[ editar artigo]

A Arte de Servir Bem

A Arte de Servir Bem

 

A arte é a expressão direta da alma e a entrega de si mesmo. E como se pode exercer esta Arte de Servir? Gostando do que se faz.

E gostar do que se faz tem relação com a lealdade, é o trabalho em equipe, é o CUIDAR.

Um Sentido Maior

Você já percebeu que pessoas que gostam do que fazem são mais produtivas, leves e trabalham para servir o outro?

O que quero dizer é que se você é movido por um sentido maior no que faz, quer compartilhar o que sabe fazer de melhor sem exigir reciprocidade, reconhecimento.

A Conquista pelo Paladar

Indo para o mundo do cinema, a comédia indiana Lunchbox (2013) de Ritesh Batra, mostra uma curiosa rotina cultural-gastronômica na India; a jornada diária das marmitas entregues no trabalho. Os homens não levam o próprio almoço ao local de trabalho e as esposas ou cozinheiras talentosas no fogão é que preparam diariamente estas marmitas.

O que ocorre no filme é que uma das marmitas é entregue em mãos, ou melhor, estômago errado. Inicia-se aí uma relação à distância entre dois estranhos solteiros marcada por degustação diária de pratos finamente preparados e o final do filme você já pode imaginar, não é? Assista o trailer do filme!

Um exemplo de que servir o outro em sua melhor essência no qual a boa comida é feita com atenção e carinho conquista paladares, corações e até muda vidas!

O que te faz bem , não sai da lembrança

Pare agora e tente lembrar de lugares onde existem um misto de sabores, sorrisos, cumprimentos calorosos e amizades ou algum lugar que queira voltar para ser bem atendido novamente e acolhido. Por que isto te faz bem? Porque muito provavelmente as pessoas envolvidas gostam do que fazem e praticam a Arte de Servir Bem.

Saindo da ficção

Agora mais do que nunca você e seus serviços devem estar conectados com seus consumidores para criar um atendimento mais humanizado; uma tendência em relação à construção de um novo jeito de vender que se adapte às necessidades que enfrentamos neste momento.

Recentemente li uma frase que achei genial, "A única coisa que você não pára nesta quarentena é de SENTIR".

Infelizmente não sei quem escreveu mas chegou até mim e me marcou. Que tal cuidar dos seus produtos e serviços para que seus consumidores possam SENTIR ?

Veja o que aconteceu comigo na semana passada. Recebi meu pão em casa com um bilhetinho dizendo: "Andréa, o pão alimenta a alma e te agradecemos por fazer parte do seu dia!"

Pão Multigrãos grao_paestipicos

Tech e Touch

O que falta ainda entender  é que não é uma questão de "ou" (presencial ou virtual / tech ou touch), mas de "e"... de integrar, de aprender a perceber o campo, a energia que se forma digitalmente, mas que está muito longe de ser virtual!

Me conta:

Como está a sua relação com o atendimento presencial e virtual?

Do que você tem cuidado?

E, o que feito para expressar a sua melhor forma de servir ?

Compartilhe com a gente, seu exemplo pode inspirar outros empresários e líderes a se reinventar e criar novas formas de SERVIR.

Um super abraço virtual e até a próxima semana,

Andréa Montrucchio

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Andréa MONTRUCCHIO
Andréa MONTRUCCHIO Seguir

Mentora, Autora e Facilitadora de Programas do Comportamento Empreendedor| Sebrae PR I Movimento Tava Pensando | Sênior Coach I Especialista em Planejamento e Gestão de Negócios I Desenvolvimento Humano de Gestores.

Ler conteúdo completo
Indicados para você