[ editar artigo]

Realidade virtual como estratégia de marketing digital

Realidade virtual como estratégia de marketing digital

Uma das alegações dos consumidores que preferem fazer suas compras em lojas físicas, é a de estar em contato direto com o produto. Mas isso está mudando, já que algumas lojas online estão adotando a realidade virtual como estratégia de vendas.

Alguns setores utilizam a realidade virtual como estratégia de marketing. Dessa forma, produzem o conteúdo por meio dessa tecnologia para se destacar na mídia, atrair mais consumidores e, consequentemente, obter uma vantagem competitiva sobre seus concorrentes. Algumas marcas já estão inserindo a realidade virtual em suas campanhas de marketing.

Realidade virtual e o marketing digital

A realidade virtual, considerada uma estratégia inovadora do marketing digital, é uma das grandes promessas que irão revolucionar a comunicação em vários segmentos. Embora a realidade virtual seja conhecida por fazer parte da indústria do entretenimento, ela também pode ser utilizada na educação, saúde, engenharia, varejo, etc.

A realidade virtual trouxe muitas possibilidades ao marketing digital. É possível unir todas as vantagens do comércio eletrônico com a experiência trazida pela realidade virtual. Agora, a fusão das vendas online com as vantagens do offline, é possível.  Com a realidade virtual, os consumidores poderão ver o produto de perto (suas reais dimensões), ou seja, ter um contato mais pessoal com o produto escolhido e sem precisar sair de casa.

A experiência que a realidade virtual traz, torna o marketing imersivo. Por meio da interação emocional com a marca, a potencialização do contato do cliente com o produto é aumentada.

Realidade virtual e o engajamento do consumidor

Como sabemos, o engajamento é fundamental para que uma empresa atinja o sucesso. E por meio das estratégias de marketing digital, podemos estreitar o relacionamento com o usuário, tornando-o um cliente fiel à marca.

Existem três formas de engajar o usuário no ambiente virtual.  Primeiro, o engajamento multissensorial, que permite o aprendizado e utilização dos produtos de forma interativa. Nessa forma de engajamento, são estimulados os sentidos como visão, tato, audição e em alguns casos, o olfato. No engajamento intelectual, são compartilhadas com os usuários informações relevantes para que a realidade virtual seja significativa. Já o engajamento emocional usa a empatia como método atrativo. Além de criar relações lógicas que levam o usuário direto à compra, é preciso criar uma conexão emocional com ele.

Cases de sucesso

Dior

A marca Dior já adotou a imersão do conteúdo em realidade virtual. Por meio do Dior Eyes, a marca permitiu aos seus clientes o acesso ao backstage. Os óculos de realidade virtual, proporcionaram um verdadeiro passeio aos bastidores do desfile. Além dos óculos, a experiência incluiu um headphone integrado, que permitia o acesso sensorial completo dos detalhes ocorridos no backstage.

HBO

Para mostrar os Sete Reinos de Game of Thrones, a HBO usou o Oculus Rift. No ambiente criado pela empresa, os usuários eram colocados em um elevador e escalavam uma parede de gelo com 200 metros de altura. Para aumentar a imersão, foi estimulado o engajamento multissensorial.

McDonald’s

Por meio da campanha #tenteexplicar, o McDonald’s transformou as caixas do Mc Lanche Feliz em óculos de realidade virtual. Para participar da experiência, os clientes precisavam comprar o sanduíche e uma Coca-Cola. Durante a experiência, os clientes eram levados em uma nave ao espaço sideral até um restaurante do McDonald’s. O passeio era entre cachoeiras de Coca-Cola e asteroides de sanduíches.

Volvo

O primeiro test drive totalmente imersivo foi feito pela Volvo. O aplicativo Volvo Reality permite que os consumidores façam um test drive no Volvo XC90, precisando apenas de um smartphone e do Google Cardboard para acontecer. O aplicativo permite uma pequena viagem à Vancouver. Para isso, são combinadas imagens do interior do veículo com filmagens do trecho da estrada.

Assim, as aplicações da realidade virtual nas empresas podem trazer ótimos resultados. Ela é uma boa aliada aos departamentos de atendimento e vendas, pois ajudam na capacitação dos funcionários e melhora a experiência dos clientes. Com essa imersão, a interação emocional do cliente com a marca pode ser aumentada, pois os produtos que podem ser testados se tornam muito mais interessantes pelos potenciais clientes.

 

 

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você