[ editar artigo]

Diferenças entre marketing viral e buzz marketing

Diferenças entre marketing viral e buzz marketing

Embora o marketing viral e o buzz marketing sejam duas estratégias que apresentam semelhanças, os objetivos são bem diferentes. A primeira é fruto da evolução tecnológica, mais especificamente da internet. Pode-se dizer que é o boca a boca com o uso da internet como suporte. Já a segunda estratégia é uma modalidade da comunicação cujo conceito se aproxima do marketing viral, tanto que muitas vezes os dois são entendidos como a mesma coisa. 

O buzz é uma onomatopeia referente ao zumbido das abelhas, significa criar burburinho, colocar um tema em evidência ou fazer com que determinado assunto ganhe relevância nos comentários. Fundamentalmente, a diferença está no fato de que o marketing viral é feito exclusivamente pela internet, enquanto o buzz marketing não. Vamos exemplificar as duas estratégias.

Viralizar uma campanha

Se você tem a intenção de viralizar uma campanha, o marketing viral é ideal para isso. Ele é encontrado, principalmente, em estratégias de criação de conteúdos relevantes sobre um determinado segmento. Para isso, é preciso verificar se a campanha criada está de acordo com as preferências do público-alvo. Caso caia no gosto do consumidor, as chances de sua mensagem ser divulgada são enormes. Além disso, essa estratégia acaba não tendo custo algum para a empresa.

Visibilidade de uma marca

Já pensou ouvir as pessoas falando da sua marca o tempo inteiro? Saiba que buzz marketing é a estratégia perfeita para isso. O buzz tem como foco principal a visibilidade da marca e não a venda de um determinado produto ou serviço. Quando a empresa alcança um reconhecimento social positivo, as chances de gerar mais leads aumentam consideravelmente. 

Se a sua intenção é criar um estímulo para que o público fale sobre a sua marca com frequência, foque no buzz marketing.

Foco no compartilhamento 

Como você pode ter visto, as duas estratégias são bastante parecidas, não é mesmo? Afinal, ambas focam no compartilhamento da sua marca. Porém, existem diferenças bem nítidas entre as duas.

A primeira delas é que o buzz marketing concentra suas ações no diálogo entre consumidores sobre uma determinada marca. Já no marketing viral, as mensagens são repassadas de forma espontânea. Ou seja, na primeira estratégia ocorre uma discussão entre a mídia e o público, uma vez que surge a necessidade de fazer com que a sua marca tenha um valor social de relevância. Enquanto que o marketing viral visa alcançar o maior número de pessoas em pouco tempo.

Outra diferença notável entre as duas vertentes do marketing é o controle que a sua marca pode obter sobre a resposta dos consumidores. No marketing viral, as respostas são mais naturais enquanto que no buzz marketing toda a discussão sobre a sua marca pode ser controlada de acordo com seus objetivos.

Integração entre marketing viral e buzz marketing

É provável que você esteja se perguntando qual dessas estratégias traz melhores resultados  à sua empresa, certo? A boa notícia é que você pode utilizá-las de forma conjunta.

Quando você entende o conceito do buzz marketing, fica mais fácil criar uma estratégia para gerar valor social à sua marca, garantindo ótimos resultados. Um deles é o aumento da credibilidade. Quando a sua empresa consegue iniciar uma conversação entre o público, as chances de conseguir divulgação boca a boca aumentam. Dessa forma, os clientes que chegam ao seu estabelecimento podem estar seguindo a recomendação de um amigo, por exemplo. Essa propaganda em torno da sua marca pode ter baixo custo, pois as pessoas estarão falando sobre ela de forma espontânea. Ou seja, há geração de engajamento orgânico. 

Não importa o tamanho da sua empresa, o marketing viral traz muitos benefícios à sua marca. Como as pessoas estão em busca de informações a todo momento na internet, elas costumam procurar o que desejam nas redes sociais e nos mecanismos de busca. Oferecer conteúdos de impacto para esse público pode resultar em uma ótima exposição da sua marca. Além disso, essa estratégia permite uma sólida construção da reputação da empresa, uma vez que os consumidores passam a vê-la como referência no assunto. Isso se deve ao fato de que o conteúdo pode atingir um maior número de pessoas interessadas no assunto, podendo resultar em uma segmentação de público em meio a uma viralização.

Outra vantagem da viralização é o feedback imediato, pois a maioria das pessoas costumam registrar seus comentários, seja para elogiar, criticar ou sugerir.

Com a integração das duas estratégias, os conteúdos da sua marca conseguem alcançar bons resultados, garantindo as chances de aumentar a carteira de clientes para o seu negócio!

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você