[ editar artigo]

Como escolher uma agência de Marketing Digital?

Como escolher uma agência de Marketing Digital?

Estar presente no mundo digital é cada vez mais indispensável para se manter em evidência, ser encontrado por seus clientes e descoberto por novos consumidores. O Google substituiu as “páginas amarelas”, as notícias são cada vez mais consumidas em redes sociais e muitos jornais até deixaram de ter sua versão diária impressa.

Diante deste cenário, as empresas se deparam com um grande desafio: como escolher uma agência digital que atenda adequadamente suas necessidades!

Antes de mais nada, é super importante ter uma base de conhecimento sobre o tema, entendendo as frentes em que você pode atuar e o que poderá trazer um maior retorno de acordo com os seus objetivos. Esse conhecimento pode ser adquirido através de artigos, vídeos e podcasts aqui mesmo na Comunidade Sebrae (dá uma conferida no grupo de Marketing Digital 😉) ou em outros blogs e canais do YouTube, e servirá para te dar segurança no momento da contratação de uma agência.

É como levar o carro no mecânico! Se você não demonstra conhecimento, pode acabar sendo enganado por falsos especialistas, e orientado a efetuar serviços desnecessários ou ineficazes.

Como dizia Abraham Maslow “para quem só sabe usar martelo, todo problema é um prego”.

Existem inúmeras opções para compor uma estratégia digital, mas em geral podemos elencar as 07 principais:

1)      Sites e Aplicativos


Em geral, a porta de entrada no marketing digital se dá através de um site ou, em alguns casos, de um aplicativo. O desenvolvimento de sites e aplicativos é algo bastante específico e nem toda agência de marketing digital oferece este serviço. Se você está nessa fase, procure por agências focadas em desenvolvimento e com um vasto portfólio de projetos criados. Assim, você tende a ter uma assertividade maior no momento da escolha, com entregas eficientes e dentro dos prazos prometidos.

Como uma dica bônus, os pontos-chave que você deve levar em consideração no momento de iniciar um projeto são:

📌 Experiência do Usuário (conhecida como UX)

📌 Velocidade de Carregamento (especialmente em dispositivos móveis)

📌 Responsividade (abertura em todos os tipos de dispositivos, de smartphones a smart TVS)

📌 Otimização para mecanismos de busca

2)      Mídia Patrocinada

A mídia paga ou patrocinada consiste em criar anúncios de texto, imagem, vídeo, entre outros formatos, e impulsioná-los para o seu público-alvo.

As campanhas podem ser criadas em ferramentas como o Google Ads, Facebook Ads, Insta Ads, Linkedin Ads ou ainda através de plataformas de mídia programática como a Publya, por exemplo.

Se o seu objetivo é aumentar o tráfego no seu site ou o engajamento nas suas redes sociais, as campanhas de mídia são essenciais e, para escolher a agência adequada, você deverá buscar por agências com foco em performance.

3)      Social Media


Quem vê os memes, comentários ácidos ou sacadas mirabolantes nas redes sociais, muitas vezes menospreza a importância de uma execução cuidadosa e ágil das redes sociais.

A gestão das redes sociais é preciosa, já que um deslize pode colocar sua empresa em maus lençóis. Neste trabalho o mais importante, além da segurança com relação ao que vai ser veiculado, é a criatividade! Engajar seus clientes e prospects exige um conhecimento profundo do negócio e do público, assim como um tom de voz adequado ao mundo virtual.

4)      E-mail Marketing

Apesar de um tempo em baixa, o e-mail marketing se reinventou e se tornou uma das principais formas de impactar uma audiência qualificada. As empresas começaram a entender que os seguidores em suas redes sociais não pertenciam a empresa, mas às redes sociais! Caso uma delas viesse a encerrar sua operação, todos os seguidores seriam perdidos. Já com relação a uma base de e-mails, a propriedade e permissão para comunicação é exclusiva da empresa, sendo um ativo valiosíssimo.

Se a sua estratégia de divulgação inclui a utilização de disparos de e-mail, você deve buscar por uma agência focada em inbound marketing.

