[ editar artigo]

Big Data​: Entenda a importância na atualidade

Big Data​: Entenda a importância na atualidade

 

Você sabe qual a importância do Big Data na atualidade? Se você tem uma grande quantidade de dados armazenados, seja em alguma plataforma ou servidor de empresa, e quer usar essas informações de forma inteligente, o Big Data pode ser a melhor alternativa. Com um conjunto de tecnologias para capturar, modelar e organizar esses dados, é possível obter informações valiosas que podem gerar lucro para uma companhia, aumentando sua rentabilização e auxiliando em suas tomadas de decisões. Portanto, o Big Data pode ser entendido como uma evolução do que já existe na computação e estatística.

 

O Big Data:

O Big Data, apesar de ser um termo novo (publicado oficialmente somente em 2005, no artigo “What is a Web 2.0”, por Roger Mougalas) vem ganhando grande notoriedade dentro da área de tecnologia da informação, visto que sua aplicabilidade é diversificada, podendo desde a criação de campanhas publicitárias com grande engajamento, até a prevenção de surtos de saúde. Você provavelmente já se deparou com uma sugestão de amizade no Facebook de um colega que você estudou anos atrás e não tem mais nenhum contato. Isso é o resultado das informações disponibilizadas pelo Big Data.

 

Facebook e Target: Inteligencia analítica com o Big Data

Segundo dados publicados pelo Facebook, no inicio de 2019 a companhia detém mais de 2,3 bilhões de usuários diários (aproximadamente 29% da população mundial), que realizam diversas ações que resultam em dados para análise do Big Data. Essas ações vão desde curtidas, até checkins e publicações de fotos, que requer uma capacidade de processamento de todos esses dados; através de todas as informações que disponibilizamos para a rede social, e com a tecnologia e inteligência do Big Data, o Facebook sabe quais são nossos amigos de infância, onde provavelmente estamos e com quem. Com a junção dessas informações, com nossos dados de interesse (páginas de curtimos; interesse em series; filmes etc.), o Facebook 1 provavelmente nos conhece mais do que nossa própria mãe. A rede de varejo Target por sua vez utiliza seu histórico de vendas e característica dos clientes e futuros consumidores ao seu favor. A companhia que hoje é uma das maiores varejistas dos Estados Unidos, recentemente descobriu que uma cliente - adolescente - estava gravida, antes mesmo de seu pai. O fato ocorreu pois a equipe de Big Data da Target notou que existe um padrão de consumo para as gravidas (loções sem essência, sabonetes sem cheiro específico, além de suplementos alimentares como cálcio, magnésio e zinco) logo, com essa cesta bem definida, a equipe conseguia estimar a probabilidade de gravidez (de 0 a 100%) e, inclusive, o estágio da gravidez que a mulher se encontrava (em semanas). Hoje com mais de US$73 bilhões de receita por ano, a Target utiliza os padrões de consumo de seus clientes para melhorar seu resultado financeiro.

 

 

Importância do Big Data no Marketing

A junção das informações obtidas do Big Data com o Marketing de vendas vem se mostrando promissor a cada dia que passa. Através das informações colhidas, organizadas e modeladas de seus clientes em potencial, empresas conseguem montar estratégias baseadas em um padrão desses consumidores, e desta maneira podendo assim identificar qual é a persona e seu público alvo. Além das informações obtidas para aumentar a base de consumidores, essa também pode utilizar informações do Big Data para analisar a experiencia de compra de seus clientes. Portanto, entendemos que, toda decisão baseada em dados é extremamente mais efetiva para qualquer companhia.

 

Mercado de trabalho e profissões do futuro: BI (Business Intelligence), o cientista de dados e o Analytics

Empresas cada vez mais tem interesse nas informações valiosas que podem ser extraídas no Big Data, e em decorrência disso surgiu um mercado de trabalho para profissionais que atuam exclusivamente nisso, como por exemplo o BI (Business Intelligence), o cientista de dados e o Analytics. O BI é o primeiro profissional a ter contato com os dados coletados nos servidores. Ele é o responsável pela coleta e organização dessas informações, até a transformação e a disponibilização deles para os 2 cientistas de dados. O cientista de dados é o responsável por gerar lucro para a empresa. Com as informações disponibilizadas pelo BI, ele trabalha em busca de criar estratégias para entender o cliente e quais são as suas necessidades, e por consequência permitindo a chegada na hora certa com a medida ideal do produto ou serviço que o seu consumidor precisa. Devido a rentabilidade proporcionada para a empresa, esse tipo de profissional é extremamente valorizado no mercado de trabalho. Ainda existe o Analytics, um profissional de estatística aplicada, que apesar de entender toda a teoria que compõe o Big Data, não atua diretamente com a programação e criação de estratégias, mas somente na pilotagem e desenvolvimento de modelos e extrações de informações através de softwares prontos, desta maneira refinando as informações já disponibilizadas pelo BI. Apesar de diferentes frentes de atuação desses três profissionais, é importante esclarecer que eles atuam de forma conjunta e complementar, buscando o mesmo objetivo e sendo dependentes uns dos outros.

 

Conclusão:

Com a imensidão de dados coletados no decorrer do tempo por empresas e plataformas em seus servidores, em conjunto com uma necessidade de lucro e rentabilização nasceu o Big Data, sendo hoje um importante meio de atuação em diversos setores do mercado de trabalho. Embora fique claro que a tecnologia do Big Data é uma tendencia de lucro para as empresas, ainda é um processo em fase teste, portanto BIG DATA não se trata apenas de dados, mas também de pessoas, tudo é evolução nesse meio. Cabe citar também que no Brasil a tecnologia não vem sendo muito bem administrada pelo mercado competitivo, muito mais ainda será explorado na área, e cada vez mais empreendedores tem insights sobre o tema.

Enfim, agora que você já sabe a importância no Big data no mercado de trabalho, é possível concluir que, independente da área de atuação, ele pode fazer toda a diferença!

Tecnologia e Negócios Digitais

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você