[ editar artigo]

Tenho uma agência de turismo e quero inovar. O que fazer?

Tenho uma agência de turismo e quero inovar. O que fazer?

O mercado de turismo tem crescido de forma rápida. As novas demandas possibilitaram a abertura de oportunidades aos turistas, que têm cada vez mais opções para adquirir viagens e passeios por meio de diferentes ferramentas. Agora não são só as agências, mas também as agências de viagem online (OTAs), influenciadores e pessoas físicas. Mas uma coisa é certa: no mercado de turismo não tem mais espaço para um mero intermediador de viagem. É preciso fazer diferente. E como se reinventar para se manter competitivo? Confira algumas dicas que separamos!

Aposte em roteiros alternativos

Já pensou em oferecer roteiros diferentes dos que já existem nos destinos turísticos padrão? Os turistas têm buscado outras formas de lazer e experiências personalizadas, não apenas um roteiro. Estar atento a novas atividades que possam complementar a viagem é um dos diferenciais para uma agência.

Uma saída é investir nos tipos de roteiro, como por exemplo o turismo religioso, turismo naturista ou o ecoturismo. Isso, claro, fazendo uma análise do seu público. Esses nichos apresentam uma grande oportunidade, já que existem destinos turísticos específicos para isso no Brasil -  e bastante procurados, inclusive. Nas regiões litorâneas, por exemplo, predomina-se o turismo de aventura e os roteiros naturistas, em cavernas, florestas e praias. Já no interior dos estados, a procura é mais forte pelo turismo religioso. Apostar nessas frentes pode atrair ainda mais clientes!

Otimize formas de relacionamento

A desburocratização na passagem de informações deve ser uma atividade básica no seu negócio! Hoje, enviar as informações por email ou forçar o contato telefônico pode fazer com que você perca o cliente. Por isso, o Whatsapp tem se tornado um canal comercial útil para descomplicar as negociações. Uma outra sugestão são os chatbots, que possibilitam a comunicação rápida e facilitam o contato do cliente com a marca. Segundo algumas pesquisas, mensagens que demoram mais do que 12 horas para serem respondidas já estabelecem uma quebra no contato com o cliente. Então, não erre na sua linha de frente - o atendimento.

Esteja atento às tendências hoteleiras

A hotelaria é um dos setores que tem se reinventado e transformado a cada dia. Serviços de economia compartilhada, novas plataformas e locais focados em experiência são algumas das mudanças que têm atraído os turistas. Nesse cenário, é importante ter em mente que além de ampliar possibilidades de localização - os turistas buscam estar em uma boa localização - é preciso ter opções além das convencionais.

Além disso, é preciso considerar a idade do seu público-alvo e no que ele tem interesse. Os mais jovens, por exemplo, têm interesse em hostels, pois além da vantagem econômica, podem experimentar o estilo de vida de um nativo e conhecer ainda mais pessoas. Então, por que não considerar isso na hora de fechar parcerias?

As parcerias podem fazer sua agência sair na frente

E esse pode ser um grande diferencial em relação às OTAs! As parcerias com empresas que garantem a comodidade e segurança do viajante auxiliam em uma experiência de viagem completa. Isso significa que o cliente consegue sair da sua agência pronto para não se preocupar mais! Ele terá todo o apoio em serviços, como por exemplo, com chip internacional, seguro para as bagagens, etc. Outra oportunidade é firmar parcerias com passeios personalizados e nativos, já que esse é um mercado com um crescimento constante.

Não faça marketing como antigamente

Não são só as agências que precisam se atualizar. A forma como você faz o marketing também. Como você quer se mostrar uma empresa inovadora se toda a sua comunicação diz o contrário? Desde a identidade visual até o tom da comunicação nas redes sociais: tudo deve ser uma extensão do que sua agência busca. Se a empresa quer ser jovem e oferecer viagens incomuns, sua comunicação deve ser leve e inovadora - estar sempre atento às novidades das redes sociais e testá-las. E claro, tudo isso estando alinhado com seu público-alvo.

E você, tem inovado na sua agência de turismo? Compartilhe com a gente!

Negócios em Turismo

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você