[ editar artigo]

Desculpa aí, mas ter uma ideia não é motivo para ter uma empresa.

Desculpa aí, mas ter uma ideia não é motivo para ter uma empresa.

Deixe de ser empreendedor e passe a ser empresário.

Se você encontrou um produto ou teve uma ideia de negócio isso não é motivo para empreender um negócio. A ideia pode ser a oportunidade de um negócio, mas não é motivo suficiente para você se tornar empresário.

Imagine que alguém lhe diga que teve uma ideia genial para pintar um quadro. Você vai considerar que ele é um pintor? O que ele fará depois de pintar esse quadro? Ele tem as competências necessárias para pintar esse quadro?

Uma ideia pode ser um motivo para empreender, mas não é uma motivação consistente e durável para ser empresário.

Existem motivos válidos, mas trágicos para uma aventura empresarial: Ser demitido e ter que seguir em frente; Odiar o gerente, o dono ou a empresa; Não suportar receber ordens ou depender de um superior; Ter liberdade para organizar seus horários e dias da vida pessoal e profissional; Ganhar mais dinheiro do que sendo empregado; Provar algo aos outros, para si ou para a família; Ter sucesso e ficar rico; Contribuir para o desenvolvimento local.

Certamente existem outros motivos, mas esses são os motivos trágicos para empreender. Trágicos porque ampliam a possibilidade de fracasso de qualquer negócio. O sucesso como empresário está diretamente ligado aos motivos corretos.

Você é um empresário verdadeiro ou um empreendedor oportunista?

Nesses mais de 25 anos que trabalhei desenvolvendo competências empreendedoras me deparei com empresários que obtiveram sucesso iniciando seus negócios a partir de algum dos motivos descritos anteriormente. Mas eles são uma imensa minoria.

Procure algum curso que aborde os motivos para que os empreendedores fracassam e você provavelmente não encontrará nenhum. Tudo que você vai se deparar são com fórmulas mágicas para você se tornar um empreendedor de sucesso.

E, sinto dizer, não existe fórmula para o sucesso. Porque o conceito de sucesso é particular, singular, mutável e variável. E porque fórmulas são teorias abstratas que geralmente são impossíveis de replicar na prática.

O que deu certo para João, dificilmente dará certo para Maria. O que deu certo para mim, dificilmente dará certo para você.

Mas uma fórmula tem uma lista de ingredientes. E usar esses ingredientes provavelmente trará resultados positivos. Não há garantia, mas aumenta a probabilidade.

E o principal ingrediente é motivação. Um motivo pode ser o motor de um empreendimento, mas a motivação será o combustível. Motivação para empreender se refere à vontade, a determinação, ao comprometimento.

Você somente conseguirá sobreviver e avançar num ambiente volátil, incerto, complexo e ambíguo se empresariar for sua motivação. Os motivos para empreender não são garantia da motivação para ser empresário.

Recorde-se da ideia para uma pintura. Sua ideia de negócio é como uma pintura. Mas você tem motivação para ser um pintor? E tem talento? Da mesma forma, você tem a natureza de um empresário? Sua motivação é consistente? E sabe liderar? Já buscou desenvolver competências de liderança?

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você