[ editar artigo]

Inspiração que vem do Oriente Médio

Inspiração que vem do Oriente Médio

Você sabia que está no Oriente Médio o país que mais cresce nos últimos anos em tecnologia e inovação? E você sabe o porquê?

No mês de junho, tivemos o privilégio de ter em Curitiba um meeting com Oren Gershtein, CEO da IdealityRoads – consultoria que nasceu da expertise de Israel (Oriente Médio) em relação às soluções que o país desenvolve, há 20 anos, de alta tecnologia e inovação. Fato que colocou a nação no topo de crescimento mundial com inovações que podem ser repetidas globalmente.

Foram políticas agressivas e sofisticadas que fizeram de Israel (Oriente Médio) o país referência em agricultura de precisão, energia limpa, pesquisa, educação e empreendedorismo. Entretanto, as lições e benefícios desse pequeno e recente país do Oriente Médio, é uma soma de elementos e processos que une a cooperação do governo,  empresas e incubadoras nas universidades, que formam o ecossistema ideal de Israel.

Mas o que o Oriente Médio tem a ver com o Brasil e com o Paraná?

O meeting Startup Nation foi realizado pelo Sebrae/PR em Curitiba para micro e pequenas empresas e teve o painel “Os desafios para a transformação de um ecossistema inovador”, ministrado por Oren Gershtein. O evento recebeu ainda Cris Alessi (presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento) e Fernando Bittencourt (diretor da Agência PUC de Inovação - PUC PR) para debater de que forma o estado pode ganhar com o exemplo israelense e promover o desenvolvimento empreendedor da região, mediante a criação das startups e suas soluções.

Oren Gershtein explicou para nós que esse milagre do Oriente Médio recebe atualmente investimentos externos por conta do apoio que a iniciativa privada tem do Governo. É como se fosse uma validação das ideias e soluções apresentadas pelas startups, que ganha aporte do setor público nesse capital intelectual.

O consultor cita ainda que o Paraná tem características suficientes para ser uma Suíça no Brasil, diante do perfil empreendedor da estado, e que Curitiba é um celeiro de inovação.

Numa contrapartida otimista, Cris Alessi falou que já tramita na Câmara de Curitiba um fundo de investimentos para a inovação, que criaria um ambiente positivo para culminar nesse crescimento necessário à nossa cidade. E Fernando Bittencourt converge na ideia de que atualmente as universidades já migram sua forma de educar para a geração de conhecimento, propriedade intelectual e formador de competências, não sendo mais apenas uma transferidora de conhecimento.

Por isso, há uma necessidade urgente de mudança de mindset, que fomente a criação desse ecossistema perfeito entre governo, empreendedorismo e educação, tal como a receita do Oriente Médio. Assista o vídeo em que Oren Gershtein está na Eslováquia, com o painel sobre Israel.

 

Comunidade Sebrae
Suzane Marie
Suzane Marie Seguir

Sou jornalista, MEI e gerente de comunidades da Comunidade Sebrae!

Ler matéria completa
Indicados para você