[ editar artigo]

O que é Scrum?

O que é Scrum?

 

Você já deve ter ouvido falar em Scrum mas, você sabe o que é?

Durante a década de 90 as empresas de Tecnologia da Informação (T.I.) passaram por grandes desafios em seus processos de desenvolvimento e entrega de sistemas de software, devido as dificuldades na gestão de seus projetos.

O modelo em Cascata (do inglês: Waterfall Model)  – amplamente utilizado para gerenciamento de projetos em geral - é um modelo de desenvolvimento de software sequencial no qual o processo é visto como um fluir constante para frente (como uma cascata) através das fases de análise de requisitos, projeto, implementação, testes (validação), integração, e manutenção de software.

O método Waterfall (Cascata) foi considerado burocrático, lento e engessado por alguns engenheiros de software. Esta visão levou ao desenvolvimento de métodos ágeis e iterativos.

Os métodos ágeis iniciais – criados a priore em 2000 – incluíam Scrum, Crystal Clear, XP (Programação Extrema), ASD (Desenvolvimento de Software Adaptativo), FDD (Desenvolvimento Dirigido por Funcionalidades) e DSDM (Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Dinâmicos).

Em 2001 nasceu o Manifesto Ágil, quando 17 críticos de desenvolvimento de software se reuniram e definiram o termo Metodologia Ágil para definir os métodos que estavam surgindo com o uma alternativa às metodologias formais.

E o Scrum?

Inicialmente o Scrum foi criado como um etilo de gerenciamento de produtos em empresas de fabricação de automóveis e produtos de consumo. Os criadores notaram que projetos usando equipes pequenas e multidisciplinares produziram os melhores resultados; associaram estas equipes altamente eficazes à formação do Scrum do Rugby.

A partir daí seus criadores conceberam, documentaram e implementaram o Scrum em uma empresa de desenvolvimento de software (em 1993) incorporando os estilos de gerenciamento observados anteriormente.

Em 1995, Ken Schwaber e Jeff Sutherland (considerados os pais do Scrum) fizeram a primeira co-apresentação do Scrum. Esta apresentação essencialmente documentou o aprendizado que Ken e Jeff tiveram ao longo dos anos anteriores na aplicação do Scrum e ajudaram a implantá-lo no desenvolvimento de softwares em todo o mundo.

Scrum é aplicado somente para desenvolvimento de software?

Scrum, segundo THE SCRUM GUIDE, é um framework para desenvolver, entregar e manter produtos complexos (não somente software).

Então Scrum não é uma metodologia, é um framework, que faz parte da metodologia ágil e pode ser usado para desenvolver softwares, hardwares, veículos autônomos, nas escolas, nos governos, no marketing, no gerenciamento de funcionalidades de organizações e em quase tudo que usamos em nosso dia a dia.

O Scrum provou ser especialmente efetivo na transferência de conhecimento iterativa e incremental. O Scrum agora é amplamente usado para produtos, serviços e gerenciamento de matrizes de empresas.

Ele pode ser aplicado não somente na área de T.I. mas também em outras áreas como comercial e vendas, marketing, financeiro, desenvolvimento e projetos, etc.

Um pouco mais...

Metodologias Ágeis de desenvolvimento de software são iterativas, ou seja, o trabalho é dividido em iterações, que são chamadas de Sprints no caso do Scrum. O Sprint representa um Time Box (usualmente de 2 a 4 semanas, não sendo mais do que 30 dias) no qual um conjunto de atividades devem ser executadas.

As funcionalidades a serem implementadas em um projeto são mantidas em uma lista que é conhecida como Product Backlog. No início de cada Sprint, faz-se uma cerimônia Sprint Planning, ou seja, uma reunião de planejamento na qual o Product Owner prioriza os itens do Product Backlog e a equipe seleciona as atividades que ela será capaz de implementar durante o Sprint que se inicia. As tarefas alocadas em um Sprint são transferidas do Product Backlog para o Sprint Backlog.

A cada dia de uma Sprint, a equipe faz uma breve reunião (de no máximo 15 minutos), chamada Daily Scrum. O objetivo é disseminar conhecimento sobre o que foi feito no dia anterior, identificar impedimentos e priorizar o trabalho do dia que se inicia.

Ao final de um Sprint, a equipe apresenta as funcionalidades implementadas em uma Sprint Review. Finalmente, faz-se uma Sprint Retrospective e a equipe parte para o planejamento do próximo Sprint.

Assim reinicia-se o ciclo.

Jean Pedrozo é CertiProf Scrum Foundation Certificate e entusiasta do framework Scrum e metodologias Ágeis.

CEO da DUNAMIS Gestão Tecnológica atuando no mercado de Tecnologia na área de Gerenciamento de Projetos de TI, soluções inteligentes em sistemas, consultoria, gerenciamento de servidores, administração de banco de dados, infra estrutura e redes.

 

https://bit.ly/LinkdIn-JeanPedrozo

 

Tecnologia e Negócios Digitais

Comunidade Sebrae
Jean PEDROZO
Jean PEDROZO Seguir

CEO da DUNAMIS Gestão Tecnológica atuando no mercado de Tecnologia na área de Gerenciamento de Projetos de TI, soluções inteligentes em sistemas, consultoria, gerenciamento de servidores, administração de banco de dados, infra estrutura e redes.

Ler conteúdo completo
Indicados para você