[ editar artigo]

Liderança: Estratégias e Planejamento Empresarial, são viáveis e possíveis ou não é hora de pensar sobre isso?

Liderança: Estratégias e Planejamento Empresarial, são viáveis e possíveis ou não é hora de pensar sobre isso?

 

Quais as escolhas? O que agora? O que depois?

Talvez estejamos em um dos maiores desafios para os profissionais estrategistas e líderes que sabem da importância sobre o tema. Como fazer planejamento? Como estabelecer possibilidades para o futuro? Traçar objetivos e metas com base em qual cenário de oportunidades? Será que há? Quanto tempo este Coronacrise vai durar?

Este momento com certeza pede muito empenho, muito estudo e sensibilidade para ir além das aparências, mudanças rápidas e realidade parcial que se posta toda hora em nossa TV, em nosso computador, em nossa mente.

Esta semana tivemos uma Live no Sebrae/PR com o “Movimento Tava Pensando”, refletimos sobre como o estudo da Inteligência Emocional, ou seja, a busca pela compreensão de nossas emoções significa grande benefício para superar os momentos difíceis. E quando pensamos em planejamento temos que olhar com atenção redobrada para nós mesmos, para nossa Equipe, nosso Cliente, ou seja todos os Seres Humanos envolvidos no processo da empresa.

Quais são os pontos fortes e pontos fracos?

A Live proporcionou ainda análises consistentes de como as Estratégias de Marketing podem ser estruturadas a partir da contribuição das pessoas. O atendimento humanizado, tão bem vindo somente em algumas organizações antes do isolamento, agora faz grande sentido para quase todas as empresas.

 Podemos e devemos usar as mídias digitais, os artefatos tecnológicos, porém não podemos jamais deixar de oferecer um atendimento diferenciado e humanizado.

Todas as questões precisam ser bem analisadas e planejadas. Ouso dizer então: “mais do que nunca planejamento e adoção de estratégias é importante”.

 Uma possibilidade é reinventar ou reciclar as ferramentas para análise de fatores externos. Estudos mais aprofundados são essenciais para se ter um conhecimento mais apurado das ameaças que se apresentam e principalmente das oportunidades que podem estar surgindo.

Olhar para o cenário das forças externas com olhos curiosos, pensando em necessidades que podem ser atendidas. Do que as pessoas precisam agora? Do que você precisa agora?

Podemos é exercitar o planejamento de curto prazo: planejar, colocar em prática, testar, experimentar, rever e melhorar. Será uma nova forma de planejamento estratégico?

Ingrid Cristina Robaszkievicz

www.linkedin.com/in/ingridrobaszkievicz

 

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Ingrid Cristina Robaszkievicz
Ingrid Cristina Robaszkievicz Seguir

Consultora, Autora, Mentora e Facilitadora de Projetos relacionados a Estratégias Empresariais, Liderança e temas de Gestão de Pessoas. Credenciada Sebrae/PR. Movimento Tava Pensando. Mestre © e Especialista na Área de Gestão.

Ler conteúdo completo
Indicados para você