[ editar artigo]

7 conceitos fundamentais para iniciar no Marketing de Conteúdo

7 conceitos fundamentais para iniciar no Marketing de Conteúdo

Sabemos que o Marketing deixou de ser uma tendência e passou a ser um segmento indispensável para maioria das empresas, ajudando a ter e manter visibilidade na internet.

Se o objetivo é engajar o seu público alvo e fazer com que sua rede de potenciais clientes cresça através de conteúdo relevantes e valiosos, gerando valor, criando uma ligação positiva e trazendo soluções para sua dor, estamos falando de uma estratégia do Marketing de Conteúdo.

Assim, os negócios repensaram sobre a necessidade de estar na internet e chamar a atenção de seu público alvo, se destacando entre seus concorrentes com estratégias mais modernas, passando a mensagem certa ao público certo quando mais precisa, superando as expectativas e apresentando um conteúdo incrível.

Mas, não podemos esquecer que, mesmo com toda essa mudança acontecendo, em vários segmentos, Marketing de conteúdo, não deixou de ser marketing, focando em objetivos, processos, documentação e mensuração com o propósito de atrair e engajar seu público para gerar negócios.

E quais são esses conceitos que vão me ajudar a gerar resultados?

Para te guiar na implementação desses conceitos no seu negócio, independente, se trabalha a muito tempo com o Marketing de Conteúdo ou se está iniciando agora, baseada em um curso que fiz recentemente com o Rock Content, explicarei cada um desses conceitos e como você pode coloca-los em prática imediatamente. Vem comigo!

1. Planejamento

Aqui, inicialmente, precisamos entender que Marketing de Conteúdo não é apenas conteúdo, é uma estratégia que te impulsiona a gerar conteúdo, atraindo o seu público (Vitor Peçanha – Rock Content).

Para começar seu planejamento temos que responder 3 perguntas:

  • Por que eu estou fazendo Marketing de conteúdo? (Qual o objetivo?);
  • Para quem? (Quem é meu público?);
  • Como? (Quais conteúdo eu irei fazer, quais formatos e quais mídias?).

Dentro desse planejamento precisamos entender 3 tópicos importantes. São eles:

1.1 Objetivo e KPI -key Performance Indicator (Indicador chave de performance)

Você precisa ter um objetivo para iniciar no Marketing de conteúdo e entender qual é o papel fundamental dentro do seu negócio. Porque se você não souber isso, não tem o porquê fazer conteúdo!

Os objetivos comuns são:

  • Gerar leads: Um lead é uma oportunidade de negócio, pois é uma pessoa que te forneceu uma informação (telefone, e-mail) para que você possa entrar em contato com ela para fechar um negócio;
  • Aumentar alcance da marca: Quanto mais pessoas verem sua marca através de uma pesquisa no Google por exemplo, blog post, mais predispostas elas ficaram em fazer negócio com você;
  • Diminuir custos: muitos custos podem ser reduzidos se o seu cliente já vier com um conhecimento prévio do seu produto ou serviço, assim, também, irá economizar tempo do seu time de vendas, podendo agir diretamente na venda final;
  • Gerar autoridade: quando você mostra que é expert no assunto as pessoas vão querer fazer negócio com você;
  • Educar o Mercado: mostrar para a lead como ele pode economizar dinheiro e, como ele terá uma gestão mais planejada e eficiente no dia a dia mostrando as vantagens do seu produto/serviço.

O KPI é um indicador extremamente relevante para o desempenho de uma estratégia, acompanhando a performance das ações ou iniciativas proposta pelo negócio em atingir o objetivo final.

Uma prática constante é analisar resultados desde o começo, então crie estratégias e trabalhe bem o seu objetivo para que estejam alinhadas com o que o seu negócio quer alcançar, assim, será mais fácil escolher qual KPIs se encaixa para acompanhá-los.

1.2 Personas

É um personagem fictício, criado por dados que te leva ao seu consumidor ideal, que apresenta dados reais e específicos.

Esse tópico é um dos mais essenciais no Marketing de Conteúdo. Porque se você procura fazer conteúdo para todos, ou é ruim ou muito mediano, dificultando obter resultados.

Quando você acha seu público, acaba poupando tempo com aqueles que nunca irão se tornar um cliente, quanto mais você conhece uma pessoa, uma persona, mais irá apresentar conteúdo que ela gosta.

📌Para saber mais acesse: Personas

1.3 Canais e formatos

Nesse tópico explico COMO você irá alcançar o seu público e a maneira como o seu conteúdo irá chegar até eles.

Os formatos pode ser: Vídeos, áudios, fotos, imagem, textos etc.

📌Mais informações acesse: Vídeo marketing no meu negócio.

Precisamos nos atentar as características de cada formato e onde iremos apresentá-lo para o consumo da sua persona. Não existe um melhor que o outro, mas cada um exerce um papel e transmite uma mensagem diferente. Agora que você decidiu qual formato usar, precisa escolher em qual canal divulgar.

Os canais são: Redes sociais, blog, e-mail, outros.

Esse conjunto irá ajudar você a atingir a sua persona, por isso precisa ser bem pensado, elaborado e saber como encaixar cada formato no canal certo.

2. Blog

Primeiro, o blog é o seu lar, você é o dono. Diferente de uma rede social, onde você tem apenas um espaçado “emprestado”.

