[ editar artigo]

Tendências para o desenvolvimento de Apps para 2021

Tendências para o desenvolvimento de Apps para 2021

O consumo de tecnologias e aplicativos móveis apresenta números que crescem ano após ano. Em 2021 a tendência também é de crescimento e tem como principais fatores para desenvolvimento a chegada do 5G, que hoje já é uma realidade, além da computação de borda. Esses dois conceitos serão pilares do desenvolvimento de aplicativos em 2021 e também nos próximos anos.

Antes mesmo de destacar as tecnologias e aplicativos que devem estar em alta a partir de 2021 é importante ressaltar um personagem que influencia todo o desenvolvimento de aplicativos para aparelhos móveis: o smartphone. O número de aparelhos em 2016 era de 2,5 bilhões sendo que até o final de 2021 será possível alcançar quase 4 bilhões de smartphones em todo o mundo. Sendo assim, uma vez que mais usuários estão conectados a smartphones então a demanda por aplicativos também aumenta.

A importância do 5G

O 5G é a quinta geração da conectividade sem fio e dentre as suas promessas de mudanças está à capacidade de alta conectividade e interconectividade que possibilitará integrar diversos recursos móveis, fazer download e upload com velocidades 20 vezes superior ao 4G além de conexões mais estáveis. Além disso, outro importante conceito é a latência do 5G que será inferior a um milissegundo. A latência é o tempo de resposta desde o envio de um dado ou informação até que ele seja percebido, ou seja, é o atraso para que a informação chegue ao destino final.

Com uma latência extremamente baixa, conexões rápidas e estáveis, largura de banda e alta densidade de conexão são vantagens do 5G que fará com que o desenvolvimento de aplicativos faça parte de campos como Internet das Coisas (IoT), Realidade Virtual e Realidade Aumentada. Além disso, a velocidade maior da conexão e a redução da latência serão capazes de diminuir o consumo de bateria dos smartphones.

Computação de borda e o processamento de dados

Uma das tecnologias mais conhecidas da atualidade quando o assunto é armazenamento e processamento de dados é a nuvem. Porém, devido a grande centralização do serviço há problemas relacionados à latência que impede o uso dessa tecnologia juntamente com o 5G.

Dessa forma, uma nova tecnologia de processamento de dados deve tomar conta do mercado nos próximos anos. Essa tecnologia é a computação de borda. Trata-se da evolução que promete trazer a nuvem mais perto do usuário. O resultado disso será a possibilidade de processar dados e solicitar procedimentos computacionais localmente. Em linhas gerais, por meio da computação de borda é possível processar dados de forma mais eficiente, uma vez que uma grande quantidade de dados e informações poderão ser processador perto da fonte. A consequência disso será a redução do consumo de largura de banda da internet e um tráfego mais rápido durante a conexão com os bancos de dados.

Tendências do mercado de aplicativos em 2021

Aplicativo progressivo para web

Umas das tendências no desenvolvimento de aplicativos são os chamados Progressive Web App (PWA) ou simplesmente aplicativo progressivo para web. É um conceito bastante interessante de app, pois ele inicialmente é apenas uma aba no navegador do usuário. De acordo com o engajamento e a interação do usuário essa aba vai tornando-se cada vez mais um aplicativo até que o usuário decida colocar a aplicação na página inicial do navegador. Sendo assim, o conteúdo que antes era uma aba agora passar a adquirir funções que antes eram exclusividades de aplicativos nativos como é o caso de notificações, geolocalização e uso off-line.

A grande vantagem dessa ferramenta é o fato de ela ser híbrida, ou seja, uma mistura de página web e aplicativo. Logo, o engajamento, interação do usuário bem como o desenvolvimento da aplicação sã processos que levam bem menos tempo quando comparado aos aplicativos nativos.

Tecnologias "vestíveis"

As tecnologias vestíveis, do termo em inglês wearable, são todos os dispositivos tecnológicos que podem ser vestidos e utilizados como acessórios pelo usuário. Dentre os principais aparelhos dessa categoria estão os smartwatches e os smartbands. O crescimento dos wearables deve impulsionar bastante o desenvolvimento de aplicativos para esse tipo de tecnologia.

