[ editar artigo]

Marketing de conteúdo: Foco nos 4P’s para os 4R’s

Marketing de conteúdo: Foco nos 4P’s para os 4R’s

Traçar estratégias de marketing de conteúdo é um desafio para muitos empreendedores. Apesar de ser essencial, o foco do marketing dos 4P’s (Produto, Preço, Praça e Promoção), é voltada para estratégias mais mercadológicas. Ou seja, mesmo sendo necessário desenvolver bons produtos, estipular preços atraentes, criar uma boa propaganda e planejar a distribuição dos produtos e serviços, não são apenas essas estratégias que conquistam o consumidor. Empresas que planejam o sucesso a longo prazo, já estão apostando no marketing comunicacional, que também é conhecido como os 4 R’s. 

No planejamento comunicacional, os 4R’s que a marca deve levar em conta são: Reconhecimento, Relacionamento, Relevância e Reputação.

Reconhecimento

O reconhecimento é a base comunicacional de uma marca. Aqui, os investimentos devem ser feitos na escolha do nome da empresa, na identidade visual e no seu posicionamento. É nessa fase que surgirão as primeiras ações comunicativas que irão representar a marca no mercado. Essas ações são importantes para o empreendimento se diferenciar dos demais  e estabelecer uma identidade única.

No estágio de reconhecimento, ações de branding devem manter um determinado padrão de discurso e identidade visual a fim de agregar valor à marca.

Mensurando o reconhecimento da marca

Algumas ferramentas podem mensurar o quanto sua marca é lembrada pelo público. Uma forma simples de avaliar o reconhecimento da sua empresa é por meio de pesquisas de mercado. As pesquisas podem ser feitas com a utilização de questionários impressos ou online. Essa estratégia serve para você saber se o respondente consome o produto ou serviço analisado, quais marcas lhe vêm à mente quando pensa no produto ou serviço em questão etc.

O engajamento dos clientes é outra maneira de mensurar o reconhecimento da marca. Essa mensuração pode ser feita por meio da quantidade de curtidas, comentários ou compartilhamentos de uma publicação, visitas ao site e até mesmo pela procura da marca em buscadores. Por isso, procure conhecer o seu público-alvo a fim de ampliar o engajamento.

Os feedbacks recebidos são uma das melhores oportunidades de saber o que seus clientes pensam sobre sua marca. É nessa hora que você obtém quais informações o público-alvo tem sobre seus produtos ou serviços.

Relacionamento

A segunda etapa é o relacionamento. Quando a empresa já é reconhecida, ela precisa manter um relacionamento construtivo com o seu público. Para que isso ocorra de forma esclarecedora, a marca precisa traçar estratégias, como a comunicação interna e o  atendimento ao público. Pode-se dizer que é nesse estágio que os valores propostos pela organização na etapa do reconhecimento são testados pelo público que quer se certificar da veracidade do padrão de discurso.

Relevância

Após ser reconhecida e ter estabelecido estratégias de relacionamento, a empresa precisa manter sua relevância. Isso significa que a ela precisa mensurar os resultados obtidos por meio das estratégias escolhidas na construção de sua identidade e se certificar que elas são capazes de destacá-la perante seus concorrentes.

Para manter a relevância no mercado é preciso identificar os interesses do público-alvo a fim de desenvolver e implementar mudanças capazes de atendê-los da melhor forma. Isso pode ser feito por meio de ações como, pesquisas de opinião pública, que permitem a identificação de novos padrões de comportamento. Outra forma da empresa se manter relevante é desenvolver atividades sociais, culturais e esportivas a fim de aproximá-las do seu público.

Reputação

A última etapa consiste na reputação da empresa. É nessa fase que são colocadas em prática suas ações de cidadania corporativa. Além disso, é preciso estar atento a eventuais crises e saber resolvê-las. O objetivo desse estágio é garantir que incidentes ou fatores externos não prejudiquem a identidade da marca perante o público.

Sabemos que a reputação de uma empresa é um dos seus pilares, pois uma imagem positiva cria credibilidade e reconhecimento de marca no mercado cada vez mais competitivo. Já uma reputação negativa gera perda dessa credibilidade diante dos fornecedores, consumidores e colaboradores. Isso pode acarretar em perda de vendas, maior rotatividade de funcionários etc. Esses fatores influenciam negativamente o desempenho econômico e financeiro da empresa. Portanto, para obter uma boa reputação no mercado, permitindo as melhores condições de negociação e compras para transmitir maior confiança e atrair os melhores profissionais do mercado é preciso estar atento a alguns fatores.

Fatores de mensuração da reputação

Para conhecer a reputação da marca e poder adequar as estratégias conforme suas necessidades, é fundamental verificar quais fatores podem afetá-la , buscando mecanismos que visem alterar a percepção negativa que o público possa ter em relação à empresa.

Primeiro, é preciso estar atento aos produtos e serviços oferecidos. O consumidor avalia a relação custo-benefício, a qualidade do produto ou serviço, se está de acordo com o prometido e se foi entregue na data combinada.

Outra questão que muitos consumidores levam em conta é se a empresa tem responsabilidade ambiental e social. Por isso, a organização deve se preocupar com esses aspectos e transmitir transparência em suas ações. Além disso, é essencial que a marca esteja envolvida com causas  socioambientais.

Geralmente, empresas muito bem avaliadas são aquelas que estimulam novas ideias no ambiente interno e conseguem se adaptar às mudanças mercadológicas com agilidade. O ambiente de trabalho também é um fator de mensuração da reputação. Consumidores internos e externos estão atentos às ações que promovem o bem-estar e a saúde de todos os colaboradores. Afinal, o marketing boca a boca feito por quem trabalha na sua empresa é crucial para manter a reputação positiva.

Em resumo, o reconhecimento é a primeira necessidade comunicacional de uma empresa. Após essa fase, a marca passa a gerir relacionamentos, ou seja, estabelece um diálogo constante com seus stakeholders. Na terceira fase, a empresa precisa focar na manutenção de sua relevância diante da concorrência e monitorar tanto o micro quando o macroambiente de mercado. E por fim, o ciclo dos 4R’s se fecha com a administração da reputação, uma vez que a marca consolida e mantém sua imagem e valores perante o mercado.

 

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você