[ editar artigo]

Conhece-te a ti mesmo?? Frase ultrapassada ou utópica? Imaginária ou real?

Conhece-te a ti mesmo?? 
Frase ultrapassada ou utópica? Imaginária ou real?

“Conhece-te a ti mesmo”  

Sócrates

No artigo “Visão empreendedora - Nos dias atuais o que é indispensável para ser um empreendedor vencedor?” tratamos sobre comportamento empreendedor.  Nele, pontuamos alguns passos que se caracterizam como fundamentais para a construção e desenvolvimento de um modelo mental vencedor ou mindset vencedor. No artigo de hoje, propomos um breve aprofundamento do primeiro passo de um comportamento empreendedor pró-ativo. 

Segundo pesquisa do Sebrae, no Brasil, das empresas que fecham 7% foram por falta de lucro, 20% encerram o negócio por falta de capital e quase 50% dos pequenos empresários nacionais não sabem precisar se têm lucro ou prejuízo (MACHADO, 2015). Esses dados permitem constatar que muitas empresas fecham por falta de uma gestão adequada dos seus recursos. Isso está intrinsecamente ligado a aspectos educacionais e formativos na base curricular. Mas não só.

Segundo a publicação do Sebrae “Causa Mortis - O sucesso e o fracasso das empresas nos primeiros anos de vida”, os principais fatores são em função da ausência de Planejamento Prévio; Gestão Empresarial; Comportamento Empreendedor (SEBRAE-SP, 2014).

Analisando outros estudos e pesquisas publicadas ao longo dos anos posteriores, podemos constatar que na atualidade, os principais motivos são decorrentes dos mesmos fatores. Com exceção, daqueles decorrentes da pandemia COVID-19, citados no artigo anterior.

O padrão educacional vigente, prioriza, em sua maioria, a formação de mão de obra qualificada, e pouco se fala num estilo educacional que incentiva o pensar crítico, que fomente a reflexão e a criatividade. Dessa forma, molda-se o mindset da grande maioria da população, voltado à execução e não ao planejamento e controle. Voltado à inteligência do trabalhar, sem ou com poucos aspectos, que impulsionam a pró-atividade no comportamento do indivíduo. 

Pode-se dizer que a relevância e importância dos assuntos estão relacionados a sua visibilidade material, afinal produzir ou vender parece ter mais vulto do que realizar anotações, controles e planejamentos… Certo??? Pode-se dizer que há controvérsias nisso….

Perder tempo com anotações, controles pessoais e empresariais, anotar a entrada e saída de recursos, controlar o fluxo de caixa pessoal e/ou empresarial, ter literalmente tudo na ponta do lápis, podem parecer irrelevantes quando comparados a vender e ganhar dinheiro. Mas, será que de fato é perda de tempo?

O processo de tomada de decisão deve ser realizado de maneira consciente. Para isso, a mensuração do que é adequado, coerente, conveniente, dependem do momento que está sendo vivenciado. Depende também, do mindset adquirido e construído durante as experiências acumuladas ao longo da vida. Esse acúmulo impactará diretamente no processo de entendimento, análise e tomada de decisões, tanto nas relações e gestão da vida pessoal quanto empresarial.

Eric Berne, criador da Análise Transacional, diz que: “O destino de todo o ser humano é decidido pelo que se passa dentro de sua cabeça quando confrontado com o que acontece fora dela”. 

“O que se passa dentro de sua cabeça” é definido por muitos com o termo Mindset, que significa “modelo mental”. Que nada mais é do que a maneira como uma pessoa pensa. É a configuração dos seus pensamentos.  O conjunto de ideias, crenças e valores que uma pessoa possui compõem seu mindset, que pode ser traduzido como modelo mental predominante (SBCOACHING, 2019).

Dessa forma, ter conhecimento sobre o padrão mental predominante, torna-se primordial para que a vida possa ser melhor conduzida pelo indivíduo. Conhecer sobre inteligência  comportamental e emocional se constitui cada vez mais relevante. 

Neste processo de desenvolvimento da inteligência comportamental e emocional alguns aspectos são fundamentais:

  • Autoconhecimento: Revela-se como a base para realizar os sonhos e alcançar resultados extraordinários. É basilar também, para identificar e realizar a missão de vida de cada indivíduo. A partir dele, desenvolve-se a capacidade em assumir a responsabilidade pelo que acontece em sua vida. É a chave da alta performance.

  • Estar presente, em conexão com o Aqui e Agora - quando se está presente, é possível entender, administrar/controlar as emoções. Está intrinsecamente ligado ao autoconhecimento. O processo de tomada de decisão se estabelece no plano racional, do entendimento,  da análise consciente e criativa. Isso impacta de forma assertiva nos relacionamentos, na comunicação e na resolução de conflitos, aumentando a performance e o desempenho pessoal e profissional. Estar presente, permite tomar posse e consciência do momento,  do que é adequado, coerente e conveniente.

  • O próximo passo é saber/viver seu propósito de vida. Este passo abordaremos com propriedade no próximo artigo.

Esses são alguns fundamentos para a construção de uma história de vida, pautada na inteligência comportamental e emocional, ancorada no princípio do pensar crítico, de forma reflexiva e criativa. 

Alguns dos pensadores que trabalharam ancorados neste princípio e nos inspiram atualmente são Albert Einstein, Henry Ford, Paulo Freire, Sigmund Freud.

 

A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes.

Albert Einstein

 

Use sua criatividade e desfrute sua vida com leveza, sabedoria e muita alegria!

 

📌 Faça parte da Comunidade Novos Negócios e tenha acesso aos melhores conteúdos!

 

Luiz Augusto Burei

Rosecleia Burei Presa

Equipe Agroburei Agribusiness 

 

REFERÊNCIAS

Canaltech - Por que a maioria das pequenas empresas fecha as portas em menos de um ano? 

SBCOACHING. Mindset: Entenda o Conceito e Como Utilizá-lo a Seu Favor. 

Sebrae - CAUSA MORTIS: O sucesso e o fracasso das empresas nos primeiros 5 anos de vida. 

 

Novos Negócios

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você