[ editar artigo]

Turismo de Experiência Uma tendência no pós pandemia... e mesmo agora

Turismo de Experiência
Uma tendência no pós pandemia... e mesmo agora

Que levante a mão quem já não está mais do que cansado do isolamento e com aquela vontade louca de sair viajando por aí. Há quem esteja se arriscando mais, mas há também uma boa parcela de pessoas esperando a pandemia passar para voltar às estradas. Estradas ou aeroportos? Eis aí uma boa pergunta.

Matérias e jornais diversos, artigos na internet, indicam que a tendência para quando as portas forem abertas é a do turismo local. Viajar para perto, fazer um bate e volta, dormir numa pequena e acolhedora pousada ou até esticar um pouco mais – talvez com uma pequena parada no caminho – para visitar os parentes mais distantes.

Até mesmo no Guia de Tendências do Sebrae, revisitado devido à surpresa da pandemia, a tendência está lá. Fala-se em Experiência e em Turismo Local. E é aí que está a oportunidade de pequenos empresários ligados ao turismo se reinventarem. Como estamos todos mais carentes, estressados, tecnologicamente enjoados, querendo comer algo diferente e gostoso e curtir uma paisagem sem pressa... eis a hora de começar a ofertar tudo isso.

Assim, aquele restaurante na beira de um riacho pode sim ser a melhor opção. Aquele artesão mais tímido, que fazia seus produtos na garagem e que resolveu abrir uma portinha, pode sim ter mais visitas de turistas interessados em conhecer não só o trabalho, mas o próprio artista.

Nada de filas, de grandes aglomerações, de confusão na chegada, de falta de lugar para estacionar. Porque stress que era ruim nós já tivemos bastante desde março. O que queremos agora é paz e – de preferência – junto à natureza e longe das paredes.

“Autêntico e Simples”, “Um Cantinho para o Analógico”, “Experiências Significativas”, “Consumo Verde”, apenas algumas das tendências do Guia Sebrae que, se já vinham despontando antes da pandemia, agora chegam com força total.

O turista quer e precisa disso. Algo que lhe estimule os sentidos, ative sentimentos e boas memórias, mexa com a sua criatividade e que lhe permita interagir. Simples assim.

São os bons ventos soprando em direção ao turismo local e de boas experiências.

Palestra Realizada para a ADETUR Rotas do Pinhão 

http://bit.ly/ExperiênciaRotasdoPinhão

 

 

Negócios em Turismo

Ler conteúdo completo
Indicados para você