[ editar artigo]

Hostels: mudança de hábito que gera oportunidades no setor

Hostels: mudança de hábito que gera oportunidades no setor

Os hostels mudaram o cenário da hospedagem no mundo. E isso se deve, principalmente, às novas gerações, já que essa é uma boa oportunidade de conhecer pessoas do mundo todo. Dessa forma, o hostel acaba sendo um ambiente que gera integração e entretenimento, o que é atrativo para quem busca por novas experiências.

Além de ser uma boa opção para os que querem conhecer pessoas, os hostels acabam sendo a saída para os viajantes que preferem economizar durante viagens mais longas. É o que revela o estudo realizado pela plataforma Hostelworld e apresentado durante a Equipotel 2019. Feita com mais de cinco mil pessoas, a pesquisa entrevistou viajantes de diferentes países, como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, França, Alemanha, Índia e Brasil. De acordo com o levantamento, 81% dos turistas que saíram recentemente em viagens de três ou mais semanas, optaram por ficar em hostels ao invés de hotéis.

Em busca do não-tradicional

Destinos conhecidos e roteiros famosos? Que nada! A última Geração, também conhecida como Geração Z (entre 16 e 21 anos), tem interesse em conhecer destinos pouco tradicionais, segundo a pesquisa. Quando falamos dessa geração, há uma queda de 33% na busca de roteiros mais conhecidos. Nesse cenário, a busca por hostels acaba sendo ainda maior.

81% dos turistas que saíram recentemente em viagens de três ou mais semanas, optaram por ficar em hostels ao invés de hotéis.

Outro atrativo que está relacionado à busca por este tipo de hospedagem é o interesse por vivenciar mais o local visitado. Além de absorver a cultura, é possível ter diferentes tipos de experiências, estando ainda mais próximo dos costumes locais e de moradores da região.

Hostels como oportunidade

Ambiente customizado, descontraído e aconchegante: esses são alguns dos tantos detalhes que fazem a diferença em um hostel. Mas, como ter sucesso e aproveitar o empreendimento como oportunidade? Veja algumas dicas que separamos.

  • Localização e infraestrutura: Ter uma boa localização e pensar na infraestrutura do local é um dos fatores-chave para o empreendimento. Isso porque os turistas buscam áreas bem localizadas, seguras, silenciosas e com fácil acesso ao transporte público. Também é preciso levar em conta a proximidade de pontos turísticos, que pode influenciar diretamente na escolha do cliente pelo seu estabelecimento. Já em relação à infraestrutura, manter um planejamento contínuo sobre a conservação do hostel é essencial.

  • Atenção à limpeza: garantir a completa higienização do espaço, apesar de ser obrigatório, acaba sendo um grande diferencial. Isso porque muitos viajantes acabam ficando com um pé atrás quando falamos em hostel, justamente por esse quesito. A limpeza inclusive faz parte da metodologia do "5S" do empreendedor, que abrange: Senso de Utilização, Senso de Ordenação, Senso de Limpeza, Senso de Saúde e Senso de Autodisciplina.

  • Acompanhe as avaliações: hoje, os turistas levam muito em conta a opinião de outros viajantes sobre o local. Por isso, é importante acompanhar a colocação do seu hostel no mercado e observar as avaliações de sites especializados. Interagir com os comentários também demonstra que você está preocupado com os clientes.

  • Garantia de segurança: por ter um fluxo alto de pessoas e que, muitas vezes, dividem o mesmo quarto, a segurança é um dos pontos essenciais para os hostels. Instalar equipamentos de segurança a fim de garantir a integridade física dos hóspedes é de extrema importância.

  • Produção de conteúdo: já pensou em desenvolver uma estratégia de inbound marketing para o seu negócio? Isso pode ser uma grande oportunidade, já que os viajantes que optam por ficar em hostels normalmente querem conhecer mais sobre a cultura local. Crie conteúdos, interaja e seja inovador!

  • Busque qualificação: ter uma equipe de profissionais qualificados influencia diretamente no atendimento ao público. Você deve levar em conta a possibilidade de contratar funcionários que saibam outros idiomas, para que assim você ofereça um serviço de qualidade para os visitantes.

  • Invista na interação: não tenha medo de inovar! O público que busca por esse tipo de hospedagem espera um ambiente realmente diferente. Criar espaços de interação, apostar no design e facilitar o contato entre os próprios clientes com certeza será levado em conta no momento da escolha pela hospedagem.

E você, tem aplicado alguma essas estratégias no seu negócio? Compartilhe conosco aqui nos comentários a sua experiência!

 

Negócios em Turismo

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você