[ editar artigo]

Como o Covid-19 vai mudar nossas vidas

Como o Covid-19 vai mudar nossas vidas

O Covid-19 mudou nossas vidas com esses dias de quarentena. Não estou falando apenas sobre a  alteração da nossa rotina do dia-dia, como pegar o ônibus para ir ao trabalho, estar com nossos amigos, ou mesmo um lazer que tanto gostamos. É muito mais do que isso, mudou nosso cotidiano completamente. E como será o reflexo em nossas vidas pós pandemia?

Sabemos que, quando tudo isso acabar, teremos um mundo um pouco diferente. Mudanças que demorariam alguns anos para acontecer,  vieram em  questão de meses. Tudo aconteceu de forma inesperada e tão rápida que provocou um grande espanto para sociedade.

Nesse século, vimos uma grande evolução tecnológica em vários aspectos, porém, um vírus nos mostrou que, apesar de toda tecnologia, temos ainda muitos limites para superar.  Podemos perceber que tudo que está acontecendo, acelerou algumas ações que eram necessárias, porém ainda aconteceriam lentamente. A pandemia antecipou o trabalho remoto (home office) e Educação a distância (Ead). A busca imediata por ações para se ter uma empresa mais sustentável se tornou prioridade. As empresas foram ´´Obrigadas`` a  se antecipar com estas práticas.

Como isso aconteceu tão rápido nesse período de pandemia?

Vimos que empresas, independente do seu porte, migraram para o trabalho em Home Office. Ainda que muitas empresas já adotavam modelos de trabalho assim, vimos que durante essa pandemia foi uma estratégia que cresceu muito. Era a única alternativa para evitar a aglomeração, protegendo as pessoas e reduzindo os custos. Sem falar no ganho de horas no seu dia que não são mais gastas com deslocamentos.

O mesmo aconteceu com a educação, que migrou para o formato EAD. Já era algo existente em nosso meio, mas que por conta da pandemia começou a ser essencial na vida do estudante. Nesse contexto, novas figuras entraram em cena como por exemplo: Mentores virtuais, palestras ao vivo como forma de levar o conhecimento mais próximo do aluno.

Neste período de isolamento social,  vimos as palestras ao vivo, a plataforma de Streaming, as Lives explodirem em redes sociais como Instagram, Facebook e em diversos aplicativos de conferência. Vários artistas renomados entraram nessa mesma onda e obtiveram resultados incríveis.

As pessoas foram em busca de novos conhecimentos, pois a necessidade de atualização é uma questão de sobrevivência  nesse mundo em constante mudança, principalmente numa velocidade nunca antes vista. Começaram a ter mais contatos com cursos online, compras e  vendas pela internet. Modalidades que  aumentaram  consideravelmente, passando ser uma opção também para as empresas que só vendiam em lojas físicas. Não podemos esquecer o e-commerce que também cresceu neste período.

Novos modelos começaram ser implantados como os ´´restaurantes com o sistema delivery”. Com a possibilidade de novas ondas de pandemia, o setor já está atento a mudanças no seu modelo de negócios. O serviço de entrega  deve continuar em alta e em muitos casos pode se tornar a principal fonte de receita da empresa.

A pandemia já instalou medo entre nós, e mesmo quando tudo isso acabar, acreditamos que as pessoas terão novos hábitos. Cuidados redobrados com a saúde e o bem estar estarão em alta, bem como o receio da aglomeração deve permanecer. Vemos que muitos lugares já começaram a tomar atitudes diferentes como redesenhar seu espaço para reduzir aglomeração e facilitar o acesso a higienização.

Talvez essa crise econômica financeira, faça todos reverem também seus hábitos de consumos. O Covid-19 trouxe uma nova mentalidade de vida e de negócios.

É necessário rever as nossas prioridades, é momento de estamos fazendo o que é imprescindível e essencial.

Gabriel Mendes

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Gabriel Mendes
Gabriel Mendes Seguir

Estudante de administração, Faço parte do time de Ambiente e Negócios.

Ler conteúdo completo
Indicados para você