[ editar artigo]

[ Conteúdo com vídeo] Content Shock: O aumento da quantidade de conteúdo que consumimos

[ Conteúdo com vídeo] Content Shock: O aumento da quantidade de conteúdo que consumimos

O choque de conteúdo, também conhecido como Content Shock, é uma descrição clara e resumida dos problemas que os profissionais de marketing enfrentam devido a um “tsunami” de novos conteúdos todos os dias. 

Uma das refutações recorrentes a ideia do Content Shock é que o problema não é a quantidade de conteúdo em si, mas a qualidade dele. Uma verdadeira disputa entre uma explosão de conteúdo ruim  com o bombardeio de muito conteúdo incrível.

Com isso, a maioria dos profissionais de comunicação e marketing entendeu que o Content Shock não é necessariamente uma ameaça, podendo ser utilizado como sua principal estratégia.

Quem quer apostar na produção de conteúdo deve entender que existem duas vias básicas para que isso traga bons resultados. Primeiro, é preciso criar um conteúdo obrigatório que o estabeleça como uma autoridade indispensável ou sobrecarregar um nicho não saturado com conteúdo relevante para vencer a “guerra de SEO”.

Nos dois casos, você deve fornecer conteúdo consistente e com qualidade o suficiente para se tornar autoridade em seu nicho. Ou seja, criar choque de conteúdo em seu mercado.

Também é preciso salientar que o choque de conteúdo não está afetando igualmente todos os nichos. Ainda existe muitas oportunidades em nichos não saturados. O segredo é reconhecer com precisão essa oportunidade. Conseguir reconhecer o volume de informações em seu setor é a implicação mais importante do conceito.

Como dominar a saturação de conteúdo em seu nicho

Muitos profissionais se destacam no rankeamento utilizando a saturação de conteúdo como estratégia. Se você dominar um nicho não saturado com muito conteúdo relevante, é provável que esteja também dominando o ranking dos mecanismos de busca.

Para não ficar atrás da concorrência e ser competitivo em um mercado saturado, é preciso traçar algumas estratégias para que novos nichos de conteúdo sejam aproveitados.

1. Foque nas subcategorias

Sabe quando a concorrência faz um ótimo trabalho, mas não foca nas novas subcategorias que estão entrando no mercado e consumindo o mesmo tipo de conteúdo? Aqui está uma grande oportunidade para você encontrar um nicho inexplorado. A ideia é dominar os canais mal resolvidos com novos conteúdos de qualidade. Para isso, basta prestar atenção no perfil dos novos consumidores.

2. Produza diferentes tipos de conteúdo baseados no 3H

Para conquistar um público engajado é necessário produzir um conteúdo que compreenda as necessidades do consumidor. Você pode utilizar a estratégia 3H (Help, Hub e Hero) que trabalha diretamente com a regularidade de produção de conteúdo, equilibrando qualidade e quantidade.

  • Help: é o conteúdo que cuida das necessidades diárias do consumidor. Precisa ser informativo;

  • Hub: é o conteúdo que “agarra” o público e o mantém em seu site. Aqui, o conteúdo pode variar, mas o formato é o mesmo para criar identificação da marca;

  • Hero: é o conteúdo que estabelece sua visão e autoridade. Ele é projetado para atrair mais atenção possível para sua marca e pode ser classificado como “a fase de consciência” da jornada do consumidor, uma vez que ele tem o poder de convencimento e transforma os visitantes em leads e clientes.

3. Vá a lugares onde a concorrência não está

Como falamos, para se destacar, você não pode ir aos mesmos lugares e fazer as mesmas coisas que seus concorrentes. É preciso atingir o público que ainda não foi conquistado por outros materiais. Por exemplo, que tal inovar a produção de conteúdo utilizando novos formatos?

4. Concentre-se na ignição

A maioria das empresas cometem o erro nesta etapa. Não adianta o conteúdo ser de qualidade se não for apresentado ao público da maneira correta. Você precisa “movê-lo”! Ou seja, o consumidor precisa vê-lo, se envolver com ele e compartilhá-lo - ou você simplesmente estará desperdiçando verba.

O que isso significa para quem produz conteúdo para um nicho saturado?

Mesmo que o mercado esteja saturado de conteúdo, ainda existem oportunidades criativas e de nicho para quem quer se destacar. O Content Shock faz parte da nossa realidade e, por isso, precisamos ajustá-lo. 

Avalie com precisão a posição da sua marca em termos de densidade de informações, crie uma estratégia de conteúdo baseada em sua capacidade de manobrar essa densidade de conteúdo no seu nicho de atuação e monitore continuamente seu progresso para permanecer no topo do ranking.

E você, tem alguma dica sobre produção de conteúdo que aplicou no seu negócio e deu certo? Compartilhe conosco!

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você