[ editar artigo]

Quais os tipos de liderança?

Quais os tipos de liderança?

Nunca se escutou falar tanto em liderança como na atualidade e na importância do papel dos líderes dentro e fora das organizações. Liderança está totalmente ligada a forma como conversar com liderados, relação estabelecida no ambiente de trabalho e o reflexo do comportamento do líder em relação ao desempenho das equipes.

A forma como cada profissional lidera sua equipe, tem impacto direto na geração de resultados 💹 e desempenho dos seus membros, seja pela motivação, inovação ou produtividade. Vamos apresentar alguns estilos de liderança, assim você poderá identificar qual o seu perfil e as consequências dentro da sua empresa!

Temos também um convite especial para você que quer saber mais sobre os tipos de liderança! Nos dias 27, 28 e 29, o Sebrae irá promover um evento online com grandes speakers do momento, totalmente focado neste assunto que estamos tratando! 👉🏽 Clique aqui e garanta sua vaga.

Então vamos saber um pouco mais sobre os perfis de liderança?

Liderança autocrática (Foco no Chefe)

O famoso chefe, ou seja, o líder é o centro das atenções e decisões, centralizando todas as ações em si e não deixando que os liderados participem de quase nada. Com este perfil, o gestor leva seus colabores em rédeas curtas, pressionando 💣 e cobrando resultados, sem se preocupar com sugestões ou que contestem suas decisões e ações.

Com este estilo de liderança, as pessoas não possuem tanta importância, estão destinadas apenas a execução de tarefas e a busca por resultados. Este modelo é bastante comum nas empresas, porém diante das mudanças do mercado, com profissionais em busca de reconhecimento e crescimento profissional 🥇, tem se mostrado insatisfatório e já não garante a retenção de talentos.

 

Liderança liberal (Foco na Equipe)

O extremo oposto da autocrática. Neste modelo o líder mostra total confiança na sua equipe e segue o pressuposto de que os seus colaboradores já são maduros o suficiente e não necessitam de um acompanhamento constante, estimulando a autonomia.

Neste estilo de liderança, o líder se ausenta com frequência, não oferecendo tantas orientações nem feedbacks aos seus liderados. No entanto, esta ausência faz com que o grupo fique com poucas referências da qualidade do trabalho realizado, prejudicando o desempenho geral. Outro ponto também é que o grupo tende a oferecer baixa produtividade 📉 depois de certo tempo sem a presença efetiva do papel do líder.

 

Liderança democrática (Foco no Líder e Liderados)

Neste modelo de liderança os colaboradores são encorajados a participarem com suas opiniões e sugestões 📣 dentro da esfera empresarial. O papel do líder aqui consiste em ser um facilitador dos processos, ajudando a equipe a desenvolver soluções, se preocupando com a execução de tarefas, bem como com a qualidade de vida e satisfação de todos.

Aqui o líder se mostra bastante participativo, ouvindo e dando feedbacks e auxiliando os membros das equipes a desenvolverem seus papéis com maior qualidade. Um ambiente com maior incentivo e sintonia favorece a maior produtividade e leva os membros a serem mais responsáveis, tanto por suas tarefas, quanto pelos outros.

 

Liderança Coaching (Foco na performance)

Líderes que seguem este modelo conseguem controlar facilmente o que não está dando certo e não se deixam abater por situações de crise.

Com este tipo de liderança a equipe encontra um ambiente saudável para expor suas ideias e tomar decisões, pois são motivados 👏🏽 a confiar na sua própria capacidade e reconhecidos pelo trabalho desenvolvido.

 

Liderança Situacional (Foco na maturidade e situação)

O líder se adapta ao comportamento do liderado. Neste caso, ele deve reconhecer a maturidade do colaborador em relação a situação, ou seja, qual a capacidade que ele possui em relação a execução do trabalho e de acordo com esta análise guiá-lo 👉🏽.

Cabe neste modelo, identificar se é necessário a orientação e direção para que o liderado desenvolva suas habilidades. Direção e estímulo para melhor desempenho das funções. Apoio, motivação e estímulo da autoconfiança para os que possuem alta competência, porém com o empenho variável e por fim, delegar funções para aqueles com alto empenho e alta competência.

Oferecer capacitação e incentivar comportamentos de liderança para os profissionais que estão nos papéis de gestão e comando é um ótimo caminho, para que as habilidades desses dirigentes, sejam aprimoradas para melhor condução e produtividade dos seus times rumo ao sucesso da corporação.

Gostou deste artigo? Então você não pode perder o evento online Líderes em Movimento promovido pelo Sebrae. Clique aqui e se inscreva!!!

 

Precisa de ajuda? Fale com o Sebrae: 0800 570 0800 ou acesse nosso Portal

Estamos com atendimento online, para você empreendedor ♥️ 

Gestão de Pessoas e Liderança

Comunidade Sebrae
Sebrae Paraná
Sebrae Paraná Seguir

Especialista em Pequenos Negócios - Atendimento ao Cliente | Marketing | Marketing Digital | Finanças | Gestão | Empreendedorismo | Comunicação | Inovação

Ler conteúdo completo
Indicados para você