💡 Dica: existe uma série de boas práticas no momento de realizar um disparo de e-mail marketing como a proporção de texto e imagem para não ser caracterizado spam, termos suspeitos utilizados no título ou no texto, estar programado em HTML, utilizar um domínio de remetente que não esteja cadastrado em blacklists, além da estratégia de conteúdo, como jornadas diferentes de acordo com a ação do usuário (abriu, não abriu, clicou ou respondeu).

5)      Vídeos/Youtube


A preferência por conteúdos em vídeos na web é uma das tendências mais fortes do marketing digital. Em cinco anos, o crescimento do consumo de vídeos online foi de 165% segundo a pesquisa Video Viewers, encomendada pelo Google. O Youtube é, inclusive, a ferramenta mais buscada no mundo. Ou seja, se sua empresa ainda não se comunica por meio de campanhas audiovisuais, você pode ficar para trás!

Os vídeos são uma boa opção para engajar seu público-alvo. Eles podem ser utilizados como ferramenta de geração de leads (com materiais exclusivos e vídeoaulas, por exemplo), podem gerar emoções no espectador, apresentar novas campanhas e trazer conteúdos aprofundados e explicativos. Coloque uma coisa em mente: o mundo mobile adora vídeos e os vídeos atraem tráfego!

Então, se você quer focar nisso, procure uma agência com um bom portfólio audiovisual. Aquelas que têm seus próprios filmmakers e especialistas em edição de vídeo podem fazer toda a diferença para o seu negócio.

Para tornar real esta estratégia de vídeo/Youtube, te convido a assistir nosso Connect, clique aqui! Foi suuuuuper produtivo, tem muitas dicas que valem a pena conferir 💪 se preferir, dê o PLAY logo abaixo: 

6)      Podcasts/Spotify

Provavelmente você já deve ter ouvido algum podcast ou pelo menos já recebeu indicações em uma roda de amigos. Saiba que isso tende a ser cada vez mais comum! Os podcasts funcionam de uma forma similar a um programa de rádio, a diferença é que o conteúdo funciona "on-demand". Isso significa que a pessoa pode escutar o que quiser, quando quiser ou ainda parar e retomar depois. Por ser no formato de áudio, os podcasts permitem ainda uma grande variedade de temas - os mais diversos e variados. E é isso que conquistou o público.

Investir em podcast tem sido a escolha de muitas empresas, principalmente para divulgar conteúdo especializado e fortalecer sua marca. O podcast tem um baixo custo e amplo alcance, então possui um ótimo custo-benefício!

Para apostar nessa nova tendência, dê preferência a agências com experiência na captação, produção e edição de áudios. Ter equipamentos adequados e fazer a magia acontecer na hora da edição podem ser grandes diferenciais!

7)      SEO


Toda vez que uma página é criada na internet, o Google procura indexá-la para que ela seja encontrada pelo público. Mas como fazer isso em meio a tanta concorrência e sites sobre o mesmo assunto? É aqui que entra o SEO (Search Engine Optimization): a técnica mandatória no marketing digital nos dias de hoje.

O SEO nada mais é do que uma otimização para os motores de busca, ou seja, são técnicas que influenciam nos algoritmos dos buscadores. Assim, os conteúdos produzidos devem estar de acordo com as boas práticas de SEO para que você tenha um bom rastreamento, indexação e exibição de resultados da sua página. Para isso, basta procurar pelas agências focadas em conteúdo e performance, que são fatores importantes na prática do SEO. Quer saber mais sobre SEO? Clique aqui!

Sendo assim, a agência digital ideal para o seu negócio irá depender dos seus objetivos. Ao escolher sua agência, pesquise sobre seu portfólio, cases de sucesso e resultados alcançados. Hoje, o que mais tem na internet são especialistas prometendo resultados surpreendentes por um preço baixo - cuidado para não comprar gato por lebre. Boas agências têm profissionais especializados e cases concretos. Por isso, procure com atenção e não deixe de investir no marketing digital da sua empresa!

Espero ter contribuído! Um abraço,

Bianca Becker.

Comunidade Sebrae
Bianca Becker
Bianca Becker Seguir

Analista de negócios digitais - Sebrae/PR | Marketing Digital | Marketing de Conteúdo | Vídeos | Inbound

Ler matéria completa
Indicados para você