[ editar artigo]

6 dicas para otimizar a gestão da sua empresa

6 dicas para otimizar a gestão da sua empresa

Ter uma boa gestão de trabalho é imprescindível para qualquer empresa. Aliás, nenhum negócio vai longe quando os gestores não estão atentos aos indicadores de desempenho. Por isso, é importante encontrar novas ferramentas e métodos para otimizar a gestão de processos dentro da empresa.

Embora a maioria das pessoas acredite que gestão está relacionada apenas ao aspecto financeiro da empresa, isso não é verdade. Existem vários outros pontos que devem ser levados em consideração, como estoque, treinamento de equipe e controle de projetos.

Veja com mais detalhes!
 

1. Uma boa gestão requer o uso de tecnologia

Para nossa sorte, vivemos em um mundo cercado de tecnologia, o que garante rapidez em muitos processos. Além disso, um dos pontos fortes da tecnologia é o registro das atividades. Você pode recuperar qualquer informação importante que tenha recebido em alguns cliques, não é verdade?

Aliás, essa vantagem é interessante a ponto de salvar vários empresários de problemas sérios com relação à empresa.

Fora isso, os meios de comunicação são extraordinários: podemos conversar com alguém, face-a-face, que está do outro lado do mundo. Basta ter acesso à internet e o programa correto para isso.

Por fim, não podemos deixar de lado a automação de processos. Não é uma verdadeira maravilha quando os softwares de gestão preparam toda a papelada fiscal automaticamente? E os relatórios mensais então!

2. Foque no controle financeiro da empresa

Embora falemos que gestão não é somente o controle financeiro da empresa, essa parte ainda é vital para mantê-la de pé.

O controle financeiro não deve se limitar apenas ao dinheiro que entra e o que sai da empresa. Aliás, você terá problemas de rentabilidade se usar apenas essas informações. É importante que a origem e o destino dos investimentos sejam registrados também.

Fora isso, temos a questão das velocidades dentro do mundo financeiro. Uma empresa pode contabilizar uma receita sem mesmo tê-la recebido, pois o que conta é a informação da venda. Isso pode causar a falência de empresas mesmo com registros bonitos de lucro; o dinheiro não vai chegar a tempo.

3. A gestão do estoque deve ser impecável

O estoque é o dinheiro materializado da empresa, ou seja, ele representa todo o potencial de lucro que o negócio pode vir a ter — claro, levando em conta que serviços não são prestados por ela.

Nesse sentido, o estoque, assim como o fluxo de caixa e balanço patrimonial, deve ser acompanhado de perto. De fato, podemos notar ótimos padrões de compra, os quais podem indicar tendências de mercado — conhecimento este tido como competitivo nos dias de hoje.

A gestão do estoque requer softwares de gestão específicos para a função; aliás, aproveite tecnologias como QR Code e código de barras. Elas estão aí para serem usadas.

4. Quebre os projetos em tarefas menores

Quanto mais ambicioso for o projeto, mais complexo ele é. No entanto, se você quer levar sua empresa para o próximo nível, com certeza terá que encarar projetos difíceis — os quais são bastante recompensadores.

O maior problema dessa empreitada é justamente a complexidade. Estamos falando de projetos que podem usar várias equipes ao mesmo tempo, ou seja, com várias tarefas ocorrendo simultaneamente. Como conciliar tudo isso?

A resposta mais curta é: aposte em um gerenciador de tarefas.

O ponto principal dos gerenciadores de tarefas é, justamente, acompanhar todas as tarefas que estão sendo realizadas. Dessa forma, você poderá ver o que foi feito, no que as equipes estão trabalhando e, claro, o que ainda falta fazer.

Assim é possível estabelecer objetivos claros para cada colaborador e equipe. Além disso, se for necessário, trabalhar com freelancer vai ficar muito mais simples.

Os projetos ambiciosos fazem com que sua empresa avance no mercado. Quando for encarar um desses projetos, tenha um gerenciador de tarefas sempre à sua disposição. Com certeza ele será uma peça fundamental para os gestores.

5. Treine e invista na sua equipe

Para ter uma gestão eficiente, é necessário trabalhar com colaboradores eficientes; isso só é alcançado quando a equipe recebe treinamentos adequados.

O ideal é transformar colaboradores em especialistas de determinadas áreas estratégicas . Dessa forma, o fluxo de trabalho será beneficiado, assim como a qualidade do serviço prestado. 

Além disso, sua empresa vai aumentar o valor do produto final ao trabalhar com especialistas no quadro de funcionários.

Fora a área técnica, ofereça treinamentos para o uso de ferramentas do dia a dia. Nem todos possuem facilidade com o computador. Às vezes pequenos tutoriais podem ajudar muito seus colaboradores.

6. Foque em resultados alcançáveis

Por fim, uma ótima dica para melhorar a gestão de sua empresa é focar em resultados alcançáveis. O motivo disso é simples: com objetivos palpáveis, os colaboradores saberão exatamente o que devem fazer, e os gestores vão conseguir acompanhar o progresso do projeto.

O ideal é distribuir objetivos grandes em vários mini-objetivos em períodos curtos, para conseguir avaliá-los antes de algo sair dos trilhos. Em suma, ao concluir vários mini-objetivos, a meta principal estará muito próxima de ser concretizada.

E aí, gostou dessas dicas para otimizar a gestão da sua empresa? Com certeza seu negócio vai se beneficiar bastante ao aplicar algumas dessas dicas!

Novos Negócios

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você