[ editar artigo]

O tempo como aliado para uma vida equilibrada e produtiva

O tempo como aliado para uma vida equilibrada e produtiva

Você já deve ter ouvido esta frase “Se Deus quiser eu vou realizar meus sonhos”. Mas de fato, o quanto Deus é responsável pela realização de meus sonhos

Temos a nossa disposição todos os dias 86.400 segundos, que na grande maioria das vezes, julgamos não serem suficientes.  Se você tivesse o poder de aumentar a quantidade de tempo de um dia, para quanto você aumentaria?

A pergunta chave é, o que de fato eu tenho feito com os 86.400 segundos que tenho a minha disposição todos os dias?

Como falar sobre o tempo em inglês | EF English Live
O fato é que sempre falta tempo! Deseja-se mais tempo para realizar os afazeres e atividades diárias. Deseja-se mais tempo no final de semana, para o descanso, para as férias... 

Vários são os momentos que tem-se o sentimento de vazio, de improdutividade, de passar o dia somente resolvendo emergências e “apagando incêndios”. Além dos “meus incêndios”, tem-se também, os “incêndios” que eu causo na vida de outras pessoas, que na maioria das vezes, nem me dou conta disso. Quantas vezes terceirizei situações-problemas de minha responsabilidade, delegando-os para outras pessoas? 

Um dos fatores que entende-se como primordial neste processo, é a falta de planejamento. Não ter objetivos claros e metas definidas, interfere não somente na minha vida mas também na de todos que estão ao meu entorno. Esse é um movimento cíclico, que se auto alimenta diariamente e interfere na produtividade e no estilo de vida que se leva ou que se deseja ter.

Segundo dados do IBGE (2020), a expectativa de vida do brasileiro é de 76,7 anos. Em média, dorme-se 8 horas por dia e utiliza-se mais 2 horas diárias em atividades pessoais (alimentação, higiene, vestuários, entre outros). Outro dado relevante apurado em pesquisa, revela que o brasileiro passa em média, 3,75 horas usando mídias sociais (ÉPOCA NEGÓCIOS, 2019). 

Assim sendo, em análise sobre a utilização do tempo, só nas atividades descritas acima, já utiliza-se 57,29% da disponibilidade diária de tempo. E os outros 42,71%, dividimos entre as atividades profissionais, nossas obrigações, deslocamentos/viagens… E nossos sonhos??

Estes dados nos trazem uma realidade que poucos tem conhecimento. A falta de objetivos e metas claras, podem comprometer o equilíbrio pessoal e a produtividade diária e até mesmo, toda a trajetória de uma vida. 

Mas de fato, como definir objetivos e metas que tenham como base um mindset vencedor, conectado com a missão de vida, trazendo equilíbrio e produtividade?

Para conquistar o equilíbrio e construir a melhor performance na vida pessoal e profissional, algumas  atitudes são necessárias. Dentre elas ter/descrever seus objetivos de forma clara, coerente e conveniente, estabelecendo estratégias e caminhos para alcançar os resultados esperados. Reflita sobre os pontos fortes e as competências, quais somarão às suas estratégias no curto, médio e longo prazo. 

No estabelecimento de suas metas, observe, reflita e escreva sobre os seguintes aspectos de sua vida:

  • Família: Como tem cuidado de sua família? Está satisfeito com o papel que desempenha? O que pode ser feito diferente? Quais são os objetivos para com a família para o próximo ano? Para os próximos 5, 10, 15 anos? 
     

  •  Trabalho: Sente-se feliz com seu trabalho? Ele está conectado com a sua missão de vida? Quais ganhos está obtendo? O que é possível fazer diferente? Quais são seus objetivos para com o trabalho para o próximo ano? Para os próximos 5, 10, 15 anos?
     

  • Vida: No processo de reflexão sobre a vida deve-se considerar uma abordagem que envolva o estado físico, o emocional, o mental e a espiritualidade. 
     

  • Físico: Como tem cuidado do seu corpo? Pratica atividades físicas regularmente? Realiza exames médicos periódicos e/ou preventivos? E para o futuro, que objetivos tem para seu corpo? Como deseja estar fisicamente?
     

  • Emocional: Quanto tempo do seu dia dedica as pessoas que ama? Quantas pessoas você faz sorrir por dia? Pratica o bem para com os outros? Pratica a caridade? E seu hobby, tem dedicado tempo a ele? E para o futuro, que objetivos tem para desfrutar do equilíbrio emocional? 
     

  • Mental: Pratica a leitura? Quantos livros leu no último mês? E no último ano? Tem buscado aperfeiçoamento e formações? Quantas realizou no último mês, no último ano? Quais são seus objetivos para com a mente para o próximo ano? Para os próximos 5, 10, 15 anos? 
     

  • Espiritualidade: Tem costume de orar? Pratica meditação? Tem buscado equilíbrio espiritual? Quanto tempo de seu dia dedica ao cuidado espiritual? Quais são seus objetivos para com a espiritualidade para o próximo ano? Para os próximos 5, 10, 15 anos?

Realizar de forma consciente o processo de reflexão sugerido anteriormente, alicerçando-o através da materialização das  metas e estratégias, lhe proporcionarão subsídios concretos para construir um mindset vencedor.

Analogia do “Caminho para a Roça”

Na minha infância, devido às condições financeiras da época, possuíamos uma carroça puxado por cavalos, que era usada com moderação. No início da safra, eu e meus pais íamos caminhando porque era necessário refazer o “caminho da roça”. A locomoção escolhida era o “gipé” ...rsrs… No início da safra, devido ao período de não utilização do caminho, era necessário refazê-lo pois o mato tinha crescido. Para refazer o caminho usávamos facão ou foice, cortando ou dobrando o mato. De manhã abríamos o caminho, e nos primeiros dias, era necessário refazê-lo no final do dia, porém agora o esforço menor. Na manhã do dia seguinte, o mato havia voltado a fechar parcialmente o caminho, sendo necessário refazê-lo, mas com um menor esforço do que na manhã anterior. E assim sucessivamente por algumas vezes até formar o “carreiro”. Depois de formar um caminho mais consistente poderíamos por fim utilizar a carroça, diminuindo assim o esforço físico.

Õkãpomaɨ | A defesa da Terra Indígena Yanomami
Assim é, na construção de nossos objetivos e metas, na construção do planejamento de vida. Faz-se necessário construir um caminho mental, estruturando-o e materializando de maneira coerente com a missão de vida e consistente conforme os princípios e valores. A construção é cíclica e contínua, com constantes aperfeiçoamento, alterando as ferramentas quando necessário. Pode ser difícil no início, mas com persistência, determinação e foco o resultado positivo será construído.

A colheita de bons resultados depende da eficiência na utilização do tempo combinado as ferramentas e ao aperfeiçoamento contínuo.

  • Plante em base sólida!
  • Monitore o crescimento! 
  • Potencialize sua produtividade!
  • Desfrute de uma vida Plena!

Luiz Augusto Burei | Rosecleia Burei Presa

Equipe Agroburei Agribusiness

Novos Negócios

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você