[ editar artigo]

O CLIENTE NÃO CURTIU

O CLIENTE NÃO CURTIU

Atualmente, o empresariado tem se preocupado cada vez mais com as novas tecnologias, em estar na internet, em fazer e-commerce, em estar nas mídias sociais,  enfim, com a nova realidade do marketing e do atendimento ao cliente.

Entretanto, o que temos percebido no dia-a-dia é que embora estas preocupações sejam de extrema importância, é necessário que não se deixe de lado o cliente físico, o ambiente físico do negócio, o cliente que liga, que quer ser atendido pessoalmente ou por telefone. Neste sentido, o atendimento foi, é e continuará sendo fundamental.

De nada adianta ter suas redes sociais sempre abastecidas de informações adequadas a seu público alvo, ter um site funcional e bem estruturado, estar sempre presente on line se quando o cliente chega até você é mal atendido.

A poucos dias, vendo um vídeo na internet ouvi uma frase que me marcou muito, na qual eu tenho pensado e que tenho procurado aplicar em meu cotidiano dentro e fora do Ponto de Atendimento. No vídeo que mostra uma situação onde as pessoas não sabem que estão sendo filmada, um funcionário que ensina o outro a realizar determinado serviço lhe diz: “quando vou fazer um serviço, seja qual for, eu sempre imagino que estou fazendo pra Deus, porque pra Deus, a gente sempre vai dar nosso melhor”. Pode parecer exagerado, mas se pararmos para pensar, agir assim só traz engrandecimento.  

O que temos visto, tanto em empresas quando em entidades ou órgãos públicos é justamente o contrário. O cliente que vai procurar pessoalmente o atendimento muitas vezes é tratado com pressa, descaso e até um certo desdém, como se ele não fosse importante ou estivesse atrapalhando o atendente (que não raras vezes está com o celular na mão ou os olhos no monitor).

Não importa quantos seguidores  se tenha, quantos views se conseguiu com determinada postagem ou quantas curtidas, se quando o cliente finalmente lhe procurar ele sentir que não tem importância. E acreditem, ele tem.

Pontos de Atendimento Presenciais do Paraná

Comunidade Sebrae
Margareth Pereira Jandre
Margareth Pereira Jandre Seguir

Assessora Comercial na Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí desde 2006, formada em direito, apaixonada pelo empreendedorismo e pelas boas causas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você