também tem causado uma ressignificação dentro das empresas e, por isso, os conflitos se tornaram parte do cotidiano. Afinal, são gerações diferentes, com culturas e expectativas distintas. Mas essa diversidade pode ser positiva quando o gestor consegue gerir as ideias de maneira harmoniosa, promovendo discussões e trocas de aprendizado.

Contudo, se o líder não assumir essa postura, podem surgir diversos problemas que comprometem o ambiente de trabalho, como imparcialidade e fofocas. Para mediar os conflitos, ele precisa separar os disfuncionais dos funcionais, tratando-os de acordo com seus respectivos motivos e grau de intensidade.

 

3. Inteligência emocional para se tornar um líder do futuro

Com todas essas mudanças, o colaborador precisa de apoio para lidar com os desafios da profissão, ter autoconfiança e desenvolver um bom relacionamento interpessoal. Isso requer de um líder do futuro mais do que gestão — é necessário ser capaz de trabalhar as próprias emoções e também perceber as reações do outro.

Dessa maneira, a liderança tem que acompanhar o desenvolvimento profissional de cada colaborador e tomar decisões eficazes, de modo a adquirir novos hábitos. Para tanto, é necessário enfrentar as adversidades e ter equilíbrio, dosando emoção e razão.

 

Como vimos, o líder do futuro requer habilidades fundamentais para manter a competitividade da empresa em um mercado cada vez mais concorrido. Mas a tecnologia pode ser uma aliada para desenvolvê-las: por meio de soluções inteligentes, você consegue criar planos de metas para gerir o desempenho dos colaboradores de maneira prática e eficiente.

 

Agora quero saber de você, quais dessas características você considera mais difícil de ser trabalhada?

Abraços, Mariana Carvalho.

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Mariana Carvalho
Mariana Carvalho Seguir

Consultora do SEBRAE/PR | Especialista em Gestão Financeira | Especialista em Gestão Empresarial | Especialista em Controladoria | Head da Comunidade Sebrae de Finanças e Tributos | Mentora de Educação Financeira

Ler conteúdo completo
Indicados para você