[ editar artigo]

DIA INTERNACIONAL DA MULHER EMPREENDEDORA

DIA INTERNACIONAL DA MULHER EMPREENDEDORA

Atualmente mulheres recebem menos do que homens para exercer o mesmo trabalho e ainda tem jornada dupla por conta dos afazeres domésticos, geralmente uma mulher trabalha 12 horas a mais por mês que um colega de profissão e recebe cerca de 76,5% menos. Mas não é só essa barreira que as mulheres enfrentam: assédios, desigualdade de direitos e falta de reconhecimento fazem esse cenário ser ainda pior.

Hoje é o dia internacional da Mulher e para buscar o significado real deste dia queremos lembrar que as mulheres também têm seu espaço no comércio e que com ele, podem chegar cada vez mais longe. A partir desses dados, podemos constatar que as mulheres fazem acontecer e geram economia para o nosso país!

Não é de hoje que acompanhamos mulheres que, sozinhas, sustentam seus lares e que muitas vezes o empreendedorismo faz parte desse grande feito. Recentemente foi premiado na maior festa do cinema, o Oscar, um documentário de curta metragem que consegue explicar bem como mulheres podem mudar suas vidas com o comércio: o Absorvendo Tabu (disponível na Netflix). Ele conta a história de um vilarejo indiano onde as mulheres passam a produzir absorventes com uma máquina caseira, vender e consequentemente conquistar seus sonhos! (#ficaadica de programação de filme para o final de semana).E dados do final de 2017 apontam que somos em 5,693 milhões de mulheres empreendedoras, que arregaçam as mangas para alcançar seus objetivos, dessas, 79% possuem curso superior e em comparação a população masculina empreendedora, 40% mais jovens e 33% desse total trabalham no comércio. Isso considerando que apenas em 1962 as mulheres puderam ter seu próprio CPF e conta em banco, apenas 55 anos atrás.

Empreender também é coisa de mulher, seja na área comercial ou não, por isso a mensagem que fica é que nós podemos ter o nosso papel de destaque no meio empreendedor, principalmente bem informadas e com objetivos pré-estabelecidos conseguimos ir longe e que fortalecer o empreendedorismo feminino, torna o mundo mais justo - e rico - e amplia as expectativas para o futuro das nossas meninas.


Referências

https://exame.abril.com.br/brasil/mulheres-trabalham-73-a-mais-do-que-homens-em-tarefas-domesticas/

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/20234-mulher-estuda-mais-trabalha-mais-e-ganha-menos-do-que-o-homem

https://exame.abril.com.br/negocios/o-cenario-do-empreendedorismo-feminino-no-brasil/

Comunidade Sebrae
Pamella Biernaski
Pamella Biernaski Seguir

Colunista Rede Home para comunidade Sebrae

Ler matéria completa
Indicados para você