[ editar artigo]

06 dicas para inovar no turismo receptivo

06 dicas para inovar no turismo receptivo

As agências de turismo receptivo desempenham um importante papel para o acolhimento de turistas nacionais e estrangeiros. Elas são as responsáveis por disponibilizar consultoria turística especializada e produtos e serviços específicos para melhorar a experiência de viagem. Entre as soluções oferecidas estão transfers, passeios, hospedagem, locação de automóveis e outros serviços.

Segundo o Boletim Informativo do Turismo Receptivo Brasileiro, divulgado pelo Ministério do Turismo (MTur), a hospitalidade brasileira é o item com maior avaliação positiva pelos turistas internacionais em sua viagem ao Brasil em 2018, alcançando 97,9%. Isso mostra que, além dos turistas se sentirem bem recebidos, este é um mercado em expansão.

Hoje, porém, não basta oferecer bons preços e serviços. Esses já não são mais grandes diferenciais. Os turistas estão cada vez mais exigentes e com mais poder de escolha. Por isso, é preciso se adaptar e expandir negócios para se manter competitivo neste mercado - que também fornece cada vez mais opções para o cliente. Mas como inovar no turismo receptivo? Veja algumas dicas que separamos!

Escolha uma segmentação

Focar no seu tipo de cliente é essencial. Se sua agência trabalha com turismo estudantil, intercâmbio ou terceira idade, por exemplo, é preciso conhecer o público a fundo para encontrar a melhor maneira de lidar com eles. Outra opção para buscar a segmentação da agência é com base na oferta turística, como o turismo gastronômico, cultural, rural, etc. Essa segmentação traz um diferencial para o negócio, pois ressalta a sua especialização no mercado. Porém, lembre-se: você não precisa deixar de atender outras demandas que não sejam de nicho. 

Inove nos processos, produtos e serviços

Muitos dizem que para o futuro, inovação é básico e digitalização é o caminho. Por isso, você deve conhecer as novidades do mercado e avaliar como pode utilizar as novas tecnologias para aumentar a satisfação dos clientes. Isso pode ser feito por meio de novos produtos, novas formas de relacionamento, adequação do seu negócio a tendências de mercado, etc. Vale lembrar que você não precisa necessariamente criar novas ferramentas, mas sim, saber utilizar as que já existem da melhor forma para sua empresa.

Repense o formato de gestão

Você sabia que novas estruturas de liderança e inovação na gestão podem ser uma vantagem competitiva para as empresas? A implementação de novos modelos de negócio e processos podem promover um relacionamento ainda melhor com o público externo - além do público interno.

Atenção ao atendimento

Por envolver basicamente a prestação de serviços, o cliente pressupõe que terá uma assistência de primeira qualidade quando o assunto é turismo receptivo. Nessas horas, vale pensar como turista: como me sinto quando sou mal atendido? Em contrapartida, pense como você se sente quando o atendimento é excepcional. Então, é importante avaliar possíveis falhas de atendimento e verificar quais melhorias podem ser feitas, revendo procedimentos e tomando providências para o que precisa ser melhorado.

Realize pesquisas

Como o próprio nome já diz, no turismo receptivo é preciso receber bem o turista. E por que não perguntar a ele o que ele acha? As pesquisas de satisfação são um bom caminho para aprimorar os pontos fracos e manter os fortes. Para as pequenas empresas, isso pode ser ainda mais fácil, já que o contato com o cliente é ainda mais próximo.

Faça benchmarking

Analise o que outras empresas fazem e leve em conta principalmente as que se sobressaíram em grandes eventos, datas comemorativas ou com o aumento de fluxo de turistas. As experiências de outras companhias com megaeventos podem trazer alguns insights para serem aplicados no seu negócio.

Dessa forma, existem muitas formas de inovar quando o assunto é turismo receptivo. Aproveite esse mercado e coloque as dicas em prática!

Negócios em Turismo

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você