[ editar artigo]

Oportunidades 2021: tendências e negócios para ficar de olho

Oportunidades 2021: tendências e negócios para ficar de olho

Quer saber quais negócios e tendências de negócios são promissores para apostar em 2021? Se liga neste artigo, fique por dentro de números e fatos que chamarão a sua atenção.

Visto o cenário político e econômico atual, extremamente afetado pela COVID-19, além das incertezas sobre a vacina no Brasil, é importante ressaltar que os negócios aqui apresentados são destaque dentro do contexto atual.

Se você ainda não tem negócio, pode estar se perguntando, mas vale a pena abrir um negócio em 2021 mesmo com crise? Não existe receita de bolo para esta pergunta, mas a certeza de que crises também geram oportunidades, foque nelas.

Experiência do Cliente

Segundo pesquisa realizada por Procon/FGV (2012), preço alto demais corresponde a apenas 9% do porquê empresas perdem clientes e, acredite, má qualidade no atendimento representa 68%. Reflita sobre isso!

Seja qual for o seu negócio, mesmo que você seja dos setores de agronegócios, comércio ou indústria, a prestação de serviços sempre estará em foco e intrínseca, principalmente quando se fala na Experiência do Cliente.

Seus clientes apreciam os benefícios da automatização e as facilidades do digital, mas, cada vez mais, desejam também um atendimento mais humanizado e personalizado.

Clientes que procuram sua empresa por preço, pelo mesmo motivo vão embora. Conquiste seus clientes pelo valor agregado que seu negócio oferece, trabalhe a jornada do cliente para surpreendê-lo do início ao fim, no online e no offline.

Quando fala-se em jornada, entenda desde quando ele procura saber sobre seus produtos/serviços na internet ou com ex-clientes, envia whatsapp para tirar dúvidas, conversa com sua equipe de vendas, até comprar efetivamente e receber contato de pós venda.

Tecnologia e Digitalização

A pandemia acelerou o processo de utilização de tecnologia e de digitalização dos negócios, com mudanças muito além da utilização de redes sociais para relacionar e vender.

Falo de big data, internet das coisas, inteligência artificial, entre outros, que afetam diretamente no comportamento das pessoas, estruturas e culturas organizacionais e, especialmente, a forma de fazer e gerir negócios. 

O distanciamento social provocou o avanço do uso das tecnologias nos negócios, fica nítido isso quando olhamos aumento da utilização de sistemas de delivery, home office, meios de pagamentos digitais, aplicativos de marketing digital, etc.

E-commerce

Pesquisa da E-Bit Nielsen aponta que somente no primeiro semestre de 2020 o setor teve 47% de aumento. Além disso, estima-se que 13% dos brasileiros comprou pela primeira vez na internet em 2020.  

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), estima-se que as vendas online gerarão um volume financeiro de R$106 bilhões, um crescimento de 18% sobre o ano anterior.

Startups e Inovações Desruptivas

Produtos e serviços que quebram paradigmas, transformam e redefinem a forma de fazer negócios continuarão em alta. Assim foi quando surgiram empresas como Uber, iFood, Bancos Digitais, Airbnb, Netflix, entre outras. Mas, por quê?

Porque as pessoas continuarão a buscar simplicidade, conveniência e acessibilidade para desempenhar suas tarefas diárias, seja na vida pessoal ou na vida profissional.

Games

Segundo a Newzoo, empresa de consultoria especializada em game, o setor cresce uma média anual de 10%, teve uma receita anual de US$148 bilhões em 2019, além de contar com mais de 2,4bilhões de jogadores globais. 

Por conta da pandemia com as pessoas em isolamento, este mercado tende a ganhar mais adeptos para este tipo de entretenimento.

Mercado Pet

De acordo com o Instituto Pet Brasil o setor de serviços e produtos para animais domésticos deve crescer 6,07% em 2020, apesar da crise gerada pela pandemia, a expectativa é que o mercado pet fature R$40 bilhões.

Estima-se que o Brasil tenha cerca de 139,3 bilhões de pet, número muito superior ao de crianças nos lares brasileiros (IBGE 2018 apontou 35,5 milhões de pessoas até 12 anos). Mercado pet brasileiro é o segundo maior do mundo.

Alimentação Saudável

De acordo com dados de 2018 do Ministério da Saúde do Brasil, a saúde do brasileiro tem números que impressionam: 55,7% da população adulta do país apresenta excesso de peso e 19,8% está obesa. Outro dado alarmante é que 7,7% da população adulta possui diabetes e 24,7%, hipertensão.

Segundo pesquisa da Euromonitor este mercado movimenta em média US$35 bilhões ao ano no Brasil, além disso, nosso país figura em quarto lugar no mundo em vendas neste mercado. A pesquisa aponta também que o setor já corresponde a 20% do mercado de alimentos, com uma expectativa de que esse valor seja mais alto nos próximos levantamentos.

Economia Circular

Excelente estratégia de consumo consciente e sustentável. Algo que não se trata mais de uma filosofia de vida, mas sim uma necessidade gritante para melhor utilizarmos os recursos naturais do planeta.

É válido ressaltar que não se trata de algo exclusivo para a indústria, a título de exemplo, no mundo da moda a economia circular vem crescendo e sendo bem aceito no mercado.

Esta é uma excelente oportunidade para consumidores que tiveram seu poder aquisitivo reduzido, visto ser um processo natural a adoção de estratégias para reduzirem os gastos e equalizar suas finanças pessoais, sem abrir mão de comprar.

Ensino Online

De acordo com a Associação Brasileira de Educação a Distância, até 2023 haverá mais alunos matriculados em cursos EAD do que em cursos presenciais.

A pandemia "forçou" muitas instituições de ensino e alunos a terem que utilizar de forma mais ampla e intensa o ensino a distância, inclusive quebrando paradigmas de quem era contra esta modalidade de ensino.

Esta modalidade de ensino oferece muitas vantagens como acessar cursos do mundo inteiro, não gera gastos de deslocamentos, geralmente possui horários flexíveis e a preços mais acessíveis, ou seja, muitas vantagens valorizadas pelos clientes.
 

Existem outras tendências e negócios para ficar de olho e apostar em 2021? Com certeza, coloquei aqui apenas aquilo que me chamou a atenção nas pesquisas que realizei nestes últimos dias. O importante é pesquisar, estudar, comparar e investir de forma planejada e correr riscos de forma calculada.


O mercado é dinâmico e o cenário ainda muito incerto por conta da pandemia, além da expectativa da eficácia da vacina. Então, fique atento e de olho nas oportunidades e tendências que surgirem no caminho.

Desejo a você bons negócios e um 2021 de muita prosperidade em seus projetos!

Rafael Souza 

Novos Negócios

Comunidade Sebrae
Rafael Souza
Rafael Souza Seguir

Consultor de Negócios e Palestrante do Sebrae-SP, Empreteco, Agente Local de Inovação, formado em TI, especialista em Gestão de Pessoas e em Gestão Estratégica de Negócios. Apaixonado por empreendedorismo e admirador de empreendedores!

Ler conteúdo completo
Indicados para você