[ editar artigo]

TENDÊNCIAS DE MERCADO PARA UM MUNDO DIGITAL E PÓS-PANDÊMICO | Guia de Tendências 2020-21

TENDÊNCIAS DE MERCADO PARA UM MUNDO DIGITAL E PÓS-PANDÊMICO | Guia de Tendências 2020-21

A pandemia do Coronavírus fragilizou o mundo, impactando não apenas nossas vidas pessoais como também nossos negócios. Os empreendedores mais antenados, porém, logo passaram a acompanhar as novas relações que estão se estabelecendo no mercado a partir de agora. Pensando nisso, o Sebrae lançou recentemente o Guia de Tendências 2020-21: Sociedade e Consumo em Tempos de Pandemia, que traz uma série de informações sobre as novas mentalidades de consumo e novas configurações laborais, durante e pós-pandemia. 

 

Embora o Guia seja de extrema importância para que você, empreendedor, possa compreender melhor sobre o novo cenário global, sabemos que ainda assim "um exemplo pode valer mais que mil palavras”, não é mesmo? Por isso agora trazemos este artigo, que contém diversos exemplos de iniciativas no seu setor que estão captando muito bem o atual Zeitgeist¹ e as novas tendências de mercado!

 

O cenário econômico para os negócios digitais e tecnológicos não parece dos melhores para 2020. Contudo, apesar de todos os prejuízos causados pela pandemia, as novas configurações da sociedade que partem deste marco histórico podem significar a abertura de muitas portas para o setor. Tanto população quanto mercado (e até governo) compreenderam que depender unicamente de estruturas físicas não é uma alternativa inteligente quando já temos tantos recursos virtuais à disposição — não à toa, já em 2014 o Marco Civil da Internet definiu o acesso à rede como "essencial ao exercício da cidadania no Brasil". E isso pode ser percebido em todas as alternativas que temos adotado em massa para contornar os empecilhos do distanciamento social atualmente: reuniões por vídeo-chamadas, armazenamento e compartilhamento de arquivos em nuvem, compras ou transações online, e até mesmo soluções mais estruturais, como a telemedicina. Essas e diversas outras experiências do cotidiano, que antes pareciam essencialmente do mundo analógico, agora são vividas remotamente sem grandes problemas (aos que tem acesso, claro).

 

A cidade de Las Vegas (EUA), por exemplo, está investindo fortemente em infraestrutura de conexão por todo o seu território. Através da tecnologia 5G, a cidade planeja criar sua própria rede móvel privada, com capacidade para suportar até 1 milhão de dispositivos em um quilômetro quadrado. Como as tecnologias de ponta que serão adotadas no projeto reduzem significativamente o tempo de processamento das informações, os planos mais ambiciosos da cidade incluem ruas inteligentes, capazes de se comunicar com carros e alertá-los antecipadamente sobre desvios, acidentes ou mesmo ambulâncias que precisarão passar pelo local. Tendo o projeto implantado, a cidade certamente poderá ser enquadrada na categoria de "smart cities" (cidades inteligentes), tendência dos grandes centros urbanos para as próximas décadas.

 

Falando em informações ágeis e inteligentes, e considerando agora o cenário da pandemia, algumas soluções mais simples já podem ser de grande ajuda nas cidades, como é o caso do SODAR. O aplicativo desenvolveu uma ferramenta de realidade aumentada capaz de mapear o espaço ao redor do usuário, sinalizando a distância segura que ele deve tomar em relação a outras pessoas ou lugares de risco. O recurso oferecido pelo app é simplório, mas efetivo: uma câmera exibe o espaço ao redor do usuário e sobrepõe o chão com um círculo, de raio de dois metros desde a localização do usuário, de modo que ele consiga visualizar com mais precisão a distância ideal. 

 

Fonte: The Verge

 

Não diferente, a plataforma Q também soluciona questões da pandemia de maneira relativamente simples. Para ajudar o público italiano a evitar multidões durante o período de distanciamento, o site (que também pode ser acessado por celulares) indica os mercados mais próximos dos usuários, exibindo junto o tempo médio de filas em cada um. Para que a plataforma se mantenha em funcionamento, porém, é necessário que os usuários atualizem informações sobre suas experiências nos mercados constantemente. Isto é, o tempo médio de filas é construído de acordo com informações cedidas pelo próprio público, tornando a rede de informações essencialmente colaborativa. 