Você tem total controle, você cria sua própria audiência, personaliza conforme o seu objetivo e insere qualquer formato de conteúdo. É um ativo de grande valor para o seu negócio.

A partir do momento que pesquisam no Google um assunto específico e aparece o link do seu blog, é uma audiência para o seu espaço e visibilidade para sua marca.

3. Redes sociais

Mais usadas para a propagação de conteúdo e interações sociais (marcas e pessoas), onde você também pode divulgar conteúdos de outros canais que achar relevante com o seu objetivo.

A rede social permite criar conteúdo para ser consumido na própria rede, gerando engajamento.

E para tudo isso acontecer precisamos nos atentar as regras gerais, começando por um bom planejamento, usando perfis profissionais e tendo voz própria. Crie o hábito de ter um calendário de publicação e monitore para saber se aquele formato gerou ou não engajamento.

Incentive o diálogo, faça perguntas, enquetes para as pessoas interagirem e ter um retorno positivo na sua marca e por fim, evite a síndrome do objeto brilhante, toda vez que surgir um canal ou formato novo não saia utilizando sem ter foco só porque todo mundo está usando, analise se é viável.

📌Para mais informações acesse: Redes sociais

4. E-mail

Mesmo que tenha muitas redes sociais, o e-mail é uma ferramenta muito importante.

Ela é baseada em permissão, onde a pessoa fornece o e-mail para que você possa entrar em contato com ela. É muito pessoal a caixa de e-mail, e se ela permitiu esse acesso é porque tem interesse no seu conteúdo, produto e/ou serviço.

Assim, você mantém uma comunicação direta e direcionada, chamando a pessoa pelo nome, de forma customizável.

🚩Lembre-se: sua lista de e-mail é valiosa!

5. Funil de vendas

É uma ferramenta que precisa ser bem definida e monitorada para entregar mais conteúdos e relevantes, ou seja, conteúdos bons. Isso quer dizer que precisa gerar valor para atrair clientes e acompanhá-los do momento em que tomam conhecimento da solução até o fechamento do negócio.

📌Para saber mais sobre esse assunto acesse: Funil de vendas

6. Leads e Automação de marketing

Ter um Lead é uma oportunidade de negócio identificada. Uma pessoa que visitou seu site, seu blog ou página da rede social. Mas a pessoa só vira um lead quando ela te fornece uma informação para identificá-la por exemplo, o e-mail.

Para simplificar processos e torná-los mais eficazes, utilizando de tecnologias no marketing, usamos a automação de marketing que facilita o dia a dia e melhora o gerenciamento de tudo.

📌Para mais informações acesse: Leads

Pela automação é possível identificar e acompanhar de forma personalizada o seu público, utilizando software e outras tecnologias para aumentar os resultados da sua empresa, melhorando o relacionamento e, consequentemente, as vendas.

Antes de contratar sua ferramenta de automação, pesquise as opções que melhor se encaixa em sua empresa e abuse dos períodos de testes para avaliar funcionalidades, facilidade de uso, customização, personalização e outros quesitos importantes para um bom desenvolvimento.

De acordo com a TechTrends 2017, umas das ferramentas de automação mais populares está o RD Station, desenvolvida por uma empresa brasileira e que oferece realizar o disparo de e-mail marketing, otimizar seus conteúdos para motores de busca, criar ações de automação e landing pages, gerir suas mídias sociais e sua base de contatos, configurar uma estratégia de lead scoring e acompanhar as ações realizadas pelos seus leads (lead tracking).

7. Métricas

Sempre que falamos de marketing de conteúdo, falamos de métricas, pois é umas das coisas mais importantes no marketing digital, como um todo.

Você precisa segui-las, se não, ficará perdido e se você ficar perdido, não consegue mostrar o seu valor e assim, mostra não ser um bom profissional.

O uso delas se torna um grande aliado nas possibilidades de crescimento e melhoria de uma empresa, mensurando diferentes estratégias e resultados. Acompanhar métricas ajuda a ter soluções alinhadas, ações que determinam um padrão que faça sentido para obter um resultado.

Existe muitas ferramentas disponíveis para fazer as análises de métricas e algumas são extremamente completas e elaboradas e outras bem especificas. As principais são:

  • Google Analytics: é completa, simples de implementar e oferece até a opção de personalizar os relatórios;
  • Mixpanel: é focada nas ações que seus visitantes tomam em tempo real;
  • Kissmetrics: acompanha o comportamento do usuário para identificar pontos falhos e o que precisa ser melhorado para aumentar a conversão.

Até aqui é umas das maneiras que as empresas têm para se comunicar com o seu público alvo de forma direta, personalizada e no momento certo pelas diferentes estratégias existentes, onde o objetivo é facilitar a produção de conteúdo rico e de valor.

Conta para nós, como tem sido aplicar o Marketing de Conteúdo na sua empresa.

 

Até logo!

Cynthia Nascimento.

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Cynthia Nascimento
Cynthia Nascimento Seguir

Empresária | Gerenciamento de Comunidades Digitais | Consultora em Curadoria de Conteúdo | Produtora de Conteúdo para Empreendedoras | Mãe solo da comunicativa Rebeca e do Pedro, que adora montar coisas!

Ler conteúdo completo
Indicados para você