A previsão é de que até 2022 haverá cerca de 1,1 bilhão de tecnologias vestíveis disponíveis no mercado. Dessa forma, o principal desafio será fazer com que sites e aplicativos funcionem tão bem nos vestíveis quanto em desktops e smartphones.

Beacon

Criada pela Apple Inc. a tecnologia Beacon são aparelhos capazes de emitir sinais de rádio bem como notificações através do Bluetooth 4.0. O Beacon possui sua principal aplicação em ambientes fechados com o intuito de oferecer informações a respeito de geolocalização funcionando como um sistema de proximidade.

O Beacon pode ser utilizado, por exemplo, para informar o corredor ou gôndola exata para onde o cliente deve seguir além de oferecer promoções personalizadas e ofertas exclusivas de acordo com o interesse dele. Com uma experiência personalizada para cada usuário essa tecnologia aumenta em 19 vezes as chances de o usuário interagir e escolher um produto ou mercadoria quando ele é oferecido pelo Beacon.

Aplicativos sob demanda

Os aplicativos sob demanda estão cada vez mais populares e não há nada que indique a queda no crescimento deles. Essas aplicações funcionam quase que na forma de serviços terceirizados, ou seja, o usuário interessado irá contratar o serviço ou produto que melhor mais lhe agrada.

Já há inúmeros aplicativos dessa área em atuação como é o caso do Uber e o iFood. Porém, juntamente com o advento de novas tecnologias também devem surgir novas demandas por parte dos usuários. Ou seja, 2021 e anos seguintes devem continuar testemunhando o lançamento de novos aplicativos sob demanda para os mais diferentes tipos de interesses e necessidades.

Bots

Os chatbots, que a princípio pareciam ser apenas uma ferramenta simples de interação com clientes e usuários, estão cada vez mais sendo levados a sério. Por isso, constituem tendências para 2021 em diante. Vale destacar que essa tecnologia inclui tanto aplicativos autônomos de chatbot como integração de chatbots em aplicativo independentes de mensagens.

Até o ano de 2025 a expectativa é de que os chatbots devem formar um mercado global avaliado em US$ 1,25 bilhão. Avanços em áreas como aprendizado de máquina e inteligências artificial serão os principais fatores para deixar os bots cada vez eficientes e práticos.

Aplicativos multiplataforma

Um dos grandes desafios dos desenvolvedores há alguns anos atrás era justamente a criação de aplicações que pudessem rodar tanto no Android como no iOS bem como nos mais variados modelos de aparelhos dessas duas plataformas. Visando eliminar esse tipo de problema já existem tecnologias capazes de criar a aplicação em uma plataforma cruzada, ou seja, um mesmo código irá servir tanto pra iOS como para Android.

Esse tipo de aplicação será uma tendência por motivos óbvios, pois a utilização de uma plataforma cruzada trará vários benefícios: o código será escrito uma única vez economizando tempo e dinheiro; custos de marketing serão reduzidos; será possível reutilizar o mesmo código quantas vezes forem necessárias; além de menos barreiras técnicas para desenvolver a aplicação.

 

Grupo de Tecnologia e Negócios Digitais

Aplicativos de baixo código

Os benefícios da utilização de plataformas cruzadas também devem impactar o aumento no número de aplicativos de baixo código. Esses aplicativos permitem com que as empresas diminuam o tempo de desenvolvimento de uma aplicação além de economizar recursos uma vez que nem todas as empresas possuem grandes recursos financeiros para desenvolver aplicativos complexos.

Portanto, fica evidente que o aumento do número de usuários utilizando smartphones deve influenciar cada vez a forma como são desenvolvidos os aplicativos. Os aplicativos não mais apenas uma fonte de diversão ou passatempo eles agora fazem parte do dia a dia do usuário. Desde a uma compra na internet ou a solicitação de um serviço e passando pelo atendimento de uma empresa, tudo isso pode ser conectado e aperfeiçoado via aplicativos para dispositivos móveis.

Tecnologia e Negócios Digitais

Ler conteúdo completo
Indicados para você