[ editar artigo]

Os 9 Maiores Erros dos Empreendedores Iniciantes

Os 9 Maiores Erros dos Empreendedores Iniciantes

Dar início ao próprio negócio exige uma certa dose de coragem, e mantê-lo funcionando demanda preparo e conhecimento. Infelizmente, muitos empreendedores acabam caindo em um ou mais dos erros que listamos abaixo. Se você quer que o seu empreendimento tenha mais chances de sucesso, confira o artigo:

1. Achar que empreender trará dinheiro rápido

Muitos criam expectativas irrealistas por conta de histórias de sucesso e se esquecem de que normalmente um negócio pode levar anos até dar lucro de fato. É preciso ter isso em mente e preparar as reservas financeiras para lidar com esse período (item 8).

2. Subestimar a concorrência / superestimar o próprio negócio

Há quem ache que a nova empresa vai conseguir um bom market share já nos primeiros meses de atividade. É preciso tempo e esforço para conquistar a confiança dos clientes, especialmente quando outras marcas já estão bem consolidadas no mercado.

3. Não conhecer seus diferenciais

Empolgados com a ideia de empreender, muitos se esquecem de que não adianta ser "apenas mais um" no mercado. Isso é especialmente comum quando um determinado setor está em alta. Para evitar esse problema, é importante se perguntar: "por que um cliente iria até a minha empresa, e não na do meu concorrente?"

4. Empreender sem ter conhecimento prévio da área

Esse é um erro similar ao anterior - a empolgação inicial pode levar a pessoa a se esquecer de elaborar um plano de negócios. O risco é grande, ainda mais se considerarmos que cada mercado tem suas peculiaridades, e entrar despreparado neles abre margem para todo tipo de problema.

5. Não divulgar seu negócio corretamente

Na ânsia de ganhar clientes o quanto antes, muitos empreendedores iniciantes acabam investindo nas primeiras estratégias de marketing que lhes vêm à mente, sem se preocupar se elas são adequadas ao negócio. Onde está seu público-alvo? Quais os canais mais adequados para chegar até ele? Qual a linguagem mais apropriada?

Uma estratégia de marketing ruim pode não apenas fazer com que o empreendedor perca dinheiro, mas também pode prejudicar sua marca - e, quando uma empresa fica “queimada” é difícil reverter os danos.

6. Não ter presença digital

Praticamente todo empreendimento precisa ter alguma presença digital - seja um site, um perfil em rede social, ou mesmo uma simples ficha no Google Maps. Com o uso da internet crescendo a cada dia que passa, é importante poder ser encontrado de alguma forma por seu público na web.

7. Ignorar o capital de giro no orçamento

Um dos piores erros financeiros de qualquer negócio é esquecer o capital de giro (aquela reserva financeira para a “sobrevivência” do empreendimento enquanto os pagamentos não chegam). Estoque, impostos, pagamento de salários, pagamento de fornecedores... é preciso ter dinheiro em caixa para arcar com essas e outras obrigações financeiras até que o dinheiro proveniente das vendas esteja disponível.

8. Não cuidar do fluxo de caixa

Muitas empresas acabam fechando no primeiro ano de atividade por conta de falhas no gerenciamento do fluxo de caixa - sem cuidado com os gastos, o empreendedor corre o risco de ficar sem verba para continuar as atividades, contraindo dívidas ou até mesmo fechando as portas.

9. Desistir cedo

Nenhum empreendimento está totalmente imune a dificuldades, e o empreendedor que quiser ser bem sucedido não pode desistir na primeira dificuldade (ou na segunda, ou na terceira...).

Dependendo do caso, a melhor solução é buscar serviços de orientação e apoio como os oferecidos pelo Sebrae, que conta com especialistas para ajudar empreendedores dos mais diversos nichos de mercado.

Ficou com alguma dúvida? Quer compartilhar algum erro que você cometeu (e superou) em seu empreendimento? Diga nos comentários!

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você