[ editar artigo]

A importância da gestão financeira em tempos de crise

A importância da gestão financeira em tempos de crise

Muito se fala em potencializar as vendas para superar a crise, mas pouco relacionam a importância da gestão financeira.

Claro, vender é fundamental para qualquer negócio, seja em para os serviços de resíduos industriais, vendas de produtos essenciais e afins.

Entretanto, é fundamental obter um gerenciamento eficiente das finanças do seu negócio para garantir o bom funcionamento da organização e atender as necessidades dos clientes.

Isso significa que se torna um desafio maior para os empreendedores, contudo, é possível aumentar as vendas e ter sucesso no mercado, ao organizar e planejar os recursos financeiros.

Quer saber mais sobre a importância da gestão financeira para o seu negócio em tempos de crise? Continue lendo e confira!

Entenda a importância da gestão financeira

Em tempos de crise é comum que haja redução nas vendas e, consequentemente, no faturamento da empresa.

Com a redução de clientes ocorre a preocupação dos gestores em buscar solução para potencializar as vendas, mas é indispensável controlar as finanças, não só em tempos de crise, e sim enquanto a organização estiver ativa.

Se você vende ou aluga gerador de energia, mesmo em tempos de crise, é de suma importância organizar as finanças de seus negócios, além de reduzir custos para se prevenir dos imprevistos. 

Nesse sentido, a gestão financeira bem elaborada tem a capacidade de influência no faturamento de uma empresa, visto que auxilia o gestor a ter uma visão ampla e tomada de decisões mais assertivas para superar a crise.

Como fazer uma gestão financeira eficiente em meio a crise?

Em tempos de crise surge um sinal de alerta para qualquer negócio, tanto para restaurantes, fábricas de etiquetas personalizadas, entre diversos outros.

Para ter uma boa gestão financeira, acompanhar o que entra e o que sai da empresa, e administrar despesas, é importante seguir alguns processos.

Veja logo abaixo!

1. Anote todas as despesas

Para obter uma gestão financeira eficiente é, basicamente, obrigatório anotar todas as defesas do seu negócio.

Isso inclui contas fixas, como aluguel, água, luz, e as despesas variáveis com os financiamentos, por exemplo.

Você pode organizar por categorias e ter uma visão sobre os pagamentos dos funcionários e demais contas fixas para evitar atraso nos pagamentos e controlar o orçamento.

2. Reduza os gastos

Reduzir os gastos da organização pode ser uma tarefa difícil, mas é necessário. Em tempos de crise é preciso definir suas prioridades e fazer a aquisição do que for realmente necessário.

Isso evita possíveis dúvidas futuras que podem ocasionar dificuldade de negociação e ter que recorrer à recuperação judicial, em que a negociação de débitos são intermediados na Justiça a fim de evitar a falência. Tenha atenção antes de comprar ou investir no seu negócio!

3. Controle o fluxo de caixa

Uma gestão financeira eficiente acontece através do acompanhamento do fluxo de caixa, pois é definido pelos recursos financeiros que entram e saem da empresa.

Com a análise ampla e acompanhamento contínuo, menor a possibilidade de tomar decisões erradas e ocasionar prejuízos na organização.

Logo, é possível investir em estratégias para aumentar e potencializar as vendas e gerar faturamento.

Ao seguir essas dicas, sem dúvida, a gestão financeira passa a ser eficaz e diminui os riscos de endividamento na organização gerados pelo impacto da crise.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais!

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Usuário removido Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você