[ editar artigo]

Dois Países Cooperando para o Desenvolvimento: Brasil e Argentina

Dois Países Cooperando para o Desenvolvimento: Brasil e Argentina

O processo de integração é delineado como um processo aberto e a fronteira como uma mera realidade física, que não pode servir de obstáculo a integração regional.

A promoção do desenvolvimento do território da Fronteira entre Brasil e Argentina  pauta-se na busca pelo compartilhamento de esforços, que reflitam o alinhamento estratégico entre os líderes públicos e privados.

Assim nasce o Comitê das Micro e Pequenas Empresas da Fronteira – La Fronteira. Desenvolvimento que se concretiza pela força das suas lideranças.

Vamos conhecer um grande líder que atua na cidade de Santo Antonio do Sudoeste divisa com a cidade gêmea de San Antonio na Argentina, que não só acredita que é possível a transformação por meio das pessoas e da união de dois países,  como é um dos principais puxadores desse processo.

CLEUDENIR DA SILVEIRA – BUJÃO (assim que é conhecido na Fronteira)

Líderes preparados, com mais conhecimento, certamente conseguirão articular e se mobilizar em prol do desenvolvimento local. Essa integração entre o Brasil  e  a Argentina deve ser fruto de um planejamento,  que tem como objetivo convergir ações  e otimizar recursos provenientes dos ativos locais para o desenvolvimento de projetos estruturantes.

Quais projetos:

•            O Passeio Costaneiro tem como objetivo, fortalecer o processo de integração da Fronteira, região com 10 km de extensão, que tem como linha divisória entre os países, as águas do Rio Santo Antônio, entre as cidades de San Antonio (Misiones-ARG) e Santo Antônio do Sudoeste (Paraná-BRA). O foco, é aprofundar a integração local e regional, através do mapeamento conjunto e, o desenho e a construção de um espaço público, onde as pessoas possam conviver – bancos, árvores, espaços abertos para descanso – além de estimular o trânsito turístico entre os países, fortalecendo a economia local

•            Aduanas - Viabilização Técnica e Econômica do Porto Seco de Santo Antônio do Sudoeste traz a possibilidade da instalação de uma Aduana Integrada de Cargas – ACI, ligando todo o processo de comércio exterior Brasil-Argentina e/ou Brasil-MERCOSUL

•            Associação comercial e industrial.

De que forma:

Ser de fato protagonista da história, assumindo o papel da transformação. Negociando junto aos governos envolvidos. Buscando recursos. Sendo o presidente da entidade. Fazendo acontecer.

E o Sebrae:

O interesse do Sebrae é que isso repercuta no contexto das micro e pequenas empresas, para propiciar melhor ambiente de negócios, com geração de emprego e renda”. Essa é a  linha mestre do grupo: “aqui temos líderes que fazem acontecer o progresso através do  pertencimento do território, protagonismo e orgulho de ser da Fronteira”.

MARIA AURIA MÜLHMANN

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você