[ editar artigo]

Vitrine Encantadora: 7 dicas para deixar sua loja mais atraente

Vitrine Encantadora: 7 dicas para deixar sua loja mais atraente

A vitrine é como o cartão de visitas da sua loja: uma oportunidade de causar uma boa impressão inicial e atrair novos clientes. Sem os devidos cuidados, porém, pode passar uma imagem negativa, afastando ao invés de atrair. Para se conseguir o efeito desejado, é preciso ter criatividade e planejamento.

Confira na sequência sete dicas para aproveitar ao máximo as possibilidades da sua vitrine.

1) Considere datas comemorativas e estações do ano

Páscoa, Natal, Dia dos Pais, Dia das Mães… a lista de datas é longa; some a elas as estações do ano e você terá um amplo leque de temas para organizar sua vitrine. Além de potencialmente aumentar suas vendas (por aproveitar tendências sazonais de compras), você mostrará que está “de olho” nas tendências - ao contrário de lojistas que deixam a vitrine praticamente intocada o ano inteiro.

2) Combine produtos e ofereça promoções

Muitos clientes têm pressa e gostam quando a loja facilita as coisas, colocando em conjunto produtos que normalmente são comprados juntos (como escova e pasta de dentes, ou calças e camisetas). Aproveite para montar conjuntos e promoções e mostrá-los na vitrine.

É preciso encontrar um equilíbrio para oferecer combinações que sejam ao mesmo tempo atraentes para o público e economicamente vantajosas para o lojista.

3) Ofereça experiências

Uma loja que ofereça amostras de produtos ou conte com promotores para mostrar como eles funcionam tende a impactar mais o cliente do que uma que se limite a apenas vender. Da mesma forma que as ofertas, esse tipo de experiência pode ser destacado na vitrine, com anúncios de “amostra grátis” ou “venha experimentar o produto”.

A competição entre lojas físicas e virtuais torna cada vez mais necessário oferecer “experiências” ao público.

4) Use temáticas com moderação

Na hora de fazer decorações temáticas como de Natal ou Dia das Bruxas, por exemplo, é preciso tomar cuidado para não “se empolgar” e acabar dando mais destaque para os enfeites do que para os produtos. Uma decoração chamativa demais tende a atrapalhar mais do que ajudar.

Como sempre, o segredo está no equilíbrio.

5) Atenção à limpeza

Poeira e outros tipos de sujeira podem fazer com que até a vitrine mais bonita pareça desleixada e mal feita. Depõe contra a imagem da loja e também contra a qualidade dos produtos.

Crie uma rotina de limpeza para garantir que a vitrine estará sempre em ordem. Naturalmente, isso vale também para a parte interna da loja - que, pelo trânsito de clientes e funcionários, tende a ficar suja mais rapidamente do que a vitrine.

6) Aproveite bem a iluminação

Letreiros, focos de luz, lâmpadas coloridas: são diversos elementos que podem ser trabalhados para levar a decoração da vitrine a um outro patamar. A recomendação de equilíbrio mencionada na dica 4 vale também para a iluminação - excessos atrapalham a experiência e tiram o foco dos produtos, que devem sempre ser o ponto de destaque.

7) Renove a vitrine sempre que possível

Uma vitrine que permanece intocada o ano inteiro passa a impressão de que o dono da loja não se importa com o negócio. Assim, renovar a vitrine é uma oportunidade de mostrar envolvimento e causar uma impressão positiva ao cliente. Além disso, você consegue dar destaque a diferentes produtos, aumentando as chances de que sejam vendidos.

Extra: Consolidação do Varejo

Nem toda loja possui vitrine - uma tendência que vem se tornando mais comum nos últimos anos. É a chamada “consolidação do varejo”. As exposições de produtos (como manequins e estandes) nesses casos ficam espalhadas dentro do ambiente da loja.

Praticamente todas as dicas dadas no texto valem também para lojas que adotam essa prática, sendo necessárias apenas pequenas adaptações. No fundo, a ideia é sempre oferecer ao cliente a experiência mais agradável possível, dentro ou fora da loja.

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você