[ editar artigo]

Como as práticas sustentáveis podem auxiliar seu negócio

Como as práticas sustentáveis podem auxiliar seu negócio

Dar atenção à sustentabilidade não é mais uma opção no setor de turismo, mas sim uma prioridade. Essa é uma das questões que mais tem chamado a atenção do cliente. Segundo uma pesquisa da Mapie, 75% dos clientes consideram que o que faz a diferença em um hotel é ter a estrutura ambientalmente sustentável. Esse número vai de encontro a um movimento bastante comum no mercado de turismo, em que o turista exige cada vez mais práticas sustentáveis.

Muitos acreditam que a sustentabilidade se resume à preservação da natureza, porém o significado vai muito além. A ideia de um mundo sustentável passa também por dimensões sociais, culturais, políticas e éticas. Por isso, é essencial que as empresas pensem em como colocar em prática esses quesitos.

Meios de hospedagem

No setor de hospedagem, muitas normas e certificações vêm surgindo para que empresas possam executar atividades conforme os princípios estabelecidos para o turismo sustentável. Um exemplo disso é a Norma de Gestão Sustentável (ISO 21401:2018), que foi desenvolvida para atender as demandas de desenvolvimento do turismo sustentável e pode ser utilizada por todos os tipos e tamanhos de meios de hospedagem. A ISO 21401 descreve os elementos de um sistema de gestão da sustentabilidade, que inclui a dimensão ambiental, social e econômica. Os meios de hospedagem que seguem a norma poderão atestar para seus hóspedes e para todo o mercado que são empreendimentos sustentáveis.

Para um processo efetivo de implementação de ações que garantam a sustentabilidade dos pequenos meios de hospedagem, algumas ações são imprescindíveis. Entre elas:

  • Gestão da água: tornar o uso mais eficiente, reduzindo o consumo e o desperdício.

  • Paisagismo: encontrar projetos que tenham o conceito de conservação e adequação regional. Escolher plantas nativas, por exemplo, para que desenvolvam menos doenças e mantenham a integridade visual da paisagem.

  • Reaproveitamento e armazenagem: esse passou a ser um componente econômico para hotéis e pousadas. O reaproveitamento de água, por exemplo, é uma das saídas para auxiliar na redução de custos e promover um ambiente sustentável.

  • Gestão de energia: identificar e implementar ações para tornar o uso da energia mais eficiente pode evitar o desperdício. 

  • Comunicação com os hóspedes: não basta realizar ações que auxiliem seu negócio a ser sustentável, é preciso ter um diálogo aberto com o turista e facilitar a comunicação para a conscientização de suas ações. 

Sustentabilidade na cozinha

A preocupação com o futuro do planeta e a exigência do novo perfil de turista também tem feito com que chefs repensem os cardápios. O setor de alimentos e bebidas exige o desenvolvimento de iniciativas que abranjam o ciclo de vida completo dos produtos. Isso é conhecido como a gastronomia sustentável.

Essa mudança é vista também na preferência do consumidor: a busca por alimentos naturais e nutritivos tem aumentado, e os consumidores estão desenvolvendo um olhar mais amplo sobre esse tema, se preocupando também com seus hábitos alimentares. Na prática, algumas ações podem ajudar a trazer benefícios ambientais e econômicos. Confira algumas delas:

  • Redução no desperdício de alimentos

  • Valorização da agricultura familiar e pecuária sustentável

  • Diminuição na geração de resíduos

  • Valorização de ingredientes e culinária locais

  • Apostar no potencial educativo, conscientizando o consumidor sobre todo o processo de produção de alimento

Dessa forma, é importante que o seu negócio considere ingrediente regionais e orgânicos, tentando fazer o uso integral dos ingredientes. Além disso, é importante pensar na experiência como um todo, já que este é um dos focos da gastronomia. 

Outras ações

As práticas sustentáveis são acessíveis inclusive a pequenos negócios de maneira econômica e simples. Pequenas ações já podem ajudar seu negócio a ser mais sustentável, como por exemplo optar por embalagens recicláveis, brindes sustentáveis, uso de ecobags, estimular a produção artesanal, entre outros fatores. Além disso, uma boa opção é a valorização e a prática de roteiros locais, contribuindo para a valorização local.

Comunicação e o cliente final

A comunicação com os hóspedes ou clientes é uma das peças-chave para ter sucesso em ações que visam o cuidado com o meio ambiente. É por meio dela que a empresa pode criar um engajamento, mostrando as ações que são feitas para tal fim e explicando como o turista pode fazer sua parte. Vale lembrar que além de "conversar" com os clientes sobre suas obrigações, é imprescindível promover um ambiente que facilite e auxilie ele(a) a aderir à política sustentável. Por exemplo, se você tem uma pousada e orienta os clientes para que seja feita a reutilização das toalhas, é de responsabilidade da pousada fornecer condições para que essas toalhas sejam estendidas, como porta toalhas horizontais. 

Outro importante fator nessa comunicação é esclarecer o que está sendo feito pela empresa e explicar o impacto de cada uma dessas ações. Mostrar um olhar amplo sobre a causa ajuda a engajar o público. Vale lembrar que um consumidor consciente é um agente transformador. Por isso, uma empresa sustentável é aquela que cuida, inova e conscientiza ao mesmo tempo.

 



 

Negócios em Turismo

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você