[ editar artigo]

Como as ações de trade marketing podem ajudar seu negócio?

Como as ações de trade marketing podem ajudar seu negócio?

O trade marketing tem sido utilizado estrategicamente dentro das empresas, principalmente pelo nível de competitividade do mercado. O novo consumidor, dono do poder de escolha, tem se tornado cada vez mais exigentes com o que consome. Mas como gerar o interesse do público e atender suas expectativas? Uma das alternativas é desenvolver ações com os canais diretos. Neste contexto, os fabricantes oferecem uma verba pré-alocada para estratégias traçadas em cooperação com seus canais indiretos por meio de regras definidas antecipadamente. As ações cooperadas exigem preparação e estruturação.

É necessário fazer um planejamento com os objetivos alinhados às estratégias dos fabricantes a fim de obter a aprovação das ações e colocá-las em prática. Além disso, é essencial desenvolver um modelo estratégico, mensurar os resultados das ações e gerir os recursos de forma eficaz e, principalmente, igualitária entre os canais de vendas.

Por que olhar para as ações de trade marketing?

Nos pontos de venda (PDV), os produtos disponibilizados não são exclusivos da sua marca. Ao contrário, a diversidade de itens no PDV pode ser intimidadora em alguns casos. Além disso, esses locais são ambientes favoráveis para as compras por impulso. 

O trade marketing permite  que você tenha uma visão mais específica para melhorar a comercialização de seus produtos, uma vez que ele não tem como objetivo apenas o aumento das vendas, mas também o melhor posicionamento dos seus produtos.

Sabe aquele problema com centralização de vendas? Ao investir em ações de trade marketing, sua presença se torna mais homogênea, podendo dar mais atenção a PDVs estratégicos baseados, por exemplo, em locais com grande fluxo de consumidores. Porém, é importante explorar seus produtos em outras situações, como distribuidores, mercados regionais e atacadistas.

Essa ação também reforça o valor agregado ao produto que está sendo vendido. Quando você expõe os diferenciais da sua marca, o comprador passa a decidir pela mercadoria não exclusivamente pelo preço, mas por predileção.

Como falamos, a disponibilidade do produto no PDV é um desafio enfrentados por muitas empresas. Muitas vezes, ele não está em um local com boa visibilidade e facilidade de acesso ao consumidor. Com o trade marketing, os seus produtos ficam disponíveis ao consumidor e posicionados estrategicamente no PDV, como partes específicas em gôndolas ou estandes personalizados. Dessa forma, você cria mais visibilidade da mercadoria, apresentando uma apresentação mais harmoniosa e eficiente. Como a análise de indicadores recolhidos no PDV, você pode fazer melhorias contínuas.

Além disso, fica mais fácil conquistar o mercado, pois há um esforço contínuo para manter o seu produto de forma atrativa, despertando o interesse dos seus compradores. Isso cria uma aproximação do público com a sua marca, obtendo a fidelização dos clientes. Fortalece a relação entre sua empresa e os PDVs, melhorando as informações e a rentabilidade dos envolvidos. O market share também aumenta com as ações de trade marketing, facilitando a comunicação e o trabalho da sua empresa com seus revendedores para criar mais aceitação dos produtos.

Práticas essenciais nessa estratégia

Algumas práticas são essenciais para a construção de uma boa estratégia de trade marketing, visando direcionar o produtor aos seus objetivos. Três estratégias podem ser aplicadas na rotina de ações nos canais de distribuição e no planejamento do produtor.

1. Ações de sampling

Uma antiga estratégia que traz bons resultados é a distribuição de amostras de produtos ou oferecê-los como experimentação. Dessa forma, o consumidor consegue ter uma ideia de como é o produto antes de comprá-lo. Se ele for bem avaliado, as chances de fechar o negócio aumentam. Essa prática tem grande aceitação, especialmente em períodos de lançamento.

2. Exposição com foco em merchandising

Outra técnica antiga, mas que ainda é muito utilizada, é o desenvolvimento de práticas de merchandising na exposição de produtos nos canais de venda.

A utilização de banners, displays e outros recursos visuais é ideal para captar a atenção dos consumidores. Além disso, o destaque de produtos é uma forma de estimular a decisão de compra.

3. Design de destaque

Um detalhe que muitos podem não levar a sério é o design da embalagem do produto. Porém, ele é um fator fundamental, uma vez que a questão visual chama a atenção de todos. Lembre-se, apresentar um produto de forma diferenciada é importante para agregar valor e estimular a compra.

O trade marketing digital

No digital, as aplicações do conceito de trade marketing também podem ser utilizadas no digital. Para isso, é preciso valorizar a maneira como as mercadorias serão expostas no e-commerce.

Para aumentar as vendas nas lojas virtuais, é importante fortalecer a apresentação dos produtos. Primeiro, as fotos comerciais precisam possuir alta qualidade. Os produtos devem ser mostrados em todos os ângulos e sua descrição deve estar completa. Também é essencial deixar ativadas as avaliações de quem comprou o produto. Essa atitude pode aumentar a credibilidade do seu negócio, pois os consumidores prezam por empresas transparentes.

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você