[ editar artigo]

O líder na comunidade

O líder na comunidade

O momento atual requer uma atuação dos grupos de líderes, formados nos comitês, conselhos, com mais foco, comprometimento, persistência, criatividade e  uma definição de propósito clara, entendida e assimilada por todos. 

Torna-se como premissa que se as lideranças se unam com propósito comum, criando uma energia produtiva que impacta diretamente na concretização de benefícios e na  obtenção de resultados efetivos e positivos. Por outro lado, se não houver este movimento, esta proatividade e sinergia, as coisas não acontecem. É muito comum vermos cidades pequenas, inovando e obtendo altos índices de desenvolvimento social e econômico e outras praticamente desaparecendo do mapa, de tão incipiente a atuação, principalmente dos líderes daquela cidade. É a qualidade de atuação das lideranças que define o quanto um município pode ser desenvolvido. O líder não precisa tocar a música inteira sozinho e nem ser um super herói, centralizando todas as funções para si. Ele precisa saber qual é a nota musical que toca melhor e fazer a sua parte no momento certo, tendo a confiança de que outros líderes dominam outras diferentes notas musicais, com maestria. E que, no conjunto da obra, o resultado de qualquer melodia, ficará absolutamente harmonioso, porque haverá o respeito, o foco, o momento certo para cada um fazer a sua parte, com entusiasmo, paixão e dedicação, dando o seu melhor na apresentação da melodia. O comprometimento do conjunto deGeich músicos, com cada um tocando no momento certo, não sobressaindo o melhor músico, mas todo o conjunto, faz com que os resultados de uma belíssima apresentação, sejam alcançados. Não se pode deixar de ressaltar que existem as pessoas que tocam suas notas musicais, com excelência e o fazem de forma natural; existem as pessoas que não descobriram seus talentos, mas quando estimuladas e inspiradas, são capazes de desenvolver importantes habilidades para que outras melodias também possam ser apresentadas, participando do processo. Existem pessoas ainda, que, se conectam com a música, mas não se manifestam. E tem aquelas que aproveitam os benefícios da música, mas reclamam. Esta dinâmica é observada em muitos municípios. Desta forma, verifica-se que a capacidade de liderança exercida por poucos, se propaga e reverbera em toda uma comunidade, abrangendo a todos, independente do posicionamento de cada pessoa.

Como você está percebendo seu papel neste contexto?

Post de Maria Erni 

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
MARIA ERNI GEICH
MARIA ERNI GEICH Seguir

Administradora, MBA em Inovação, Gestão de Pessoas e Qualidade e Produtividade. Mestrado em Turismo e Hotelaria. Formação em Dinâmica de Grupos, Análise Transacional e Constelação Sistêmica. Consultora e Facilitadora de Aprendizagem.

Ler conteúdo completo
Indicados para você