[ editar artigo]

Pague agora e consuma depois!

Pague agora e consuma depois!

Você já ouviu falar ou já praticou essa estratégia de vendas no seu empreendimento que é voltado a serviços ligados ao turismo?

Parece ir ao contrário do que geralmente muitas empresas fazem que é o famoso “compre agora e pague depois” que estimula o consumidor a comprar e ter um prazo para começar a fazer o pagamento, seja via cartão de crédito ou crediário direto na loja.

A pandemia do Novo Coronavírus (Covid -19) pegou o mundo de surpresa, e isso afeta a todos  nós de alguma maneira, e uma coisa é certa, NÃO SEREMOS MAIS OS MESMOS. A economia vai mudar, as pessoas vão mudar, as empresas irão mudar, isso é fato.

A grande preocupação das principais lideranças é barrar a propagação do vírus para evitar um colapso total em nosso sistema de saúde e a perda de vidas principalmente. E a mais importante estratégia adotada, que envolve a população, é o isolamento social e o fechamento do comercio de produtos e serviços que não são considerados essenciais a população.

E turismo a gente sabe que é super importante para as pessoas, mas os serviços prestados por ele não estão na pauta de essenciais, é claro.

Porém, os custos fixos da empresa não dão pausa, são os fornecedores, a folha de pagamento, aluguel, água, luz, entre outros.

Mas e agora, que não posso abrir as portas e minhas contas continuam chegando?

Mais do que nunca é a hora de inovar, reinventar, sairmos da nossa zona de conforto e buscar novas alternativas. E se você não existe no mundo virtual, agora é a hora de você se abrir para esse canal de divulgação de alto alcance e de custo baixo, como as redes sociais. Praticamente todos estão lá, e agora que as  pessoas estão em casa, elas estão ainda mais focadas no mundo virtual.

Uma prática que já tem sido usada por algumas empresas para suprir a baixa demanda do momento e poder continuar manter pelo menos com os custos fixos é o tal do  vender agora e entregar depois.

Essa prática serve para vários tipos de serviços e produtos, mas focando na área de turismo como hotéis, agências de viagens, bares e restaurantes se aplica muito bem.

Vamos lá a algumas dicas de como pode ser aplicada essa estratégia:

- É importante que esse voucher de compra ofereça também algo atrativo para o cliente, um desconto especial, pague 1 leve 2, e assim por diante. Tenha em mente também num desconto que não inviabilize a sua operação futuramente.

- Criar regras e prazos para consumo ou utilização dos serviços; (como a estimativa de volta a movimentação do turismo é a partir de Dezembro de 2020 e início de 2021, o interessante seria destinar esses vouchers para consumo nos períodos em que se entrará na baixa temporada).

- Escolha uma forma de comprovante de compra do Voucher, pode ser até uma confirmação por e-mail para o cliente.

-  Escolher uma plataforma para a venda de voucher, pelo pague seguro ou aquela que se adequar melhor a sua empresa.

- Lembre-se esse é um momento delicado, as pessoas estão mais sensíveis, então é legal fazer uma campanha mais humanizada;

- Poderão haver dúvidas, estejam bem abastecidos de informações para repassar aos clientes;

- Não sabemos até quando vai essa situação atual, então se achar interessante pode limitar  por mês o número de voucher, com prazos para compra com o desconto e  também lançar diferentes ofertas entre as semanas ou meses.

- Use as redes sociais da empresa para divulgação, esse será seu principal canal de divulgação.

- Invista uma graninha em divulgações patrocinadas para ter um alcance além das pessoas que já conhecem sua empresa.

Nesse momento poderá não estar lucrando, mas pode ajudar a suprir suas contas até a tempestade passar. O importante é achar um ponto de equilíbrio, ofertar mais do que pode oferecer e prejudicar sua empresa também não dá certo.

O momento nos pede resiliência que é “A capacidade de se recuperar de situações de crise e aprender com ela. É ter a mente flexível e o pensamento otimista, com metas claras e a certeza de que tudo passa”

 

 

Negócios em Turismo

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você