 

Outra plataforma colaborativa, também criada a partir das dificuldades originadas pela pandemia, é a Precisamos. Nela, os usuários podem visualizar um mapa do Brasil que indica localizações de pessoas que precisam de ajuda e de pessoas que podem ajudar. Disponibilizadas em tempo real, as informações ainda podem ser filtradas por categorias como alimentos perecíveis, cuidados pessoais, reparos ou costura, informática, entregas, cuidados com pets, entre outras. Além de estruturar uma rede de apoio, a iniciativa unifica informações e consegue oferecer uma maneira mais segura e direta de conectar as pessoas.

 

De volta aos EUA, a cadeia de varejo Kohl fez parceria com o Snapchat e agora está oferecendo armários virtuais ao público. Durante a pandemia, a varejista americana notou a dificuldade de vendas devido às restrições sanitárias. Foi então que teve a brilhante ideia de levar as roupas para o universo digital, possibilitando que os usuários experimentassem suas peças sem precisar sair de casa. Acessado através do Snapchat, o recurso pode ser utilizado gratuitamente, e para os que gostarem das peças experimentadas de modo virtual, é possível ainda realizar compras das peças reais sem sequer sair do aplicativo.

 

Fonte: AdWeek

 

Com as novas possibilidades de trabalho e resoluções cotidianas de forma remota, é possível que as pessoas passem mais tempo em suas casas de agora em diante. A partir disso, surgem novas relações com os ambientes residenciais, e claro, novas demandas — como por exemplo o home office, modalidade em que boa parte da população do mundo se viu obrigada a adotar repentinamente, graças às recomendações de quarentena.  Desse modo, produtos que auxiliem as pessoas a lidar com estas novas necessidades ganham ainda mais espaço, como é o caso dos headphones Bose Noise Canceling 700. O produto foi projetado para cancelar ruídos externos, e por isso pode ser de grande utilidade para quem está tendo dificuldades de encontrar lugares tranquilos e silenciosos para trabalhar neste cenário. Apesar dos headphones trazerem novas tecnologias de som, talvez sua inovação mais interessante esteja em sua campanha de divulgação: a fabricante Bose, junto com a Wunderman Thompson, criaram juntas o Noise-O-Meter, um site que mede os níveis de ruído do ambiente onde o usuário se encontra, convertendo os decibéis em pontuações para desconto na aquisição do produto. Quanto mais barulhento o ambiente, mais prejudicado o usuário está, e por isso, maior o direito de desconto.

 

De soluções simples a grandes estruturas, com os exemplos acima é possível reparar na pertinência dos recursos digitais para o mundo contemporâneo — especialmente a partir de agora. A pandemia pode não durar para sempre (ufa!), mas as novas ideias e hábitos surgentes desta fase certamente modificam as rotas do mundo e marcam o início de um novo capítulo em sua história. É importante ressaltar, porém, que as possibilidades não se limitam aos exemplos trazidos neste artigo: há demandas para praticamente todas as áreas, como saúde, educação, política, entretenimento, e muito mais. Por isso, por mais difíceis que as coisas pareçam no momento, é hora de largar mão de imediatismos e focar no cenário a longo prazo (de um futuro muito próximo, aliás), onde o setor digital será ainda mais essencial do que já é.

 

Diante disso, você empreendedor, o que tem feito para aproveitar a oportunidade e se conectar às novas necessidades do público? Como a sua empresa pode ser útil para as pessoas ou para o mercado neste período de transição?

Para mais ideias inspiradoras, confira o nosso Guia de Tendências 2020-21: Sociedade e Consumo em Tempos de Pandemia!
___

¹ Zeitgeist: 'Espírito do Tempo', em alemão. Conceito difundido pelo filósofo Hegel no séc. XVI para se referir à cultura específica de uma época.

Tecnologia e Negócios Digitais

Comunidade Sebrae
Mauricio Reck
Mauricio Reck Seguir

Consultor de Inovação no Sebrae/PR & CEO na UNA Smart!

Ler conteúdo completo
Indicados para você