[ editar artigo]

Dicas básicas para a construção de um planejamento digital

Dicas  básicas para a construção de um planejamento digital

Um bom planejamento digital exige o estabelecimento de um curso para suas ações digitais, que entenda o mercado, seu consumidor, tendências, meios de comunicação, verbas e prazos da campanha. Para isso, é preciso organizar as táticas, definir os objetivos e metas, acompanhar as ações e avaliar seus resultados.

Para alcançar efetivamente o público-alvo, é preciso adequar o conteúdo com as características e valores desejados. Assim, a publicidade pode ser feita de acordo com a categoria da mídia escolhida. Por exemplo, se ela for contextual, a publicidade pode ser veiculada em blogs de conteúdo ou por contexto de tags. Algumas podem ser por meio das redes sociais ou por buscadores, como links patrocinados, mapas e localizadores visando as tags e ferramentas de busca. Assim, o conhecimento do funil de vendas é essencial para desenvolver os objetivos, como prospecção, apresentação, realização de vendas e análise dos resultados.

A construção do planejamento digital baseado no funil de vendas permite que você seja capaz de atrair mais visitantes para o seu site, por exemplo. Esse conhecimento pode ajudá-lo a construir conteúdos mais atrativos e voltados para as necessidades do consumidor. Dessa forma, converter o público em leads se torna mais fácil, pois é no momento em que ele demonstra mais interesse na sua marca, é a hora que ele deixa mais informações sobre si mesmo, por exemplo, ao baixar um material. 

Com a nutrição dos leads por meio de conteúdos relevantes, o relacionamento entre a sua empresa e eles é estreitado, pois você despertou nele o desejo de consumir o seu produto ou serviço. Depois de nutrido sobre sua marca, o lead qualificado avalia e compara as opções disponíveis no mercado e pode acabar escolhendo pela sua de acordo com as necessidades. Após o fechamento do negócio, é preciso analisar tudo que está sendo feito, quais resultados estão sendo gerados e o que vai precisar de ajustes.

Mas quais são os pontos iniciais para a construção do planejamento digital?

Primeiro, é preciso analisar o cenário, fazendo um diagnóstico da situação da sua empresa no digital. Ou seja, para começar a planejar, é preciso primeiro olhar o panorama atual do marketing digital da empresa observando seus visitantes, leads, oportunidades e clientes. 

Algumas perguntas básicas que podem ser feitas para esse diagnóstico:

1- Visitantes

Nesse caso é importante saber se a empresa tem um blog, a frequência com que os conteúdos são postados, o número de visitantes mensais, a quantidade de tráfego vindo de pesquisa orgânica, paga, outros sites e por campanha. Além da posição do site nos buscadores de pesquisa, vale também saber o número de seguidores vindos das mídias sociais e tráfego vindo delas.

2- Leads

Na observação dos leads é fundamental saber sobre o uso de landing pages com disponibilização de ofertas, as taxas de conversão vindas dessa ações, se há promoções em banners (calls-to-action) no site e mídias pagas (Google Adwords, Facebook Ads) direcionando para essas páginas, se estão trazendo resultados e qual é o custo por lead.

3- Oportunidades

Fazer uma relação sobre as possíveis oportunidades que o marketing digital pode trazer à empresa é fundamental para implementar ações mais assertivas. Nessa etapa, você pode questionar se o e-mail marketing está sendo utilizado no relacionamento com os leads, se o relacionamento com os seguidores nas mídias sociais está em dia, se há alinhamento entre os times de marketing e vendas e, principalmente, se há feedback entre a equipe visando a melhoria dos processos.

4- Clientes

A análise dos clientes é a principal etapa do diagnóstico do cenário em que a empresa se encontra. Nesse estágio, é fundamental se questionar se os leads trabalhados pelas ações de marketing estão se tornando clientes, se o processo de vendas está bem definido, se o Custo de Aquisição de Clientes (CAC) está abaixo ou acima do mercado e se as metas de vendas estão sendo alcançadas de forma satisfatória.

Com base no panorama atual, é possível definir os objetivos da empresa. Como sabemos, gerar leads é a base de uma estratégia de marketing digital, pois são eles que farão parte da sua base de relacionamento e serão nutridos ao ponto de se tornarem oportunidades e clientes. Portanto, o objetivo da empresa pode ser a geração de leads ou otimizar a forma como você está atraindo esses contatos para trazer mais leads qualificados para a venda.

Outro objetivo que deve estar no planejamento digital, é a venda para esses leads. Por isso, é preciso traçar um processo inicial de Inbound Sales - estrutura de vendas moderna e mais lucrativa, que aproveita as tecnologias que estão à disposição - e começar o alinhamento entre as áreas de marketing e vendas. Depois, é preciso otimizar esse processo a fim de ganhar escala e aumentar a produtividade dos vendedores.

Ser referência em seu mercado é o que toda empresa busca. Para isso, você deve pensar na produção de conteúdo para sua persona. Porém, se você já tiver uma frequência de publicação, é importante pensar na forma como esse conteúdo será otimizado, distribuído e utilizado ao longo do funil de vendas.

A construção

Após a definição do diagnóstico e objetivos que se deseja obter, o planejamento digital possui algumas etapas básicas:

1- Briefing

Nessa primeira etapa, é preciso destacar as informações mais relevantes, focando nos objetivos, ressaltando o que é mais importante e colaborando no entendimento do plano de marketing digital. Nele devem conter informações sobre o cenário atual, metas, objetivos, marca, mercado e público.

2- Objetivos

O segundo ponto a ser analisado são os objetivos que se deseja alcançar, como por exemplo, entreter o público, inspirar, iniciar conversas, ensinar algo etc. Além disso, é importante estabelecer a frequência com que as ações serão realizadas, por exemplo, se é mensal, quinzenal, semanal etc.

3- Estratégias

Defina o percurso estratégico que irá adotar dentro da internet. Aqui, você deve indicar quais plataformas serão utilizadas e o motivo de cada escolha como função estratégica para a campanha.

4- Plano tático

No plano tático, você deve informar as plataformas que serão utilizadas, o que pretende com cada uma, o formato e o tom da comunicação. Além disso, é importante montar um calendário de conteúdo e indicar os KPIs.

5- Monitoramento, Gerenciamento de mídia e investimentos

Com o plano tático definido, é hora de identificar o que o consumidor quer, observar a repercussão da comunicação e fazer o real time marketing. Além disso, deve-se fazer o gerenciamento de mídia. Por exemplo, se é paga, como links patrocinados ou se é espontânea, como no caso de retweets e comentários em blog. Após estas etapas, é preciso verificar o investimento que será feito.

Assim, o planejamento digital irá ajudá-lo a analisar seu panorama atual e chegar onde quer!

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você