[ editar artigo]

Você adota estratégias que agregam valor à sua marca?

Você adota estratégias que agregam valor à sua marca?

O primeiro passo a ser dado na direção de construir uma marca forte, sem dúvida é registrá-la perante o órgão competente que é o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

O registro da marca garante a propriedade, porém, para que sua marca seja valorizada, é necessário trabalhar elementos subjetivos, para estabelecer uma conexão com o consumidor.

A intenção é que o cliente se identifique e se interesse em consumir a marca e não apenas o produto ou serviço.

Assim, embora no quesito proteção, o registro seja essencial, é preciso traçar estratégias que agreguem valor a sua marca. No entanto, elas precisam estar alinhadas com as estratégias de propriedade intelectual.

Isso porque é preciso analisar eventual interferência em marca ou direito autoral de outras empresas que já estão no mercado.

Esse tipo de situação pode comprometer a imagem da empresa, pois ao interferir em outras marcas registradas, você pode ser obrigado a fazer alterações ou ainda deixar de usar a marca.

É neste sentido que a estratégia utilizada para registrar a marca deve ser entendida como parte da estratégia de marketing.

Como a estratégia certa pode agregar valor à sua marca

Construir algo subjetivo para agregar valor não é tarefa fácil, pois não estamos diante de algo material, mas sim da construção de uma reputação, ou seja, tudo que vem à mente do consumidor ao pensar na marca.

Para que seu público valorize a reputação da sua marca e a escolha entre as demais no mercado, é preciso adotar estratégias inteligentes e que estejam alinhadas ao seu propósito.

 

Confira 5 estratégias que podem agregar valor à sua marca

 

Investir em conhecimento

Buscar constantemente novos conhecimentos sobre seu produto ou serviço, acompanhando a dinâmica do seu nicho de mercado. Investir em conhecimento faz com que você entenda melhor sobre o que é preciso para garantir a qualidade e valorizar seus diferenciais.

Adaptabilidade

Ter capacidade de adaptação rápida da sua estratégia conforme a dinâmica do seu nicho de mercado ou situações imprevistas que podem surgir no meio do caminho. A Pandemia de Covid, foi um exemplo marcante do quanto o nível de adaptabilidade pode salvar um negócio.

Tendências

Monitorar constantemente as tendências do seu nicho, sempre ouvindo o seu cliente. As pessoas gostam de ser ouvidas, por isso, entender a opinião do seu cliente sobre o seu produto ou serviço, é uma estratégia simples, mas eficaz.

Além disso, identificar e antecipar tendências faz com que sua marca saia na frente e conquiste um lugar na mente do seu público.

Posicionamento

Posicionar-se adequadamente nas redes sociais, estabelecendo uma comunicação direta com seu público, interagindo constantemente, divulgando as novidades, sanando dúvidas e incorporando estratégias de inbound marketing.

A diferença do inbound marketing para o marketing tradicional, é adoção de técnicas que facilitam que a sua marca seja encontrada nos motores de busca de Internet.

Em outras palavras, essas técnicas de criação de conteúdo, permitem que o cliente ao realizar buscas na Internet encontre o seu produto, e isso ajuda e muito no posicionamento da marca nas redes sociais.

Conte a história da sua marca

Todos gostamos de ouvir uma boa história, não é mesmo?

Compartilhar a história da sua marca com seu cliente, convidando-o a fazer parte dela, facilita a criação de um vínculo afetivo que transcende a relação de consumo.

A dica extra é amar o que faz, principalmente para os pequenos negócios em que o contato com o público é mais direto.

Quando o cliente percebe que você ama o que faz e nota a sua dedicação genuína, isso certamente o cativa.

Demonstre ao cliente que a sua marca o representa e entende as suas necessidades, cultivando um bom relacionamento.

Sempre que possível, ofereça produtos personalizados e esteja sempre atento aos detalhes que fazem a diferença, essas são formas de fazer com ele passe a consumir a sua marca e não apenas os produtos e serviços.

Lembre-se que as estratégias de marketing não podem estar dissociadas de assessoramento jurídico, para ter certeza de que não haverá interferência no direito de outras empresas, evitando assim possíveis ações judiciais.

Busque sempre profissionais qualificados para acompanhar suas estratégias. Um especialista em propriedade intelectual poderá te orientar sobre eventuais limitações relacionadas à proteção da sua marca.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco! Comente e compartilhe essas informações! Acesse o site: https://www.lummiepi.com/

Sobre as autoras:

Samaira Siqueira, é advogada e doutoranda em propriedade intelectual, iniciou sua carreira atuando com inovação tecnológica e como estagiária em agências e escritórios de renome nas áreas de inovação e propriedade intelectual. Atuou ainda em órgão público na área de transferência de tecnologia. Mestre na área, agora cursa o doutorado profissional. Já ajudou dezenas de empreendedores em questões envolvendo propriedade intelectual. Atualmente sócia da Lummiê PI.

Gabriela B. Maluf é CEO & Founder da Thebesttype, escritora, advogada com 15 anos de experiência, especialista em Compliance Trabalhista, Relações Trabalhistas, Sindicais e Governamentais, Direito Público e Previdenciário, articulista, palestrante com mais de 200 eventos realizados e produtora de conteúdo técnico otimizado em SEO. Atualmente ajuda empresas e profissionais a produzirem conteúdo relevante para seus negócios.

Sua empresa precisa de conteúdo? Acesse o site: http://thebesttype.com.br/ ou LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/gabriela-de-britto-maluf-4b059519/.

 

Tecnologia e Negócios Digitais

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você