[ editar artigo]

Relacionamentos Saudáveis, Negócios Prósperos

Relacionamentos Saudáveis, Negócios Prósperos

A chave para bons negócios está nos relacionamentos, mas se relacionar não é uma tarefa fácil. Compartilhar ideias, pensamentos, momentos, alegrias e até mesmo tristezas requer estar próximo do outro, conhece-lo profundamente. Para um bom relacionamento é preciso que eu compreenda o outro, entenda seus pensamentos e sentimentos. Assim é importante olharmos para dois aspectos principais dos relacionamentos: as emoções e a empatia.

Nosso estado emocional diz muito do que somos, pois muitas vezes atos emocionais são racionalizados para explicar comportamentos que em diversos casos, são externalizados de forma inconsciente. As emoções são importantes nos relacionamentos pois humanizam as relações e nos trazem a sensação de conexão com o outro. Esta interconexão cria uma ponte, e expõe aquilo que eu vejo no outro e o que ele vê em mim. Para uma relação saudável é preciso estabelecer laços emocionais, seja este de amizade ou amor, o que chamamos de emoções positivas.

Porém nem tudo são flores nos relacionamentos, pois o processo para criar laços emocionais exige muito mais do que apenas sentir ou não algo pelo outro é preciso gerar confiança, deve haver ali um espirito de cooperação, uma abertura e receptividade a diferentes ideias, de uma forma mais simples deve existir empatia. A empatia tem por princípio gerar relações amistosas, produzir harmonia, e é essencial para toda e qualquer comunicação.

Assim como as emoções a empatia aproxima pessoas, criá-la até é uma tarefa fácil mais exige um conhecimento profundo de como as pessoas funcionam. Para Henrik Fexeus em seu livro a “Arte de Ler Mentes” a regra básica da empatia é adaptar-se ao outro, quando nos adaptamos removemos as barreiras que impendiam a comunicação, pois nos projetamos a entender o que de fato o outro gostaria de compartilhar conosco, é estabelecer um vínculo duradouro, é se manter no habitat dele e refletir as experiências de modo a confirma-las e corresponder a elas.

No mundo empresarial as empresas são feitas por pessoas para pessoas, e por este motivo a empatia é relevante e se destaca como vantagem competitiva para os negócios, é através dela que podemos ampliar nossa capacidade de comunicação e não importa com qual atividade profissional trabalhemos sempre teremos a necessidade de interagir e se comunicar com outras pessoas, sejam elas clientes ou colaboradores. Como as empresas são feitas por pessoas é necessário que possamos traduzir a visão empática para empresa, ela precisa ser capaz de sentir, pensar e compreender o universo do outro, para que assim seja possível alinhar necessidades e objetivos em prol de um bem comum.

Busque desenvolver a empatia com seus clientes e colaboradores, crie laços emocionais e relacionamentos duradouros com eles e lembre-se a empatia por si só não  garante o sucesso nos relacionamentos, mas é a chave de entrada para a conquista dos clientes e de uma equipe engajada com sua visão e valores, ela é a mola propulsora na criação de uma imagem mais humana no atendimento das necessidades de todos os envolvidos no negócio. A empatia é a humanização das relações sejam elas comerciais ou pessoais.

E então, vamos praticar a EMPATIA?

 

 

Comunidade Sebrae
Tiago Cunha
Tiago Cunha Seguir

Mestre em Administração Pela UNIMEP - Universidade Metodista de Piracicaba. Consultor do SEBRAE/PR - Atuando na Regional Norte - Escritório de Apucarana e Vale do Ivaí Professor Universitário Apaixonado por livros e Inovação

Ler matéria completa
Indicados para você