[ editar artigo]

3 métodos de prototipagem para validar novas ideias com seus clientes de forma rápida.

3 métodos de prototipagem para validar novas ideias com seus clientes de forma rápida.

O conceito “Erre rápido. Erre barato” tem estado cada vez mais na filosofia dos novos empreendedores, mas para isso é preciso ter ferramentas que nos ajudem a identificar essas falhas logo no início desta jornada, e para isso vamos utilizar uma prática do Design Thinking, a prototipagem.

 

 “Estima-se que seja 100 vezes mais barato fazer mudanças antes de escrever qualquer código, do que aplicá-las após a implementação.” (Jakob Nielsen)

 

Em resumo, protótipo é um modelo de fase teste, que busca simular o funcionamento do produto final da solução apresentada, isto é, ele irá funcionar de forma limitada, porém suficiente para validar hipóteses e a usabilidade da interface com clientes reais do produto. Dessa forma é possível identificar erros, aplicar melhorias ou inclusive descontinuar o projeto antes mesmo que uma versão final e de alto custo seja desenvolvida ou implementada.Sessão de teste de usabilidade de novo site com cliente

Sessão de teste de usabilidade de novo site com cliente

 

Por isso protótipos para validação de ideias devem ser algo rápido de ser construído e pouco oneroso, para não se tornar um prejuízo caso seu cliente reprove sua proposta.

Com o modelo de gestão Lean, se proliferando cada vez mais no mundo de tecnologia com o bum das Startups, metodologias ágeis como design sprint tem se tornado comum para o desenvolvimento de soluções dentro das empresas, sendo assim, saber prototipar se tornou o novo básico para quem trabalha com inovação e tecnologia.

Mas existem vários métodos e níveis de protótipos. Protótipos de baixa fidelidade, que possuem menor custo, porém seus resultados podem não ser tão precisos. Protótipos de alta fidelidade, necessitam de mais trabalho, porém seus resultados são mais confiáveis já que ele se assemelha mais da realidade.  A escolha vai depender da sua necessidade, tempo e dinheiro.

 

👨‍💻 Quais são e como escolher um método de prototipagem?

No caso de Sites, App’s ou qualquer sistema digital, podemos desenvolver MOCKUPS tanto de baixa quanto de alta fidelidade, para apresentar ideias e realizar testes de usabilidade. Esse Mockup irá apresentar como será o visual da sua interface além de simular a navegação e interação dos componentes de forma pré-definida, sem uma interação dinâmica ou lógica com banco de dados.

Se você quiser aprender a desenvolver um protótipo de interface igual esse do gif acima para tirar sua ideia do papel, eu criei um curso onde ensino 3 métodos de prototipagem rápidas de interface, ele é bem objetivo, e não é necessário ter nenhum conhecimento prévio a respeito do assunto.

 

🚨 Como oferta especial para a os leitores da Comunidade Sebrae, eu disponibilizei um 🤑 cupom de 70% de desconto 🤑 . Clique aqui e adicione o cupom COMUNIDADE70. 🚨

 

Outro exemplo, se estiver desenvolvendo um serviço que envolve a interação presencial, você pode utilizar o método de ROLE PLAYING, que consistem em encenar o processo de atendimento com seu clientes, ou o método de STORYBOARD, onde você irá desenhar e descrever cada evento do processo em ordem cronológica.

Se você precisar testar um sistema digital, simulando o funcionamento completo para o seu cliente, mas possui apenas a interface gráfica sem a lógica de programação, você pode utilizar o método MÁGICO DE OZ, que consiste em uma pessoa escondida operando a máquina gerando respostas para as entradas do usuário que está testando o protótipo, igual o mágico da história que dá o nome ao método.

 

 

Enfim, são muitas as opções, aqui eu abordei apenas algumas delas e seus conceitos básicos. Espero ter ajudado você a dar os primeiros passos para tirar aquela sua ideia do papel. 👋 Depois me conte o que achou do curso nos comentários.

Novos Negócios

Comunidade Sebrae
Douglas Nonato
Douglas Nonato Seguir

Inspirado pelo mundo digital, desde 2008 tenho ajudado empresas a se destacarem em seus segmentos. Formado em Design, Pós graduando em Economia Criativa e sólido histórico no desenvolvimento de produtos digitais.

Ler conteúdo completo
Indicados para você