[ editar artigo]

Como o Pix pode impactar os Negócios Digitais

Como o Pix pode impactar os Negócios Digitais

Provavelmente você já recebeu uma notificação no seu e-mail ou entrou no aplicativo digital da sua instituição bancária, e se deparou com uma mensagem solicitando o seu cadastro da chave Pix. Mas afinal, como funciona esse tal de Pix, mesmo? 

O Pix nada mais é do que um sistema de pagamento do Banco Central do Brasil que entra em vigor no mês de novembro, e vêm mudando a realidade de muitas pessoas, seja elas físicas, jurídicas e empresas de pequeno, médio ou grande porte — por meio das transações fáceis e instantâneas que esse método de pagamento permite. 

Diferente das transferências realizadas por TED ou DOC que levam até 48 horas para o pagamento ser processado e ainda consiste em cobranças de taxas. O objetivo do Pix, é facilitar as transferências sem cobranças, e a partir de então, executa-las com mais praticidade em tempo real ou quase real. 

Impactos do pagamento instantâneo

Essa novidade mudou o cenário dos negócios e pode não só criar uma competição ainda mais acirrada entre os concorrentes do mercado financeiro, como também é uma porta de entrada para as empresas de todos os portes e nichos, utilizarem o recurso para impactar positivamente no fluxo de caixa. 

Além dos benefícios que eu citei acima, as empresas que utilizarem o Pix como uma das opções de pagamentos, poderão se destacar com mais facilidade para impactar o consumidor final. 

Os dados mostram que as vendas na internet cresceram aproximadamente 47%, e claro, esse impulsionamento ocorreu com a chegada da covid-19 que incentivou os consumidores a comprarem virtualmente, estabelecendo um novo hábito de consumo que poderá permanecer depois da crise.

Vantagens do pagamento instantâneo para pequenas e grandes empresas

Atendendo às exigências do consumidor: Existe uma grande oportunidade para as marcas se destacarem para além da comodidade e rapidez com a qualidade que o pagamento através do Pix oferece.

Por exemplo: Com o pix, o cliente poderá efetuar o pagamento por QR code e não precisará esperar 2 ou 3 dias para obter a confirmação do seu pagamento. Isso significa, que se o processamento do pagamento é instantâneo, a empresa poderá proporcionar ao cliente um prazo menor de entrega do produto/serviço solicitado.  

Os consumidores reconhecem cada vez mais os esforços e custos especiais das logísticas para conseguirem uma entrega em um curto período de tempo. 

Segurança: No mês de março com a chegada da pandemia e a expansão das lojas online no Brasil, as tentativas de fraudes tiveram a maior taxa com 3,99%. Ou seja, a cada 100 compras feitas no Brasil, quatro tiveram origem fraudulenta - pesquisa realizada pela Konduto.

Pensando nisso, vale destacar que as informações dadas pelos usuários ao cadastrar o PIX, serão totalmente armazenadas pela Central do Banco do Brasil e estarão sob a proteção da LGPD (Lei de Proteção de Dados), dificultando as manifestações de fraudes. 

Acabando com o Carrinho Abandonado:  Uma das principais preocupações das lojas virtuais é o planejamento de estratégias para recuperar usuários que emitem boletos mas que, por algum motivo, desistem da compra. Uma estratégia bem definida tem potencialidade de resgatar esses clientes, porém, melhor ainda se o carrinho abandonado não existisse, não é mesmo?

Com o Pix, isso está muito mais próximo de acontecer. 

Conclusão:

Se você leu esse artigo até o final assim como eu, está convencido de que esse novo método de pagamento veio para revolucionar as transações financeiras e o mundo dos negócios. 

Se as pessoas têm buscado um mundo ideal para entrar no mercado e estabelecer diretrizes para criar visibilidade online e ter sucesso nas vendas. Essa hora é agora!

E você, o que acha sobre o assunto? Conte sua opinião aqui embaixo :)

Tecnologia e Negócios Digitais

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você