[ editar artigo]

E-mail marketing: Antiga tática de comunicação importante para pequenas empresas atingirem seu público-alvo

E-mail marketing: Antiga tática de comunicação importante para pequenas empresas atingirem seu público-alvo

O e-mail marketing, antiga tática de comunicação, se transformou em uma das melhores e mais eficientes formas de engajar uma empresa. Considerado por muito tempo como sinônimo de spam, hoje, com o avanço de ferramentas de automação de marketing, esse canal passou a ser a melhor maneira de entregar as mensagens certas aos destinatários certos. Assim, com essa ação de marketing digital, as chances de se conseguir uma série de clientes é alta.

E-mail marketing e suas estratégias

Mesmo sendo vinculado a uma abordagem comercial e promocional, o e-mail marketing vai muito além disso. O e-mail é um canal que permite a comunicação de maneira mais pessoal com os potenciais consumidores. Com ele, você pode engajar leads, promover conteúdos, nutrir os leads, vender e se relacionar com consumidores e clientes.

Por exemplo, quando alguém opta por receber e-mails da sua empresa é importante manter contato com ele. O e-mail marketing pode ser utilizado na estratégia de engajamento dos seus leads, aumentando a chance de virarem clientes.

Para a promoção de conteúdos e aumentar os acessos e visibilidade do seu negócio, o envio de newsletter é uma ótima opção. A nutrição de leads é uma das estratégias mais utilizadas do inbound marketing. Para que os leads se tornem clientes é preciso estreitar o relacionamento com eles. O e-mail marketing é um excelente canal para a nutrição dos leads, pois permite o envio de mensagens personalizadas para as campanhas certas.

E-mails marketing são ótimos canais de venda, pois permitem o envio de ofertas e promoções diretamente aos potenciais consumidores. As compras podem ser realizadas com apenas um clique a partir do e-mail.

Após o fechamento do negócio, é preciso fidelizar seus clientes. Consumidores satisfeitos trazem vários benefícios para a sua empresa. Portanto, utilize o e-mail para enviar conteúdos relevantes, descontos e promoções a fim de fidelizá-los.

Como vender por e-mail?

Como falamos, focar no cliente e no que você pode fazer por ele é essencial. Embora mais de 90% dos usuários possuam e-mail, construir mensagens personalizadas que atendam às necessidades do cliente é o primeiro passo.

Também é preciso criar um cronograma de e-mail marketing baseado no funil de vendas. O cronograma de envios deve ser baseado tanto nos contatos mais superficiais até os contatos mais aprofundados. Dessa forma, é possível apresentar opções de produtos, serviços e comparações que ajudam na decisão de compra dos leads.

Manter uma base de contatos construída organicamente pode ajudar no aumento de vendas. Já sabemos que para vender mais é preciso estabelecer relacionamento com os leads até que eles fechem o negócio. Após conseguir a confiança deles, é hora de enviar materiais que possam trazer retorno positivo. Esse retorno pode ser mensurado por meio das taxas de abertura e cliques.

Por meio da análise de dados é possível criar um modelo de e-mail marketing de vendas ideal. Para comprovar qual o melhor modelo é preciso fazer vários testes. Testar títulos, mensagens, horários e dias e acompanhar as interações que ocorrem facilita a escolha!

Pesquisas revelam que a personalização do e-mail gera mais vendas. Isso se deve ao fato dos leads se sentirem valorizados. Essa estratégia traz resultados positivos para as campanhas. O segredo para vender mais é criar empatia com o público!

Tipos e e-mail marketing

O tipo mais comum de e-mail são os de anúncio de atualizações de blog - que avisa o leitor quando há conteúdo novo disponível. Esse tipo é ótimo para interagir com os leitores e, além disso, é uma maneira de manter a sua lista ativa. Já as newsletters são enviadas para atualizações mensais ou semanais com posts e notícias da empresa. E-mails também são muito utilizados para convites de eventos. Neles, além de colocar todas as informações necessárias, é importante destacar o link de acesso à página de inscrição ou compra de ingressos, por exemplo. Nos e-mails de nutrição de leads são enviados conteúdos relevantes e segmentados.

Assim, com a identificação dos leads é possível continuar a conversa com conteúdos personalizados, podendo aumentar as chances de continuarem em contato com a empresa.

 

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você